Jump to content
Arquitectura.pt


afnascimento

Membros
  • Content Count

    6
  • Joined

  • Last visited

  1. Paulojj Já encontrei a solução mais adequada ao espaço em questão. De qualquer forma obrigado pela dica. Um abraço
  2. As T5 com balastro electrónico e regulador de fluxo funcionam bem? Como nunca vi tenho receio que não funcione bem. Um abraço
  3. Para já apenas preciso de uma opinião, de qualquer forma obrigado pela oferta. Aproveito para pedir um esclarecimento: Para focos embutidos no tecto deve-se utilizar lampadas de 230v ou 12v com transformador? O que achas da utilização de reguladores de intensidade para lampadas fluorescentes T5? Um abraço
  4. Obrigado Pedro A opinião que eu dei no inicio foi nesse sentido, criar dois ou três pontos de luz indirecta utilizando apliques de dimensões generosas com fluorescentes compactas e a utilização de um unico ponto de luz por cima da zona das refeições. Estou a tentar convencer os meus amigos a mudar de opinião mas acho que vai ser dificil. Como disse e bem, os focos são uma solução muito comodista. Já agora, que empresas/lojas de iluminação recomenda? Cumprimentos
  5. Gostaria de recolher opiniões de como iluminar uma sala com cerca de 40 m2, cuja planta anexo, e que se vai dividir em duas zonas distintas A - Zona de refeições e B - Zona de lazer. A ideia que está no ar é aplicar focos de halogéneo no tecto falso mas não sei como devo fazer a marcação dos mesmos (espaçamentos e numero de pontos de luz). Não quero cair no erro de preencher um tecto com focos que raramente ou nunca irão ser utilizados. Por isso, queria fazer um projecto equlibrado, funcional e económico, uma vez que a sala terá uma utilização diária. Caso queiram optar por outro sistema, estou aberto a sugestões. Cumprimentos
  6. Boa tarde, Durante o fim de semana fui com um amigo ver o apartamento que ele está prestes a adquirir. Foi então que deparei com algo que nunca tinha visto. As paredes interiores do apartamento, excepto cozinha e casas de banho, são revestidas a pladur. Não são paredes totalmente em pladur, são em tijolo com uma caixa de ar de cada lado do tijolo. Cada parede tem cerca de 25/30 cm de espessura e o pladur apoia em cerca de 18 pontos, conforme o tamanho da parede. Também as paredes que contactam com o exteriores são revestidas com o mesmo material mas apenas pelo interior, como é lógico. Senti-me dentro de uma caixa de pladur. Gostaria de saber qual a vossa opinião tendo em conta os aspectos que acharem relevantes, térmicos, acusticos, etc.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.