Jump to content
Arquitectura.pt


Gaf.arq

Membros
  • Content Count

    22
  • Joined

  • Last visited

About Gaf.arq

  • Rank
    Frequentador
  • Birthday 01/07/1985

Redes Sociais

  • Website
    http://www.flickr.com/photos/gaf

Meio Académico

  • College (International Users)
    Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo
  1. Sou um estudante brasileiro (e mais precisamente paulista e paulistano) e tenho como inevitável referência principal a obra do finado Vilanova Artigas (João Batista Vilanova Artigas). Entre os nomes da lista, porém, votei em Paulo Mendes da Rocha, cuja presença em nosso cotidiano arquitetônico é sempre fascinante.
  2. Não sei se todos sabem... mas também cabe lembrar que o Meirelles é arquiteto formado na fauusp, em são paulo, no brasil.
  3. Esta é a lista das maiores regiões metropolitanas. São Paulo, por exemplo, possui "apenas" 11 milhões de habitantes, mas sua RM possui 20 mi.
  4. O que é um automóvel senão um trambolho de 500 kg carregado pra todo lado por um idiota de 50kg? Esta frase é atribuída a Paulo Mendes da Rocha, embora nunca a tenha encontrado publicada em qualquer lugar.
  5. É preciso fazer cantar o ponto de apoio. Perret. Esta frase povou a cabeça de muita gente aqui em São Paulo nas últimas décadas. Quais catedrais tendes no pensamento? De Vilanova Artigas, dirigida a seus alunos.
  6. Se em Portugal a situação parece não estar boa, imaginem como ela é no Brasil. Aqui existem apenas duas grandes revistas de arquitetura (Projeto/Design e AU), sendo que ambas possuem qualidade muito baixa. Além disso, há anos que não existe crítica no país. Não fosse a biblioteca de minha faculdade (cujo acervo agrega as boas revistas européias), eu realmente me sentiria em uma ilha.
  7. Dúvida de um colega brasileiro: o que é um GAP? Seria um escritório de assessoria ou consultoria para projetos complementares ou é algo diferente?
  8. Pois considere-se bem-vinda, caso decida-se pela FAUUSP!!!
  9. Creio que sim, embora não conheça a fundo a faculdade.
  10. certamente eu recomendaria a FAUUSP (visto que é lá que eu estudo ... mas certamente a própria cidade pesaria na sua escolha: paisagem carioca ou dinamismo paulistano?
  11. Certamente é uma produção diversificada e cheia de qualidades, além de recusar-se a meramente importar modelos internacionais de forma pouca crítica. No entanto, ela pouco dialoga com a produção do mercado imobiliário. É outra questão que me deixa curioso a respeito de Portugal: os patrícios lusitanos saberiam dizer como se dá a relação entre a arquitetura de "vanguarda" e o mercado imobiliário no país? No Brasil, este diálogo praticamente não existe, de forma que a boa arquitetura fatalmente se restringe a pequenos setores da sociedade. Quanto à Escola da Cidade, imagino que atualmente sua mensalidade seja próxima de R$ 1200,00.
  12. Certamente a FAUUSP (http://www.fau.usp.br) é, considerando a história da arquitetura no Brasil, a escola mais importante. Mas não sei se é o lugar que eu recomendaria, apesar de estudar lá: hoje ela vive uma situação de fragmentação do ensino e dos conhecimentos bastante evidente, o que eventualmente leva a uma "inércia" de seus alunos (e vice-versa). Uma nova escola que parece ter uma proposta interessante é a Escola da Cidade (http://www.escoladacidade.edu.br). De qualquer forma, apresentei apenas uma das faces da produção arquitetônica no Brasil (aquela mais evidente em São Paulo), entretanto, o buraco é mais embaixo: deixo de citar toda uma obra que é realizada em áreas mais distantes do país e pouco focalizada pela mídia. Os mais críticos dizem que é uma crise criativa (afirmação com a qual não concordo), devido a questões políticas, sociais e de identidade cultural e nacional. Procure pelo trabalho do Lelé (http://www.arcoweb.com.br/arquitetura/arquitetura246.asp e http://www.fau.usp.br/eventos_sn/lele_na_fau/index.html) ou do Severiano Porto e entrará em contato com outras faces. O grupo paulista, no entanto, é certamente o mais consistente.
  13. permitam-me reavivar este tópico... Há aqui em São Paulo (Brasil) um órgão estadual responsável pela fiscalização e coordenação da construção de edifícios escolares. Como tais edifícios são realizados por escritórios particulares, este órgão público (conhecido como FDE - Fundação para o desenvolvimento escolar) disponibiliza em seu sítio, gratuitamente, um vasto catálogo de pormenores (os ditos "detalhes" no Brasil) genéricos. Não são exatamente desenhos de "vanguarda", visto que a tradição construtiva brasileira ainda é muito artesanal, mas podem ser de alguma ajuda. exemplo de catálogo: http://consfde.edunet.sp.gov.br/catalogo/marco2006/HTML/atualizacao/subpages/compo.htm exemplo de pormenor: http://consfde.edunet.sp.gov.br/catalogo/marco2006/HTML/atualizacao/subpages/pdf/AC-08%20(13-08-04).pdf sítio de entrada: http://consfde.edunet.sp.gov.br/catalogo/marco2006/HTML/atualizacao.htm
  14. Permita-me corrigi-la: a sigla correta da faculdade é FAU-USP. De qualquer forma, é realmente emocionante subir todos os dias as rampas deste edifício. O convívio diário com ele, no entanto, envolve situações de amor e ódio: ele é famoso pelos seus problemas de conforto ambiental (em especial, o calor no verão e o frio no inverno), estanqueidade, entre outros. Porém, olhar para sua cobertura através da sequência de planos que formam cada piso é de fato mágico. Ficam algumas imagens para recordar: >> >>
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.