Jump to content
Arquitectura.pt


-Q-

Membros
  • Content Count

    30
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by -Q-

  1. o povo é quem mais ordena... a cultura visual de um arquitecto para o outro já é diferente quanto mais de um arquitecto para o observador não arquitecto!
  2. só n gosto daquele guarda para-quedas! mas percebo perfeitamente a funcionalidade dela! =D excelente arquitectura dá gosto ver que ainda se faz disto!
  3. se falamos de show off em relação ao Souto de Moura, falamos de q em relação aos coops himmelblaus, morphosis e companhia de circo limitada? =D
  4. a igreja é uma grande e imponente M E R D A mas há liberdade e é para ser respeitada! gostos...
  5. é triste ver os arquitectos a deixar o utilitas para trás! cresçam, a arquitectura não é egocentrismo! o bom arquitecto faz coisas belas, funcionais e sólidas, sendo que todas estas componentes têm que ser bem maturadas =)
  6. muito bonito, mas será que n é muito estúpido!? quartos com vista para um plano inclinado! espero mesmo que tenha sido idiossincrasia do cliente (duvido muito) pelo menos uma escada na rampa para espreitar a vista =D. Como objecto está muito bem conseguido
  7. vou votar no finalista que achar mais merecedor, é um grande feito termos um conterrâneo entre eles, no entanto n dou votos de mão beijada =)
  8. espectacular! mais um espaço daqueles saudáveis, daqueles que contribuem para o apaziguamento da alma, num mundo caótico e sobrecarregado temos um edifício que transmite paz e tranquilidade, um espaço de introspecção e de elevação da alma! bravo coop himmelblau =D
  9. :D (é o meu comentário para essa tentativa de avantguarde fashion destes até aqui bons arquitectos)
  10. There's no business like show business! , vive-se uma total falta de valores não só na arquitectura mas em todo o pensamento contemporâneo. O ser humano quer-se libertar de tal forma que se esquece que é humano e que tem necessidades humanas. a ergonomia nunca será história ela existe de modo a adequar os objectos ao uso do seu utilizador. Peter Zumthor diz que prefere fazer um bom edificio, que funcione, que esteja bem construido do que um edificio que se destaca porque sim! hj todos os promotores, todas as cidades, todas as empresas querem edificios que se destaquem, que sejam "paineis publicitários". Temos tão afortunadamente, uma arquitectura "muda" do Siza Vieira que não precisa de "conceitualismos" nem de comparações idióticas com objectos que não têm nada a ver com a arquitectura, ela existe , é boa arquitectura é reconhecida e acima de tudo é honesta. é uma arquitectura pensada para o ser humano, é uma arquitectura com escala humana, com ergonomia e antropometria, que respeita acima de tudo a vivência do corpo humano. Esta arquitectura ao respeitar os valores que referi não deixa de ser uma apotease poética, plena de momentos fantásticos e pormenores de grande beleza e engenho. LeCorbusier na minha opinião foi quem percebeu melhor a arquitectura deviamos todos aprender com ele mais do que com os "destrutivistas"=). A inovação e vanguarda sempre serão boas para o mundo dar o passo seguinte mas continuo a preferir uma boa arquitectura em deteriorimento de uma arquitectura "jeitosa". O futuro dirá para onde fomos
  11. exactamente o arquitecto adapta a natureza de modo a podermos usufruir de abrigo e conforto, mas falar em corrigir a natureza parece-me uma postura de sabe-tudo, pelo q conheço do arquitecto souto moura n m parece q essa seja o seu ponto de vista mas as palavras que ficaram n foram as mais felizes na minha opinião.
  12. a natureza n precisa de correcções, digo eu! acho q foi infeliz esta frase que está em risco de se tornar icónica!
  13. acho q temos aqui algo serio a debater, todos nós nas escolas somos formatados para pensar a arquitectura como uma arte onde os valores estéticos são da maior importancia. projectamos para pessoas q n t~em a mesma visão da arquitectura q nós, os clientes são uma dor de cabeça pq querem uma janela 'fora do sitio' ou querem uma tijoleira a imitar madeira e nós aterrorizados a pensar q assim este projecto já n é digno d figurar numa revista qq! penso q a arquitectura deveria ouvir mais o q as pessoas querem e n ir sempre pelo caminho mais conceptual e estético. é um belo paradoxo, eu gostaria de conseguir humanizar a minha arquitectura mas n vejo isso no horizonte, a perfeição inatingivel seduz sempre! e os clientes ficam sempre para segundo plano.
  14. o q acham do tema da tese de final de curso do mestre ser a 'tentativa de prova' de que a arquitectura não era uma arte?
  15. -Q-

