Jump to content
Arquitectura.pt


nuno westa

Membros
  • Content Count

    21
  • Joined

  • Last visited

About nuno westa

  • Rank
    Frequentador

Redes Sociais

  • Website
    http://arte-rite.spaces.live.com/
  1. eu sei que na minha ultima entrada disse no fim que não voltaria a falar sobre isto. mas... cum catano, estás perante um texto, fotos e links (que coloquei logo no inicio) para informação pormenorizada sobre duas obras que espelham o Génio Humano. O GÉNIO HUMANO, (não esta tua patética questão de semantica rocambolesca em que estás mergulhado). e em vez de discutires aquilo que verdadeiramente nos devia reunir aqui no arquitectura.pt, ficas aí feito pobre agarrado a um raciocínio, que confesso ainda não percebi qual é a utilidade, não deitas-te uma unica palavra sobre as obras em si mesmas, os burocratas também são pessoas, também têm direito a dizer o que têm lá dentro, mas não são interessantes. quando e se nos voltarmos a encontrar vais ficar a falar sozinho. não é amuo, (já não tenho idade) é uma questão de inteligência e educação. passar bem nuno westa
  2. sabedoria pop: "abrir a boca sem pensar, é estupidez sair ou mosca entrar". anacronismo é um erro de cronologia; é atribuir erradamente a uma época o que pertence a outra. (percebeste o que é um anacronismo?)"...o esquiço por norma é uma coisa feita exactamente antes da construção..." (sim e... está bem).quer dizer, para o caso de não saberes o projecto é de 60 a "construção" teve inicio em 1975 mas esteve abandonada até 2003, quando foi retomada com fim das obras à um ano atrás.um esquiço não deixa de o ser por ter "meio seculo" ! ou 60 e tal anos.um esquiço é um esquiço, não muda de nome com a idade.!!dou por finda a questão.obrigado http-~~-//img165.imageshack.us/img165/9474/lecorbusierfirminy99zc2.jpg Fonte: http://ahahh.blog.lemonde.fr/2006/11/
  3. toda a gente a correr atrás disto, mas é dificil. orson welles depois de citizen kane deixou todos a pensar que era fácil fazer um filme genial, nem mesmo ele voltou a igualar-se. http-~~-//img113.imageshack.us/img113/8238/sydney20opera20housext1.jpg vejam a correria que foi: http-~~-//static.flickr.com/38/80308036_6dbbe56171.jpg http://architechnophilia.blogspot.com/ já para não falar de coisas absolutamente lamentáveis: http-~~-//img522.imageshack.us/img522/9307/tenerife1smcs6.jpg
  4. calma mestre, onde é que está a tua hospitalidade? o tipo tem menos 1001 mensagem do que tu. ainda não é mestre. tens de ir com calma, se não espantas o pessoal. ...
  5. "habitação social" é interessante como estamos formatados, mas enfim a coisa é assim mesmo, desde o momento em que somos crianças; e se é menino recebe um carrinho, se é menina leva uma barbie, (claro que depois no caso dos homens queremos as duas coisas, mas isso é outra conversa), a expressão "habitação social" aqui usada no sentido pejorativo serviu para mostrar que "EU SÓ GOSTO DAQUILO QUE CONHEÇO", se não estou formatado para uma determinada (imagem-coisa), aquilo é mau, é o outro, é aquele que está fora de mim, é "habitação social", são os "óculos", os "vagabundos". toda esta conversa para quê? eu nunca conheci uma pessoa que fosse inteiramente má. e quando me cruzo com pessoas detestáveis, quase sempre têm amigos e de entre eles há sempre alguém que podia ser meu amigo. o que me leva a concluir que com tempo, paciência e querer, talvez este edificio tenha mais qualidade do que parece (e tendo em conta a envolvente...) e que tem. os meus parabéns a quem promoveu, projectou e trouxe até mim esta (imagem-coisa). http://www.adoisg.com/Ematosinhosobra.htm
  6. aqui onde pratico a coisa, diz-se que: "o que a arquitectura não resolve, a massa (cimento) tapa" (isto em obra). quando ainda (em projecto), a técnica mantêm-se: o que o desenho não resolve, o discurso tenta tapar. digo isto sem querer entrar em polémicas, mas é em casos destes que mais se nota a ineficiência em juntar "arquitectura de umbigo" à "arquitectura para as massas". como diz a sabedoria pop: "é no meio que se encontra a virtude" e talvez seja, há uma terceira via, que não é uma coisa em si mesma, palpável, independente do local é um sentir, uma amizade que o edificio estabelece comigo. a cordialidade que há entre dois seres só acontece depois de mutuo contacto, não em conceito, por isso é sempre tão dificil saber se um projecto de arquitectura se vai revelar ARQUITECTURA. só nos resta a intuição. que também é a ela (intuição) que recorremos quando conhecemos alguém, é quase instantâneo sabermos se essa pessoa, vai ser nossa amiga, se tem ar de quem vai, ou pode, ou ainda merece ser nossa amiga. para o pessoal cá de casa a coisa ARQUITECTURA também funciona assim. http://arte-rite.spaces.live.com/
