ctchannel

Membros
  • Content count

    38
  • Joined

  • Last visited

About ctchannel

  • Rank
    Estagiário
  • Birthday

Meio Pessoal

  • Country of Origin
    Portugal

Recent Profile Visitors

3768 profile views
  1. Video: http://www.ctchannel.tv/video/149 Realizou-se no dia 3 de Abril de 2014, o Encerramento do Ciclo PORTO POETIC TALKS com a 5ª e última Conferência subordinada ao tema “ A Escola do Távora” moderada pelo arquitecto Nuno Grande sendo Álvaro Siza o último conferencista da tarde.
  2. Video: http://www.ctchannel.tv/video/150 A Casa das Artes de Miranda do Corvo projetada pela FAT – Future Architecture Thinking, estabelece uma relação entre o rural e o urbano. Numa paisagem recortada pela serra da Lousã, o edifício propõe um novo remate para o azul do céu. Em oposição a este surgem longos e diversos planos vermelhos das formas geométricas do edifício. Numa paleta de cores, onde a serra é verde ou castanha, onde o céu é azul ou cinzento, o vermelho é o lugar das Artes. A organização interna do edifício emerge no exterior com três volumes, o palco, a plateia e uma área museológica. No interior existe um jogo entre a definição dos planos brancos que se diluem em cinzas criando profundidade, formas, variações na luminosidade e o preto que anula recortes, planos e limites. Projeto: FAT Future Architecture Thinking Localização: Miranda do Corvo Ano Projeto: 2010 Construtor: Tecnorém – Engenharia e Construções, S.A.
  3. A abertura do Ciclo internacional de Conferências - Porto Poetic Talks - com destaque para a Arquitectura Portuguesa, realizou-se no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett , no dia 5 de Março, às 21h30. Este ciclo de conferências realiza-se a par da exposição Porto Poetic que esteve patente ao público no Museu de Arquitectura e Design La Triennale di Milano, em Itália e contou com cerca de 9 mil visitantes nos 45 dias de exibição em Milão (13 de Setembro a 27 de Outubro de 2013), e é agora apresentada na Galeria Municipal, numa iniciativa da Ordem dos Arquitectos – Secção Regional do Norte, em co-organização com a Câmara Municipal do Porto (Pelouro da Cultura). Este Ciclo de Conferências começou a 5 de Março e decorre até 3 de Abril, às quintas-feiras, às 18h30 , no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett. A abertura do Ciclo de Conferências esteve a cargo de Paulo Cunha e Silva (Câmara Municipal do Porto) e de Tiago Branco Sampaio(OASRN).
A primeira Conferência subordinada ao tema Arquitectura Crítica 
contou com os oradores Álvaro Siza, Mirko Zardini e José Fernando Gonçalves tendo como moderador o arquitecto Jorge Figueira. Ver vídeo em: http://www.ctchannel.tv/video/124
  4. O Edifício Forrester, contruído no século XIX , e em que terá habitado o Barão de Forrester, fica situado no centro histórico da cidade do Porto, na Praça do Infante, em frente ao Mercado Ferreira Borges. As obras de reabilitação, a cargo do Gabinete Correia/Ragazzi Arquitectos, representam um desafio relevante cujo programa está centrado na transformação dos pisos superiores do edifício e respectiva adaptação num piso de escritórios e sete habitações, duas delas em duplex. O piso de escritórios faz a transição entre o estabelecimento de restauração, (no espaço do antigo Restaurante Comercial) e os pisos destinados à habitação. Ver vídeo em: http://ctchannel.tv/video/123
  5. O Atelier Nuno Valentim Arquitectura e Reabilitação venceu o Palmarés Arquitecture Aluminium Technal pelo seu projecto de reabilitação do Centro Dehoniano no Porto, da autoria dos arquitectos Nuno Valentim e Frederico Eça, destacando-se pela singularidade da sua arquitectura, adequação e diálogo com a envolvente. Ver video aqui: http://www.ctchannel.tv/video/122
