Jump to content
Arquitectura.pt


Duartwork

Membros
  • Content Count

    5
  • Joined

  • Last visited

About Duartwork

  • Rank
    Turista
  • Birthday 03/02/1984

Redes Sociais

  • Website
    http://www.duartwork.home.sapo.pt
  1. lol...realmente...mas é complicado escolher porque parece que não, mas vamos gastar tempo e dinheiro e investir muito esforço num curso, e não saber qual ira ser...é um pouco complicado...e depois começa-se a pensar se estamos a fazer a escolha certa, sera que vale apena e não nos vamos arrepender e querer voltar para tras...ainda se ganha neuroses com isso! Não há de ser nada...alem disso são opcões em que ambas nos agradam, acho que não é assim tão maus...e em vez de tirar o 2 e 3 ciclo( Mestrado e doutoramento) porque não a outra licenciatura, á quem o faça! Na escola onde estudo está uma senhora de 45 anos a fazer equivalencia para depois tirar uma segunda licenciatura! Não somos arvores, podemos andar sempre para a frente se quisermos.
  2. Pois...realmente e infelizmente nada do que foi dito é mentira, eu pensei que o processo da bolonha trazesse algumas vantagens mas agora que penso que há outros paise a correrem áo mesmo ''osso'' vejo o caso mal parado, tambem trabalho num bar á noite e o que me consta é que existe vario paises a precisarem de professionais, irlanda, australia por exemplo precisam de enfermeiros e tem protocolos para os trazer de outros paises, e parece que esses professionais emigrantes até são bem aceites, uma grande parte são filipinos (pessoas das filipinas e não as bolachas ). Antes ganhava-se bem um pouco mais de €1000 por mes agora já á de €800 incluindo horas extras, ...mas dizes que um arquitecto ganha 600 a 700 euros ?! hhhmmm, mas com o tempo deve-se ganhar mais! não? Eu ganho quase isso no bar onde trabalho, mas tambem exploração e violação dos direitos laborais dos trabalhadores é palavra de ordem lá, 48 horas/semana em media durante o verão! O que me suprende e dos com quem falei parece que quem escolheu enfermagem fala muito bem da profissão...fora pessoal que se cria laços a morrer, limpar porcaria de incapacitados...mas é parte da profissão...lol...é diferente! Honestamente aqui em albufeira ve-se agora uma busca de construções desenfreadas de hoteis e apartamentos e tudo relacionado com restauração e hotelaria...estragando por vezes a cidade, isto muito grande deve dar barraca! Aqui em baixo fazemos lucros com o turismo mas este já se queixa que portugal e aqui albufeira esta a perder o valor...tambem devido a outros factores...na minha opinião aqui existe a procura de enrriquecimento rapido e de pouco custo, sendo de maneira que for...vejes o telejornal e tambem te queixas da arquitectura...mas acho que isto já é em todo lado e em todas as areas! Honestamente a tua opinião que é a tua apenas é semelhante á de muita gente. Se calhar fico pelos projectos de arquitectura feitos no computador, quando for preciso alguma coisa peço a um arquitecto para me ajudar quando for para alguma coisa seria...tenho amigos que estudam arquitectura e quem sabe...o que duvido que aconteça num futuro muito prossimo...porque por este andar se conseguir comprar uma barraca para viver lá já é uma sorte :-P :)
  3. lol...já estou ver o cenario...secalhar é melhor tirar a moeda áo ar e ver o que calha! ;( lol
  4. Obrigado pelas opiniões, quanto a questão da area estudei artes mas depois sai e voltei acabar á noite, quando voltei pensei em ir para arquitectura Quando estava de dia tinha um prefessor de geometria que era arquitecto e ele proprio dizia dar aulas porque não tenha a profissão de arquitectura garantida e segura e disse que a area não estava nos melhores dias, tive um professor de desenho que passava nas aulas videos de documentarios de arquitectura, uma amiga que delirava com arquitectura...eu achei no minimo...bastante incentivado para arquitectura, sempre fui bastante criativo e bom no "desenho" e adorei tudo o que dei sobre arquitectura; mas nunca mais tive essas disciplinas porque acabei-as e durante o tempo que fiz frequencia á noite nunca mais tive contacto com artes nem ninguem para discutir sobre o assunto; trabalho tambem e já sabem...deve ser como tirar carta de condução...nunca se deve depois ficar muito tempo sem conduzir se não as capacidades vão-se o reduzem-se. Até a habilidade e criatividade do desenho livre que me dava em officinas de artes e MTEPS 17s, parece ter reduzido. Resumindo, se hoje tive-se nos anos atras escolharia arquitectura de certeza...mas a ausencia do contacto com a area faz com que me sinta desconfortavel