    Carros Antigos

    gostaria de responder assim: http://www.polizeioldtimer.de/images/gr_bilder/BMW-Isetta_2000x1714.jpg
  16. a dita arquitectura com A maiusculo está ainda hj muito longe do alcance intelectual da maioria das pessoas, essa poética q corbusier procurava e q decerto acreditava nunca s verificou na minha opinião, a n ser em excepções - pessoas formadas em arquitectura ou com alguma afinidade para com ela! a arquitectura está actualmente a aproximar-se das pessoas por caminhos n muito honestos, pelo espectacular (toda gente gosta de fogo d artificio) e pelo neo-ornamentacionismo. n vejo a arquitectura contemporanea mais mediática a vencer pela sua qualidade e isso é grave, digo eu!
  17. s todos os arquitectos falassem assim a arquitectura era muito mais simples de entender e de se fazer entender. qd s começam a justificar projectos com forma d sucata na teoria do caos ou qq coisa parecida lá s vai a simplicidade de discurso tanto arquitectónico como pedagógico para o cidadão comum e para o estudante de arquitectura (q somos nós todos (arquitectos) mesmo depois d formados)
  18. http-~~-//img253.imageshack.us/img253/3569/450pxdamienhirstvirginmpd7.jpg http://en.wikipedia.org/wiki/Image:DamienHirstVirginMother.JPG
  19. deus é bem capaz d existir! n sei é s existe ou não
  20. fiquei indignado com estes paragrafos que li no dia antes d rumar á trienal, (visto considerar o arq siza o melhor exemplo d arq honesta do mundo actual) aproveitei para ir ver s o q dizias s verificava nos terraços de bragança. andei pelo chiado a observar tudo o q foi feito pelo arq siza e qd cheguei á rua da misericordia ond s situa o projecto em causa respirei d alivio mal coloquei o olhar no dito. discordo inteiramente com o q disseste, as varandas surgem num acto de mimetismo (o arq siza vai sempre buscar as caracteristicas mais marcantes de cada implantação como todos sabemos) para com o q lá existe, claro q numa forma actualizada e adaptada ao funcionalismo dum edificio moderno com o programa q tem! não bates com a cabeça em nenhuma varanda a n ser q sejas aquele tipo chinês gigantesco q se casou no outro dia com uma tipa chinesa com metade da altura dele! eu meço 1,85 e passei lá traqnuilamente sem q a minha pala capilar roçasse no betão da aresta mais baixa da varanda =) achei q as varandas são a natureza da rua e não só desta rua como desta zona da cidade d lisboa, o edificio tem um excelente emparelhamento de pedra, tem um optimo trabalho de azulejo manual, tem pormenores fantásticos e tem muito poucas falhas a nivel d detalhes (talvez os contadores municipais pudessem estar melhor), ou seja é uma obra do arq siza por excelencia em q s verifica a qualidade q lhe é reconhecida em tudo o q faz! gostaria tb d ressalvar q observar um edificio desd uma rua estreita observando apensa o q daí podemos ver n é um julgamneto eficaz duma obra seja d quem for. o entusiasmo das opinioes radicais é muitas vezes um juiz corrupto =) sem querer entrar em conflitos agressivos, foi apenas o q eu verifiquei, posso afirmar q saí de lá contente com o q vi, mais até do q os armazens do chiado e espero ir ainda este verão a barcelona investigar o caso do cilindro q em publicação me parece bom. cumprimentos
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.