Jump to content
Arquitectura.pt


CláudiaPontes

Membros
  • Content Count

    16
  • Joined

  • Last visited

About CláudiaPontes

  • Rank
    Frequentador
  • Birthday 08/24/1984
  1. Para quem se inscreveu este mês, o tempo de estágio mantêm-se. Não está ainda em vigor nenhuma lei relativa aos dois anos de estágio, de acordo com a informação que me deram na OA. Melhores cumprimentos
  2. Boa noite, Estava a fazer uma pesquisa sobre locais para venda de pvc para maquetas e encontrei este tópico onde vou aproveitar para levantar a questão uma vez que não tenho encontrado muita informação. Procuro um espaço onde comprar pvc para maquetas. Nas papelarias há à venda em placas mas pilares e pvc espumado não vendem. Alguém conhece um sitio no Porto onde se possa comprar? Desde já obrigada
  3. Bom dia, Estou a desenvolver um projecto para a faculdade e o local é peculiar, junto ao rio Douro. Neste sentido, parte da construção encontra-se abaixo do nivel freatico e estou com algumas duvidas quanto á sua construção. preciso saber de que forma se pode fazer uma boa impermeabilização. Muito obrigado
  4. Olá. O forum tem já um tópico de Sérgio Barbosa cujo tema são as "Casas-pátio em Matosinhos do arquitecto Souto Moura". Este tópico encontra-se precisamente no espaço destinado à Arquitectura Nacional. Contém fotos e uma planta também. Bom trabalho.
  5. estive também a dar uma vista de olhos a todos os painéis sobretudo aos da Pasteleira. Em todos os locais, há propostas bastante interessantes e com ideias inovadoras. De resto, encontrei um interesse particular em alguns trabalhos que propunham a criação de hortas biológicas. Lembro.me de uma proposta para Serpa Pinta e também para o Bonfim, onde vive uma população de caractericas rurais e por isso mesmo acho uma ideia muito positiva apesar de ser (talvez) pouco rentável em termos económicos. Agora vamos aguardar a publicação dos resultados que já devem estar definidos...pelo menos é isso que espero...
  6. Olá. Com o comando resize consegues alterar as medidas mantendo sempre a proporção do desenho. Espero ter ajudado alguma coisa
  7. Também participei neste concurso e também não recebi qualquer indicação com a data (prevista) com os resultados do concurso. Porém, conheço algumas pessoas que também concorreram que obtiveram por e-mail a confirmação de que os resultados se encontrariam disponiveis até finais do mês de Março. Até agora também não sei mais nada. O site nada de novo refere em relação ao concurso... Alguém tem mais alguma novidade?
  8. Boa noite, Alguém me consegue indicar se existe algum livro onde possa consultar uma análise mais aprofundada da Fundação Joan Miró do arquitecto Rafael Moneo. Em algumas revistas e livros aparece referenciada esta obra mas com os elementos disponiveis, centrados sobretudo em perspectivas, não consigo entender a obra na sua globalidade. Procuro plantas, cortes e alçados. Se souberem onde posso pesquisar mais sobre a referida obra fico desde já agradecida. Beijos
  9. Olá a todos. Procuro informação sobre o projecto da fundação Miró do arquitecto Josep Lluis Sert. Ainda não consegui elementos como plantas e outros desenhos de arquitectura. Alguém pode disponibilizar essa informação ou indicar-me onde poderei obtê-la? Desde já muito obrigada a todos. :*
  10. Relativamente ao Edificio Ouro não tenho nada que te possa disponibilizar. Mas lembro-me de ver no Guia da Arquitectura Moderna Porto uma referência ao edificio do arquitecto Mário Bonito. No entanto, nesse guia, trata-se meramente de uma referência e, por isso, não deve apresentar mais que um texto descritivo, uma perspectiva e uma planta sem grandes pormenores. Espero ter ajudado alguma coisa.
  11. Tal como o Ricardo, sou uma das que votou nos Sonhadores. Se as aulas me motivarem não falto...mas também "não me contento com o suficiente, nem que isso implique chumbar"...:D
  12. Olá! Realmente não conheço ainda este livro. Sabes quanto custa? Obrigada pela proposta!:p
  13. " Tudo se resume a imagens. Tudo é transportado para um nivel estético e valorizado pela sua aparência. Tudo foi apropriado como arte. O mundo tornou-se estetizado e as consequências da estetização resultam numa forma de anestesia, em que a embriaguez provocada pela imagem diminui a consciência critica. A sedução da imagem funciona contra qualquer sentido subjacente de comproimisso social. A arquitectura encontra-se potencialmente comprometida com este lado estético, e os arquitectos, ao que parece, são particularmente susceptíveis a uma estética que fetichiza a imagem efémera, a membrana superficial. No mundo embriagante da imagem, a estética da arquitectura ameaça transformar-se na anestética da arquitectura." Boa proposta d.p. Já li este livro à algum tempo e realmente vale a pena ler esta visão acerca da questão da imagem que, aliás é um tema bastante relevante para a Arquitectura. " Na actual «cultura do cocktail», os discursos significativos dão lugar a estratégias de sedução, e o design arquitectónico fica reduzido ao jogo superficial de formas de sedução vazias." :s
  14. ola a todos! desde já atribuo os parabens ao autor deste posts que é sem dúvida interessante. Relativamente aos atrasos nas entregas tenho a opinião particular de que cada um tem um TEMPO de trabalho diferente e, se o que mais interesse é a aprendizagem e a aquisição de conhecimentos,entao não encontro nenhum problema em relação aos atrasos. Entendo que se o atraso for consciente é uma atitude inteligente da parte de quem a assume. Não sejamos castradores ao ponto de considerar o atraso como uma atitude "baldas" ou "preguiçosa" porque de facto muitas das vezes por trás dessas "entregas em atraso" está a necessidade por parte de alguem em desenvolver ou afinar melhor o seu trabalho esforçado e se assim é, axo que é de louvar a atitude critica em relação ao que se concebe. Entendo e respeito a posição contrária embora eu não me sinta nada apreensiva em relação àqueles que se atrasam. Beijos para todos!:)
  15. Ola Diogo! Relativamente a cursos de Verão podes consultar o site da ESAP já que em setembro vão ser desenvolvidos vários cursos de Verão nomeademente de Desenho, de Geometria Descritiva e outros. Devo ainda dizer que de facto o talento pouco pode interessar, contudo também não basta "trabalhar por trabalhar" sendo que a quantidade por si só pode não ser suficiente. O importante num curso de arquitectura é a meu ver a maturidade e uma grande sensibilidade que também se vai desenvolvendo. O trabalho é, sem dúvida necessário, contudo desde que seja entendido de forma consciente e não como uma soma de tarefas.... Desejo-te boa sorte e aconselho-te a não seguir arquitectura só por vaidade...não estou a dizer que esse é o teu caso mas é uma pena perceber que cada vez mais esse tipo de atitude prevalece...
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.