com a situação e enfermagem talvez seria mais seguro e me sinta mais confiante...no entanto se fosse para arquitectura quem me dizia que a velha chama não voltava? O meu maior medo é o ter que me desenrrascar sozinho ou andar á procura de pescados...conheços duas pessoas que estagiaram na camara municipal mas depois ficaram sem nada...andam agora a trabalhar em empregos comuns...uma irmã de um amigo meu acabou por ser directora de decoração de interiores que embora fora do design da estrutura do edificio como ela queria acabou por gostar e ganha muito bem e tambem se adaptou exelentemente...agora saber qual deles seria eu?! Quanto ás questões colocadas: JAG e joaoneves: Neste momento acho que como estou mais ligado á comunicação com pessoas do que artes, e sim...durante o secundario estive a estudar para arquitectura mas fiz ajneirada mesmo no fim do 12, afinal a tropa não é tão bom como dizem..., quando voltei para acabar estive muito tempo sem contacto com a area, talvez enfermagem venha ser mais facil de adaptação, e acho que serei tão bom professional em enfermagem como antes achava que seria antes a arquitectura, mas não imaginam a tristeza que sinto quando vejo os meus trabalhos e exercios e me lembro de que antes como gostaria de ir para arquitectura, ainda por cima dou explicações de geometria para o meu irmão que agora tem geometria de 2 anos! Mas antes tinha confiança nas minhas capacidades da area de artes agora já não tanto, e isso é o que me cria mais desconforto. Em relação das mudanças de areas pode ser injusto para aqueles que já lá estão e depois vem uns não sei de onde que ficam com os lugares ( e bem me lembro das disputas entre arquitectos e engenheiros que até estão em areas semelhantes), mas sera justo para aqueles como joaoneves que chegam áo fim do secundario e descobre que gosta de arquitectura, ou aqueles que andaram na lua durante o tempo todo e no fim é que despertam, e então aqueles que acham que sairiam bem em duas areas...é verdade que existe situações injustas, mas seria muito mais injusto se fosse tudo linear e inflexivel, tanto JAG como joaoneves tem razão mas dou mais apoio áo joaoneves porque estou numa situação diferente dele mas um pouco semelhante e necessito que as coisas acontecem como JAG não gostaria que acontece-se, e bem sei que acontecem injustamente. Vampir0: O que descreveste é a situação que tenho medo de encontrar depois de lincenciado...mas andei á procura de informação e o que sei é que enfermagem embora as coisas cada vez estejam mais negras ainda tem mais saida que arquitectura...certo ou não...é o que diz os relatorios e estatisticas de empregabilidade? Arrenja-se emprego por vezes 6 ou 10 meses depois da licenciatura porque...embora seja necessario enfermeiros e medicos o estado não tem dinheiro como os pagar e ves-se no encerramento das urgencias, dá-se enorme valor áos que tem anos de experiencia nem que sejam pessoas estrageniras em vez dos que acabaram de sair do curso, e por vezes nem todos os licenciados se candaditam a lugares muito longe do seu distrito, juntando a isto temos o emprego precario...mas isto é os piores casos até agora...porque no ano passado muitos alunos do Instituto Piaget (Privado) arranjaram logo emprego...hove varias vagas a emprego á um ano na madeira e só foram metade porque o concurso ou não foi conhecido ou havia muita gente do continente a não querer sair, não sei, fazeram um segundo concurso...muito relativo mas tenho muita confiança neste curso. Mas...pessoal...voces conhecem estatisticas ou a situação concreta em geral da empregabilidade de arquitectura? Porque o que tambem me decide a escolher enfermagem é a sua maior taxa de empregabilidade, e honestamente não sei como esta a situação de arquitectura em portugal...não tenho quaisquer informação do assunto! JAG disseste que tiveste varios empregos na mesma area em poucos anos...mas isso foi decisão tua ou foste obriagado a toma-la?! Preciso mesmo de informação sobre o assunto e como voces estão lá dentro talvez me eplicassem como estão as coisas!
  5. Estou indeciso entre arquitectura e enfermagem, talvez escolha enfermagem porque sei que mesmo já não dando empregabilidade como antes ainda é um curso em que se pode trabalhar na area depois de licenciado...mas qual é o caso de arquitectura? Esta a dar saida? Garantias de emprego depois da licenciatura? Oiço muito falar que mais certo será preciso ''corrermos'' atras de pescatos que arranjamos com cunhas...isso é verdade? Qualquer informação será bem vinda!
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.