Jump to content
Arquitectura.pt


quasar

Membros
  • Content Count

    6
  • Joined

  • Last visited

About quasar

  • Rank
    Turista

Meio Profissional

  • Instituição/empresa onde trabalha
    ISEP
  1. Como várias pessoas mostraram interesse, junto envio algumas imagens com aproveitamento de contentores para pequenas habitacoes. A solucao proposta passa pelo uso de 2 contentore unidos: um de 12 e outro de 6 m. Para mais informações contactem-me.
  2. Ola. O meu nome é Daniela Santos e sou aluna do 2º ano de Design de Interiores na Esad ( Escola Superior de Artes e Design) Matosinhos Estou a desenvolver um trabalho para projecto e para semiótica sobre habitáculos muderales,e pensei basear o meu projecto sobre a reaproveitação dos contentores de carga do porto de leixões onde a maior parte deles nao sao utilizados para elaborar uma habitação modelar. Estava a investigar no google sobre o assunto e vi o seu post e queria saber se seria posssivel me ceder alguma informação sobre o assunto. Desculpe o incómodo e obrigado Com os meus sinceros comprimentos Daniela Santos

  3. Nao me refiro ao facto de se exigir licenciamento. O absurdo a que me refiro é os PDM nao contemplarem situações excepcionais, em particular para as actividades turísticas. Quem ler o PDM que eu li, fica com a sensação que o conceito de infra-estrutura para turismo que os redactores tinham em mente era somente hoteis convencionais com grandes dimensões. Tentem licenciar um projecto de um pequeno Bed&Breakfast (conceito que, teimosamente, ainda não está contemplado na lei que regulamenta os empreendimentos turísticos) e vão ver as dificuldades que vão encontrar.
  4. Ja tenho a resposta. É mesmo necessário licença, como se fosse uma construção normal Pelo menos aqui na Batalha. Aparentemente qualquer construção, nem que seja uma simples tenda, precisa de licença, Então se for para fins turísticos, como era o caso, o rol de exigências é interminável. A começar por estar implantado numa parcela com pelo menos 20 000 m^2. Um absurdo! Aparentemente um contentor é o mesmo que um hotel de 100 quartos. Tenho a sensação que existem muitas cassa ilegais por aí Segundo um colega que vende casas em madeira pré-fabricadas (pequenas), das que vendeu nenhuma tinha licença. Enfim, coisas deste país.
  5. Obrigado. Vou fazer isso. No meu caso já tenho electricidade, água e saneamento próprio. Tenho a ideia que as câmaras não sabem muito bem lidar com estas situações. Nalguns casos creio que a obrigatoriedade de licença depende apenas de as casas terem ou não fundações. A minha maior preocupação é que pretendo fazer aproveitamento turístico destes contentores. Não estou a ver como é que os posso legalizar. Irei informar-me e depois comunico aqui no forum :*
  6. Obrigado pelo link. Alguém me sabe responder à questão da necessidade ou não de licença camarária?
  7. Ola Estou a desenvolver um projecto para aproveitamento de contentores de transporte de carga marítima. A ideia é unir dois contentores de dimensões diferentes e usar materiais que quebrem a frieza do metal. Sei que a ideia não é nova (ver por exemplo a containercity em Londres), mas a forma como a estou a desenhar é original. O projecto irá ser integrado um ambiente rural de uma forma muito discreta. Pelas minhas estimativas o preço será bastante convidativo. Tenho uns esboços 3D que posso mostrar a quem estiver interessado neste projecto. Para já tenho algumas dúvidas sobre o comportamento térmico dos contentores. Estou a pensar usar 4 cm de lã de rocha, mas nao sei se será suficiente. Outro aspecto que me preocupa é o isolamento das humidades sobretudo dado que a superfície dos contentores é muito iregular. Outra questão é saber se é necessário licença camarária para este tipo de construção dado não ter fundações. Um bom 2008 para todos
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.