Jump to content
Arquitectura.pt


Topics

  1. - Modelação 3D

  2. :) Bom Dia

  3. .Arquitecta.

  • Member Statistics

    23,198
    Total Members
    5,901
    Most Online
    ipbsupport
    Newest Member
    ipbsupport
    Joined
  • Tópicos

    • Pstttt... tem a certeza que vasculhou bem o DRE...   Veja isto:   https://dre.pt/application/file/a/619673   Portaria nº 138/2005 de 2 de Fevereiro   P.S. A ordem deu esta informação nos manuais de apoio no final do estágio, legislação e informação.   Cumprimentos
    • Boa tarde,   gostaria de saber onde posso consultar a designação dos diferentes PMOT ou PROT e quais as diferenças de escalas que lhe são atribuídas já que não encontrei nenhuma destas definições em legislação específica.   Obrigada
    • É possível cumprindo as restantes normas do RGEU , nomeadamente, pé direito, áreas mínimas e condições de arejamento.
    • Toda e qualquer edificação carece de licenciamento.     É obrigatório projeto de gás, tem de fazer o projeto e realizar a instalação, o que faz depois é não contratar o serviço de gás, mas o infraestrutura fica realizada.
    • Boa tarde,   no decorrer de um processo de licenciamento de duas casas de madeira pré-fabricadas e como técnica responsável pela autoria do licenciamento fui notificada pela Câmara na fase final para emissão da respectiva licença de utilização de que deveria entregar projecto de gás por ser obrigatório, dado a lei ter mudado recentemente neste sentido. De facto quando iniciei o processo no ano 2017, há 3 anos não existia esta obrigatoriedade pelo que o requerente havia optado por não instalar rede de gás em nenhuma das duas construções. Apresentámos um termo de isenção assinado pelo técnico da especialidade em questão, mas dada a insistência da Câmara ainda chegámos a propor por recomendação do mesmo técnico uma suposta "churrasqueira" para justificar a tão necessária rede de gás. Entretanto na fase final para obtenção da licença de utilização entregámos novamente um termo de isenção do gás mas continuam a parar constantemente o avanço do processo porque dizem ser necessário o dito projecto de gás para as habitações. Gostaria de saber por que lei estes senhores se regem e se há alguma forma de contornar esta questão do gás para que possa finalizar este processo que parece não ter fim, apesar de se tratar de edificações com carácter permanente elas não têm sequer fundações, estão assentes no chão e por isso nem deveria ser obrigatório o processo de licenciamento mas a Câmara de Mafra, ao contrário de outras de que tenho conhecimento (p.ex Alcobaça) obriga a licenciar quaisquer tipo de construções que tenham carácter de permanência, o que já de si é duvidoso, incoerente e leva a desacreditar da prossecução dos interesses dos particulares, e de todas as condutas de boa-fé e do dever de colaboração e agilização de processos para com o cidadão. Em relação à obrigatoriedade de apresentar projecto de gás para as habitações e no caso destas não terem esta especialidade, o que devo enquanto técnica sugerir à proprietária que faça agora para obter a licença de utilização?   Sara 
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.