Jump to content
Arquitectura.pt


Turismo Rural em Moinhos


Recommended Posts

Olá! Tenho de desenvolver uma proposta para Turismo Rural, que consiste em projectar 15 moinhos num determinado terreno, até vou tendo ideias para desenhar o modulo, mas a pesquisa que fiz sobre o assunto não foi muito produtiva, não gostei do que vi. Alguém conhece algum moinho com pinta? E já agora fabricantes de madeira Lamelada?? tenho de arranjar e não encontro também. Obrigada!!

Link to post
Share on other sites

Construir moínhos do nada para servirem de habitação de turismo rural? Isso parece-me algo gratuito e artificial... Percebo o conceito de requalificações de pré-existências, mas não de construções de raiz. Talvez por isso seja grande a dificuldade no desenvolvimento da proposta. Se possível, aconselho a alterar a directriz da investigação.

Link to post
Share on other sites

... realmente anaFS, devia tentar demover o seu cliente dessa ideia estranha... no fundo está a elaborar um loteamento de moinhos... LOLOLOL... Esses moinhos, vão ser moinhos de vento... claro... e cada um vai estar na crista de um penedo ou colina, certo?!? Agora fora de brincadeiras... e qual vai ser o enquadramento do empreendimento face à legislação dos empreendimentos turisticos? Madeira lamelada, tem a JULAR, por exemplo

Quem cria renasce todos os dias...
Agua-Mestra, Lda
Não sou perfeito, mas sou muito critico...

Link to post
Share on other sites

Não faz sentido. Veremos, os moinhos não existem para fazer turismo, existem para transformar sementes. Mas como não transformamos mais material em moinhos convertemos-os par outras coisas. Espero que isso seja um projecto para requalificar moinhos pre-existentes. Moinhos com pinta tens um aqui em Alcochete que até já foi uma radio pirata :)

Link to post
Share on other sites

Ainda assim, no caso de inexistência de um moinho autêntico (ou vários), essa forma redonda, que pressuponho ser cilíndrica, é mais uma escolha simplesmente formal, e desde logo gratuita, do que resultado de uma investigação. Mesmo em termos económicos surge o problema de que com paramentos curvos é muito possível que todo o mobiliário tenha que ser feito por medida o que sem dúvida vai encarecer muito o preço da obra. A questão principal, na minha opinião, passa por até que ponto ser imprescindível, justificável ou até mesmo desejável a inclusão da forma curva neste projecto, tendo sempre em conta que é vocacionado para programa habitacional. Em termos de obras cilíndricas sempre gostei muito da Casa do Bosque da Kazuyo Sejima. Aconselho no entanto a, se o objectivo do projecto é de facto "voltar" o interior "para a paisagem alentejana", que investigues observatórios (ornitológicos, de natureza, etc) ou algumas casas de pradaria americanas em torre, que têm algo de comum com esses postos de observação. Apesar de todos eles serem de secção ortogonal. By the way, se precisares eu sou sub-contratável. ^^

Link to post
Share on other sites

Talvez a ideia do moinho como casa de habitação seja dispensável... Se for em frente a forma cilíndrica do projecto, pode sempre optar por uma zona interior única com excepção de quartos e instalações sanitárias. As varandas interiores estão com alguma utilização nos tempos que correm no caso de possuir mais que um piso :)

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.