Jump to content
Arquitectura.pt


AnaCardo

Membros
  • Content Count

    70
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by AnaCardo

  1. Para responder ás questões colocadas: _ O projecto de G. Byrne era sem dúvida muito superior a este projecto que tem um aspecto algo "fascizante." _ O espaço exterior ficou completamente alterado. _ Segundo fontes correntes na imprensa escrita de Leiria, o santuário "rende" em média 5 milhões de €, por ano.
  2. Na área da Arquitectura estamos, definitivamente, no grupo de elite. Muitos Parabéns!
  3. Concordo plenamente. Mas depois é a tal coisa... nessas alturas os alunos mais "preguiçosos" ou "áereos" têm a mania de olhar de lado para os "responsáveis e bons alunos" (modéstia à parte) com uma expressão tipo ´"já sei que tens tudo feitinho, sua manienta sabe-tudo e menina dos stores, mas atreve-te lá a fazer cara feia, sua cínica malvada". De facto, por uma razão qualquer da psique humana, os bons alunos são sempre uma espécie de maus da fita e os maus, uns pobres coitadinhos, castigados pelos deuses.
  4. Então os malefícios da indústria da moda já têm séculos, agora são os corantes artificiais que poluem os rios... de qualquer modo aquilo era um artigo científico que vi num site brasileiro de ecologia. Não me admira nada que ninguém depois cumprisse as leis, porque até aqui as coisas decaíram bastante como é sabido. Também em Portugal há agora um processo que involve políticos e tudo, sobre abate ilegal de árvores. Felizmente há agora maior consciência dos cidadãos e esse abate foi suspenso logo, porque chamaram as autoridades e os media ainda a tempo de salvar grande parte. Agora retomando o tópico das plantas das cidades, como é o esquema de S. Salvador da Bahia? Porque eu vi várias fotos das ruas da cidade (Miguel Rio Branco) e também documentários e a zona histórica da cidade parece-se muito com Lisboa, declives inclusive. Vou ver se já está no Google-maps.
  5. Reaimente...também considerava o FHC uma pessoa minimamente inteligente, mas infelizmente há brasileiros que de vez em quando têm destes achaques... Mas já há mudanças neste tipo de pensamento "desculpabilizador" especialmente nos sectores mais intelectuais e artísticos. Dou-vos um exemplo que li recentemente. Parece que no Brasil também era corrente culpar os Portugueses pela destruição actual da floresta amazónica! Mas um investigador brasileiro dessa área descobriu que afinal existia um código legislativo manuelino que já estabelecia de forma "científica" a tão falada "sustentabilidade das florestas" com a proíbição de corte das árvores mais novas para preservar aquelas madeiras exóticas e valiosas. De facto, a destruição grave só começa no séc.XX para a criação intensiva de gado (há quem culpe a McDonalds...) Aliás... retomando a questão urbanística, o Bairro Alto e áreas circundantes são do séc.XVI/XVII e são zonas ortogonais, apesar do terrível declive daquela zona de Lisboa! Assim como as cidades criadas na Índia e outras paragens tropicais.
  6. Penso que não, pelas imagens a casa parece inserida numa encosta íngreme, numa zona de floresta. Por isso as estradas devem ser secundárias ou então simples caminhos rurais.
  7. Leiria, lugar da Amieira. Alguns Monumentos Nacionais, muito pinheiro, praia, surf, etc, etc... E também muito rock&roll e design (lá mais para as Caldas...) !
  8. Prefácio: Recente/ quando observava o tópico s/ a “Casa Malaparte”, achei interessantes alguns comentários que relacionavam aquela casa c/o cenário do filme “O Desprezo”/”Le Mépris” por J. Godard, mas quando pretendia inserir um comentário s/ esse assunto, reparo que o tópico foi encerrado devido ao acréscimo de agressividade nos comentários de alguns intervenientes. Face a esse desfecho penso que seria oportuno iniciar outro tópico com esse tema, trazendo outros elementos p/ análise, ou seja, outras casas célebres por terem ficado associadas a determinados filmes: _ a casa Vandamm (uma recriação à F. L. Wright) em “North by northwest”/Intriga Internacional, Hitchcock. _ a casa “modernista” em “O meu tio” de J. Tati _ algumas casas da série J. Bond (décadas 60 e 70). _ na Califórnia, as casas criadas no segui/o do estilo do arq. Neutra, um ex. uma casa do filme “LA Confidential”. Espero que qualquer futuro comentário aqui inserido se mantenha dentro dos limites do decoro, p/ que a situação anterior não se repita e, seja necessário criar um novo tópico “Arquitectura e Cinema – parte III”.
  9. AnaCardo

