Jump to content
Arquitectura.pt


Arranha-céus em Melbourne


TiCo

Recommended Posts

Milionário australiano, John Ilhan, vai edificar 1 edificio no centro de melbourne em forma de telemóvel!!! :wall: :wall: :wall:

Imagem colocada

Links:
http://www.noticiasdot.com/publicaciones/2005/1005/2910/noticias/noticias_291005-02.htm

:horrible: :horrible: :horrible: :horrible: :horrible: :horrible: :horrible:

seu tivesse muito dinheiro, também era milionário :)

Link to comment
Share on other sites

eu tb n sou nada admirador deste tipo de formas,mas posso-te dizer que nos proximos tempos as vais ver mtx vezes.. :) eu tou a fazer 1 trabalho de investigação sobre a relação das novas tecnologias com arquitectura e na sociedade, e isto é o produto disso mesmo!assim cm cada vez mais encontras edificios tipo os bonecos da disney (entre outros o ghery), tipo os dos jogos de pc....

Link to comment
Share on other sites

  • 7 months later...

Aquilo vai ser mesmo construido??? Devem estar a brincar... por favor digam-me que estão a brincar... É a coisa mais ridícula que eu já vi no mundo da arquitectura... bem... se calhar não, mas das mais é de certeza... Partindo do principio que há autoridades que deixam construir aquilo só se põe duas questões... Será que já está preparado para a 3ª geração? Será que o edifício vai seguir a tendência dos tlm´s, diminuindo de tamanho a cada dia? Espero que sim, porque ao fim de um ano pode ser que já tenha desaparecido...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to comment
Share on other sites

epa eu imagino o absurdo um gajo ali no prédio sem rede no telemovel, ou imaginem lá as radiações que aquilo nao deve ter ahahaha uma loucura. ainda falamos nós cá em Portugal do pato bravo. vamos gritar de alegria porque ao menos não se lembro de fazer coisas destas!! mas nao mostrem a foto a mt gente, senão tou mesmo a ver um gajo a passar na A1 e ali em fátima um novo monumento do género terço gigante

Link to comment
Share on other sites

Só uma outra perspectiva sobre o caso... Imaginem a quantidade de "papel" que esse dito milionário não terá de passar por baixo da mesa para uma proposta destas ser aprovada... Não imagino nenhuma câmara a aceitar uma aberração destas, pelo que a única solução para ser aprovado o licenciamento parece-me óbvia... Serve isto para lançar a discussão sobre os "presentes" na arquitectura... Tenho a certeza de que todos somos contra essa prática, mas também temos de ter consciência de que ela é realmente "praticada", pelo que não adianta fechar-mos os olhos... Era interessante serem mostrados aqui outros exemplos "destas" obras, onde ficasse pelo menos a dúvida, já que a confirmação é quase impossível de ter...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to comment
Share on other sites

exemplos berrantes destes não tenho, mas há dias o meu pai arranjou as plantas (que devem ser as originais) da casa onde vivo, e cum caraças...:confused: o que estava naquelas plantas e o que está construído, há ali alterações significativas... e não...obviamente que não foram alterações para melhorar a qualidade de vida dos futuros habitantes...construtores aldrabões dum raio... por muito que se lute contra isto, infelizmente...casos destes hão-de aparecer aqui e ali...:ermm:

Link to comment
Share on other sites

Há coisas que se compreendem, como quando ao longo dos tempos as famílias vão adaptando a casa onde vivem às realidades porque atravessam, inclusivamente quando, no momento da construção, se apercebem de coisas que poderiam funcionar melhor de outra forma... O mal está quando essas coisas são feitas "ao calhas", ao sabor da vontade dos construtores, que pelo meio vão mandando os seus bitaites. O cliente é concerteza a melhor pessoa para saber aquilo que a sua casa precisa, mas confiando apenas no seu descernimento, ou falta dele, dos amiguinhos construtores, acaba por desvalorizar aquilo que tem...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to comment
Share on other sites

Mas ninguém disse que esse exemplo do Ghery é um um bom exemplo de arquitectura... Há também dois outros exemplos, um dum gajo que não sei o nome e projectou vários edifícios para a Disney e não só, com os 7 anões, a branca de neve, e tudo o resto a que nesse mundo temos direito... O outro também deconheço o nome, mas é um gajo que projectou um grande empreendimento habitacional, com claras "inspirações" clássicas (claras de mais), tipo grandes colunas, frontões e afins, que em nada têm a ver com o contéudo, porque essas colunas são ocas no interior (são espaços interiores das casas), e os fontões marcam entradas a uma escala completamente absurda, mas passadas as portas, estamos num normal atrio de um qualquer edifício... Nem por isso são bons exemplos de arquitectura... Mas sem dúvida que se pode traçar esse paralelismo...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to comment
Share on other sites

O paralelismo que se encontra aqui, é uma arquietctura cada vez mais temática (algo que ainda falta fazer reflexão por parte da arquitectura e não unica e simplesmente estes espaços como objecto de consumo), ou seja, cada vez mais encontras sitios com um grande paralelismo virtual, desde o ghery, ao silo do souto moura, á casa da musica (estes 2 ja referidos em tópicos anteriores), poderás também tirar conclusoes no tópico das estaçõs de estocolmo, olhar para las vegas.

Link to comment
Share on other sites

  • 8 months later...

terço gigante..lololol
ou pior, imagina um gajo tão crente, tão crente, que fazia uma casa em forma de estátua de nossa senhora de fátima!!!


LOL, eu tenho residência em Fátima e acreditem, com toda a história que envolve a nova basílica de Fátima, ja pensei que poderia chegar-se a um cúmulo semelhante ao que falas-te.
De qualquer forma, a nova basílica ou o "cinzeiro" ou a "cisterna" ou a "praça de touros", ou como lhe quiserem chamar, já está bem definida, e por dentro já está práticamente estruturada e dividida;espera-se que este ano a inauguração seja concretizada. De qualquer forma, as minhas baixas espectativas iniciais estão a subir positivamente, no que consta a relação com o já existente santuário de Fátima, o envolvente, a materialidade, e o próprio processo conceptual que começa a evidenciar-se e a pôr de parte a ideia de "estacionamento/aterragem" do maior e mais caro investimento privado alguma vez construído em Portugal.

(rumores acerca do modo como vai ser solucionado todo o pavimento envolvente é que me preocupa, mas há que ter pensamento positivo - ""falaram em relva ou calçada"" :icon_blink:
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Isso é não saber o que fazer ao dinheiro! Mas será um telemóvel impermeável? É que quando apanham chuva, costumam avariar... :) Pode ser que daqui a uns anos a Vodafone não venda capas de telemóvel "impermeaveis", mas sim, "Hidrofugadas"! lol Isso vai mudar o mundo! Ainda vamos ver prédios em forma de Auricular, Pen Drive, carregadores, etc... x) Abraços!

Link to comment
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.