  7. Mesmo depois do “Inquérito” e de toda a polémica à volta de Raul Lino, ainda surgem estas frases... Como isto é um Fórum de discussão, elucida-nos sobre o que entendes ser: "casas portuguesa tradicionais." o edifício necessita de vivacidade , que está enraizada nas casas portuguesa tradicionais. saudações "se não fosse para ganhar..." http://arte-rite.spaces.live.com/ http://dontfollowthewhiterabbit.blogspot.com/
  8. http://www.arquitectos.pt/?no=101004769:082007 isto responde à 2ª pergunta. as citações enquadram a personalidade do nosso lider de classe para os proximos anos. e isto responde à 1ª.
  9. sim e tal como disse, tive contacto com eles durante o curso (o projecto do Arq. Siza é de 98). que parte é que não percebeste?
  10. és um bocado básico na abordagem. não estás a ver que a grande massa construida está no estado actual precisamente porque se dão receitas instantâneas para problemas que nem sequer se conhecem. a tua atitude não ajuda. não reparaste no pudor que todos se apressaram a mostrar perante a ideia de catalogo. desculpa o tom airisco mas este genero de coisa...:evil:
  11. pois a coisa para correr bem, passa por escolher alguém que esteja à frente do projecto q tenha noções de arquitectura. porque para quem se lembra das aulas de "ambiente" da faculdade há sistemas passivos que se anulam entre si. por isso é necessário cuidado na escolha de quem vai projectar a coisa. os cocktails nestas coisas não costumam funcionar. e nisso os "chico espertos" são especialistas. misturam tudo à vontade do fregues e depois o dinheiro que se poupou no projecto vai-se pagando todos os dias em ineficiência. desde já louvo a iniciativa de no acto de arranque estar subjacente a ideia de ecoCASA. http://arte-rite.spaces.live.com/
  12. desculpa devia ter mencionado o nome. pensei que toda a gente o conhecia. este projecto l' église Saint-Pierre é juntamente com a fundação Iberê camargo, dois projectos que sempre realizaram comigo um convite ao enamoramento. enquanto estudante de arquitectura tive contacto com os desenhos (esquiços, rigorosos...) e especialmente com as maquetes durante anos a fio, até que um dia as fotos destes projectos em construção me entram pelos olhos dentro e provocam o lembrar. é uma das grandezas da arquitectura invocar a memória, como a história do Borges; o miudo que muitos anos depois volta à familia de onde tinha desaparecido. familia que já não reconhecia como sua, até que o levam em frente da casa que era a sua antes do desaparecimento anos antes. os rostos dos pais não os reconheceu, mas de repente corre para a casa sobe as escadas entra na sala leva a mão atrás da chaminé de onde tira uma navalha de cabo de osso. este é o poder da arquitectura "não se pode dizer propriamente que tenha uma mensagem, porque a mensagem é ela própria: sua presença ante mim, silenciosa, irredutivel; criadora de um ambiente, uma envolvência, de um contexto. Ela nada diz que não seja já meu, nada que eu não possa assimilar à minha pessoa (porque senão não a entenderia), nada que não seja descoberta em mim." Prof.Pedro AbreuTese de doutoramento. "descoberta em mim". eu descubro coisas em mim. através de pedras eu descubro coisas em mim,... é extraordinário. voltando atrás estes projectos foram para mim reveladores porque agora que se transformaram em pedra (e se transformaram em arquitectura) podem me acolher e me permitirem realizar o abandono pós enamoramento. http://arte-rite.spaces.live.com/
  13. 3 pintores: egon schiele toulouse lautrec jenny saville http://imagesource.allposters.com/images/pic/RIC/1500-14539%7EThe-Artist-s-Wife-Posters.jpg http://aubistrotducoin.canalblog.com/albums/l_art_nouveau___toulouse_lautrec___peintures___dessins__/m-Toulouse_Lautrec_____La_toilette.jpg http://www.midnightuniv.org/midfrontpage/images/UGpicture1.jpg
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.