    Origami

    Faço minhas as palavras das msg anteriores, por isso, o importante é saber: _ Em q site se pode aprender a criar esses modelos + complexos?
  10. Tem muito cuidado c/ referências a revistas deste género, pq já tinha referido esta revista anterior/ sobre um elogio feito à Arq. nacional, a propósito de 1 artigo s/ a Casa da Música, e obtive 1a resposta muito exaltada... Mas se isso n te incomoda, podes verificar a citação do tal artigo no tópico Arq. Nacional_ Casa Tolo do Siza "júnior".
  11. Obrigada pelas boas-vindas! (Embora a minha 1.ª participação c/ 1 simples e optismista comentário acerca da casa do Siza "júnior" tenha desencadeado reacções inesperadas....mas recuso continuar polémicas.) Breve/ colocarei aqui novas imagens, ainda desta série, e a propósito n seria + prático se existisse 1a espécie de galeria de imagens? Facilitava o visiona/o do trabalho de todos. Apenas 1a sugestão...
  12. Ora bem... P/ começar, eu salientei a importância da divulgação de projectos nacionais na imprensa intern. pq, sejamos realistas, a > exposição da Arqtt de determinado país, beneficia os nacionais q queiram, por ex. estagiar em ateliers de bons arqtts internacionais. Ou n? Qt às revistas por si referidas n vejo a relação c/ as publicações q eu referi, são 2 tipos de revistas completa/ distintas, no meu entender. A propósito, eu tenho só 3 Wallpapers, e se calhar tenciono adquirir + no futuro de forma avulsa, mas n faço juízos de quem coleciona as ditas ou outras por si mencionadas. Agora..."Arquitectura é um bem social ao serviço do Homem, e não o contrário!" é uma bela frase, infeliz/ é só dar 1 pequeno passeio pelos bairros sociais, n apenas de Lx mas de toda a Europa, p/ verificar q o aspecto desses edifícios (grandes obras de grandes arqtt) tem geral/ 1 aspecto franca/ "totalitário" e "extremista". Mas o pior é qd se fazem inquéritos a quem lá vive e os seus habitantes simples/ odeiam viver naquelas obras feitas c/o 1 bem social. Acredite nisto pq eu tive va disciplinas de Sociologia e escrevo isto c/ conhecimento de causa. O meu comentário tinha 1 sentido irónico, n vejo a razão p/ tamanha irritação.
  13. Meninos, meninos... É melhor acalmarem-se...e sejam + pragmáticos. Afinal, o importante, p/ quem é estudante de Arq. ou arqtt. é q a dita casa tem tido boa divulgação na imprensa do sector, a nível internacional. Por isso qt + casas bizarras (e minima/ habitáveis) se fizerem melhor. Além disso, ela enquadra-se de certo modo na paisagem, e o mesmo n se pode afirmar acerca da maioria do q se constroi por aí. Até a "AR" dedicou 1 n.º a Portugal (o ano passado parece-me) e ainda recente/ a Wallpaper divulgou outra casa feita no norte do país. Mas há melhor...noutra revista inglesa (Icon) vem o seguinte comentário, a propósito da Casa da Música: [Portugal doesn’t really need Rem Koolhaas. It reputedly produces more architects per head of population than any other country in the world. And it has two of the greatest living architects – Alvaro Siza and Eduardo Souta de Moura – sharing an office in Porto, its second city. They are building critically acclaimed buildings all over the country, and have nurtured an architectural culture in Portugal that should be the envy of most of the rest of the world.] Ficam + sossegados agora? Óptimo. C/ os melhores cumprimentos, Ana Cardo
  14. Caríssimos colegas: Segue-se 1ª longa mensagem, já q é a 1ª, pq normal/ só terei tempo p/ visitar o site 1ª x por semana. Agora algumas questões pertinentes: Gostaria de saber se existe a nível nacional e internacional alguma selecção anual de melhores imagens 3D em Revit. C/o por ex. o site da internacional GCSociety (Society of Digital Artists), onde na selecção de 2006 (ou 2005 n tenho a certeza), 1 dos finalistas foi 1 português c/ a recriação 3D da fachada do Mosteiro de Alcobaça (ou Batalha?)! Caso seja membro deste fórum, muitos parabéns! Se n existir nada do género na área do Revit, (pq no revitcity nunca reparei em nenhuma selecção ou hierarquia na quali// das imagens) acho q devia existir pelo ex. q dei. Dessa forma teríamos 1ª série de ex. de imagens q nos faria tentar sempre evoluir p/ melhor observando os melhores resultados, e por outro lado, esses + experientes podiam e até deviam competir a nível internacional, c/o já se faz em outras áreas c/ óptimos resultados! Por fim, vou tentar colocar 1as imagens minhas à v/ observação e análise crítica. São imagens d1a série q eu denomino por “Interiores bonitinhos e perfeitinhos” na corrente do q se vê geral/ nas promoções imobiliárias na imprensa. Saturada deste estilo planeio criar agora imagens doutro estilo 1 pouco + radical. Agradecendo desde já a v/ melhor atenção, AnaCardo
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.