Jump to content
Arquitectura.pt


pintovit

Membros
  • Content Count

    29
  • Joined

  • Last visited

About pintovit

  • Rank
    Frequentador

Meio Profissional

  • Instituição/empresa onde trabalha
    Qimonda
  1. Há várias e são relativamente fáceis de encontrar. Aqui está uma como exemplo: http://www.vobis.pt/vobis/products/product_detail.jsp?PRODUCT%3C%3Eprd_id=559515&FOLDER%3C%3Efolder_id=413099&bmUID=1162146176514
  2. Para transferir o que tens no teu disco para outro PC, basta ligar o disco lá dentro. É relativamente simples para uma pessoa com alguns conhecimentos técnicos. Para o ligar a um portátil, é preciso uma caixa USB (existem vários modelos e são relativamente baratas) onde se coloca o disco lá dentro e liga-se por USB ao portátil. Estas caixas basicamente convertem qq device interno em externo (discos, gravadores de CD/DVD, etc). Em relação à tua avaria, como já foi dito, pode ser tão simples como a ventoinha que avariou e o PC desligou-se automaticamente por sobreaquecimento (têm essa segurança, se bem que dizes que te cheirou a queimado por isso não deve ser), passando por queimar o fusivel da fonte, queimar a fonte toda, queimar a board, queimar todos os componentes agarrados à board (memórias são extremamente sensíveis, processador, gráfica, etc) mas felizmente os discos GERALMENTE não sofrem muito com estas descargas... Mas não seria o 1º a queimar. Acima de tudo, como não podes resolver nada, mais vale não stressar e esperar para ver. Boa sorte!
  3. Yeap... Mais uma coisa que me suscitou interesse... e até têm site em português: http://www.suntechnics.de/pt/thermie_1ul.htm
  4. Obrigado a todos pela recepção calorosa! :p
  5. Pois... estas coisas são sempre muito bonitas em papel. O objectivo não seria ser independente da rede. Com rede a passar à porta, não faz sentido investir em baterias e geradores... Em relação a substituir o equipamento todo, pelo que li (e apenas isso) são vários os fabricantes que dão garantia de 20 a 25 anos nos painéis... Talvez esta garantia não cubra alguma perda de eficiência mas certamente que tem que haver um valor mínimo abaixo de qual é considerada uma avaria. Vou tentar saber mais detalhes... :p
  6. Curvas... bomba... continuamos a falar de carros? Realmente o 007 está sempre bem servido... Pena que o EuroMilhõs ainda não me tenha saido... continuo à espera... Esqueço-me é de jogar... mas isso são pormenores... :p
  7. Boas, antes de mais, peço desculpa se este tópico é um "re-post" mas sou novo no forum. Fiz algumas pesquisas e não descobri nada de muito concreto neste tema. Numa das minhas muitas pesquisas com a melhor tool do mundo (google ), descobri que a Efacec está a propor uma solução para a instalação em habitações particulares (e não só) de paineis fotovoltaicos. Neste link podem ver mais detalhes: http://www.energiasrenovaveis.com/docs/EFAPOWER_SOLAR_G_SA50P0503C1.pdf Em traços gerais, um investimento de cerca de 30.000€ com um retorno previsto em cerca de 8-10 anos (cerca de 3.000€ ano). Eu gosto muito deste tipo de solução principalmente porque é ecológica, de baixa manutênção e de explora um recurso que não deve acabar tão cedo. Ainda por cima, na minha casa/projecto é suposto ter uma cobertura quase plana e resguardada dos olhares alheios, logo o ideal para instalar os painéis longe da vista de todos. No entanto, continuo a achar o investimento inicial algo pesado. Gostava que partilhassem a vossas ideias sobre este produto. Conhecem alternativas a esta solução? Obrigado a todos! Abraço, Vítor
  8. :p Isso não é preciso dizer... mais cedo ou mais tarde a malta apercebe-se. :p
  9. Boas, sou Vítor Pinto, tenho 29 anos e sou do Porto. Sou Eng. Informático formado no ISEP em 98 e desde então no mercado de trabalho em projectos relacionados com processamento de dados em BD Oracle. O meu gosto por aquitectura iniciou-se há uns anos em conversas com amigos que também gostam da área. O meu especial interesse prende-se com o enquadrar soluções tecnicas (com o objectivo de dar conforto e funcionalidade ao edifício) com a beleza e muitas vezes arte do resultado final. Vejo as coisas sempre de uma forma practica e, geralmente, não encontro muito sentido numa obra muito vanguardista/inovadora/diferente mas que depois ninguém consegue viver ou trabalhar lá dentro. Este gosto tem se vindo a agravar agora que comprei um pedaço de chão para construir a minha habitação. :nervos: Desde então, a pesquisa na internet, compra de revistas e afins tem se agravado intensivamente! Gostei do que li neste forum até ao momento, portanto chegou a altura de tentar participar de forma mais activa. Um abraço a todos os participantes e uma salva de palmas aos implementadores! Cumprimentos, Vítor Pinto
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.