Jump to content
Arquitectura.pt


Kinetica

Membros
  • Content Count

    22
  • Joined

  • Last visited

About Kinetica

  • Rank
    Frequentador
  • Birthday 02/15/1989

Redes Sociais

  • Website
    http://memoriaaocubo.blogspot.com
  1. A Pública de hoje também trás uma enorme entrevista a Paula Rego sobre aspectos mais pessoais da sua obra... talvez possa contribuir para o esclarecimento das opções do Souto.
  2. Li sim. Viana é uma cidade muito bonita, ninguém o pode negar. Mas o que estou a dizer é que opiniões no extremo também não constituem uma boa abordagem nem fazem uma boa discussão sobre o hotel em si. As reacções que tenho visto levantam muitas vezes a questão da localização do hotel mas olhando para a sua localização, a mim não me parece que interfira tanto com a cidade histórica como tem sido referido, é por isso que, apesar de não adorar o desenho do hotel, não o considero um ataque à harmonia e beleza de Viana. Tenho a certeza que para este tipo de programa, o arquitecto viu-se confrontado com o pedido de construir algo com impacto e muito vistoso, que expirasse luxo, e nesse sentido, penso que o conseguiu, sem construir uma aberração utópica. Não sei se já existe esta informação nos posts anteriores mas deixo uma imagem da localização:
  3. Penso sinceramente que estás a ter uma atitude completamente dramática e exagerada em relação ao hotel, Space Invaders. O hotel tem uma volumetria arrojada mas é esse o propósito dele e o local onde está inserido não o torna um invasor. Falo por experiência própria e quando passo pelo local, a presença daquele hotel dá-me uma imagem de interesse para olhar. Diria até que está bastante afastado de qualquer contexto urbano sensível. Bem pior que um edíficio luxuoso e vistoso, todo a puxar para uma arquitectura comercial e comestível é a linha de prédios na beira-rio citada pelo tiago_laranjeira, em que o prédio coutinhos faz com que qualquer pessoa tenha uma crise de falta de ar. E vá... afirmações como "deve ser dakele país estrangeiro de Portugal, que começa a sul de Aveiro" não são propriamente construtivas, muito menos inteligentes.
  4. Quando vi este tópico e imaginei um projecto deste tipo em Viana do Castelo concordei um pouco com os primeiros posts do asimplemind em que chamava aquilo de "aberração", embora com menos radicalidade. A primeira coisa que me veio à cabeça foi a delicadeza com que se deve intervir quando estamos em cidades profundamente ligadas ao seu contexto histórico... A verdade é que das vezes por que lá passei e vi a obra finalmente construída, não me causou transtorno nenhum olhar para aquela peça de excepção no sítio onde está. O local tem por um lado um certo caos urbano em altura e por outro umas pequenas vivendas, quase uns "restinhos" que fazem a fronteira com uma zona relativamente actual. Não pude demorar-me muito em análises nem tampouco conheço Viana do Castelo tão bem para ter certezas do que digo... pareceu-me sim que aquela zona não se irá demorar muito mais com este aspecto por isso o hotel até poderá ser um ponto de partida. Uma coisa é certa, o edifício é atraente. Ninguém passa por lá sem ficar vidrado, quer seja por aversão ou por franco fascínio.
  5. Sim, eu também já tive a oportunidade de visitar as construções da barragem do Picote e também fiquei completamente arrepiada. Primeiro por ser um forte exemplo de construção modernista em Portugal e depois por serem pequenas relíquias num espaço privilegiado, condenadas ao abandono. Muito obrigada por me indicarem o livro, hoje andei a vasculhar na biblioteca e não encontrei nem uma pontinha do Picote=|
  6. Boa noite, preciso de encontrar plantas, cortes, alçados e medidas da Capela que faz parte das construções adicionais da Barragem do Picote, em Miranda do Douro. Se alguém me puder indicar algum livro ou site ou qualquer fonte que me possa dar esta informação agradecia.
  7. de facto não consigo identificar através destas imagens qualquer semelhança com a casa da música... mas,numa primeira impressão, fiquei maravilhada exactamente pela textura da pele exterior.
  8. adoro o tema da exposição.
  9. hey! eu quando era pequena andava a experimentar abrir as escadas da minha casa, porque achava que era lá que estava a chave do gigante sem coração :)
  10. mas lá está, devem estar muitos interesses turisticos adjacentes e os lucros daquilo já devem ser bem gordos. só dinheiro.
  11. ahahahah! o melhor são as pantufas. Para não sujar. ihihih!
  12. Então...mas ele não fez nenhum juizo em relação ao projecto, apenas disse que valeu pela melhoria. Não sou luandense mas acredito que tenha valido, independentemente de poderem fazer, ou não, melhor. Não é preciso ser-se arquitecto, estudante de arquitectura nem sequer interessado para reconhecer quando algo melhora....digo eu.
  13. tão lindo! faz lembrar o castelo andante. mesmo mesmo mesmo.
  14. oh..."maquina de habitar" é só uma articulação poética. Máquina...hum...poder...vrrrrrrrr
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.