  6. O Presidente da Ordem dos Arquitectos, João Santa-Rita, em entrevista ao CT Channel falou-nos das linhas de força de actuação da Comissão Directiva Nacional para o Triénio que se iniciou a 13 de Janeiro último, começando por falar da necessidade de defesa da profissão e de todos os arquitectos que a exercem numa altura em que se vivem tempos difíceis tendo em conta a situação do país e, em particular, do sector. Para João Santa-Rita, se é verdade que a Arquitectura Portuguesa goza hoje de um particular e profundo reconhecimento no país e no exterior, também o é o facto da profissão atravessar uma crise e a falta de esperança e de ânimo mais profundos de que há memória. No plano internacional, o Presidente da OA frisou a afirmação nacional no CIALP, Conselho Internacional dos Arquitectos de Língua Portuguesa, no protocolo assinado, pela anterior direcção de que também fez parte, com o CAU , citando apenas alguns exemplos do trabalho desenvolvido e a desenvolver, a par de um contínuo trabalho junto do CAE, Conselho dos Arquitectos da Europa, reforçando a participação da OA no mesmo. Quanto ao contínuo abandono do nosso país por parte de tantos arquitectos, refere João Santa-Rita a necessidade da Ordem dos Arquitectos investir todos os esforços no sentido de possibilitar a exportação dos saberes nacionais e capacidades reconhecidas, tanto ao nível do sector privado como do público, lançando o desafio para que a OA bem como outras congéneres sejam envolvidas numa estratégia de internacionalização a par de outras actividades que representam, no sector em que a arquitectura se enquadra, perto de meio milhão de profissionais. Ver entrevista aqui: http://www.ctchannel.tv/video/121
  7. Conferência de Kenneth Frampton, vencedor da 3ª edição do Prémo Carreira Trienal de Lisboa Millennium BCP, realizou-se no dia 31 de Janeiro, na Casa das Artes do Porto, com o apoio da DRCN. O fim da conferência deu lugar a uma conversa moderada pelo Arquitecto Nuno Grande com a participação de Kenneth Frampton, Siza Vieira e Souto de Moura. Kenneth Frampton nasceu no Reino Unido em 1930 e é graduado em arquitectura pela Architectural Association School of Architecture, Londres. Escreveu inúmeros livros e ensaios sobre arquitectura e é docente na Graduate School of Architecture, Planning and Preservation da Universidade de Columbia, EUA. Veja vídeo em: http://www.ctchannel.tv/video/119
  8. Conferência de Kenneth Frampton, vencedor da 3ª edição do Prémo Carreira Trienal de Lisboa Millennium BCP, realizou-se no dia 31 de Janeiro, na Casa das Artes do Porto, com o apoio da DRCN. O fim da conferência deu lugar a uma conversa moderada pelo Arquitecto Nuno Grande com a participação de Kenneth Frampton, Siza Vieira e Souto de Moura. Kenneth Frampton nasceu no Reino Unido em 1930 e é graduado em arquitectura pela Architectural Association School of Architecture, Londres. Escreveu inúmeros livros e ensaios sobre arquitectura e é docente na Graduate School of Architecture, Planning and Preservation da Universidade de Columbia, EUA. Ver vídeo aqui: http://www.ctchannel.tv/video/118
  9. O Pavilhão de Acolhimento da Escola Francesa do Porto, da autoria dos arquitectos Nuno Valentim e Frederico Eça, foi um dos projectos seleccionados para a Habitar 09-11, organizada pela Ordem dos Arquitectos. Também da autoria do gabinete “Nuno Valentim Arquitectura e Reabilitação” é o Novo Edifício da Primária da Escola Francesa. Em ambos os projectos construídos de raiz predominam o betão e o vidro, contrastando a opacidade do primeiro com a transparência do segundo. As paredes em vidro permitem uma relação harmoniosa com a envolvente dominada pelas árvores dos jardins de Serralves. Ver vídeo em: http://www.ctchannel.tv/video/117
  10. O Pedras Salgadas Eco Resort, da autoria dos Arquitectos Luís Rebelo de Andrade e Diogo Aguiar, foi o vencedor da edição de 2013 do Prémio do site ArchDaily, na categoria Hotéis e Restaurantes. Este Eco Resort tem já sete casas construídas por módulos da responsabilidade da empresa Modular System. Cada casa tem cerca de 62 m2, divididos em dois quartos, sala, kitchenette, casa de banho, hall e deck, com capacidade máxima para seis pessoas. As casas, revestidas a ardósia e madeira, estão completamente integradas na paisagem do Parque Termal de Pedras Salgadas. Ver vídeo em: http://www.ctchannel.tv/video/20
  11. O projecto da “House 77” da autoria do gabinete de arquitectura Dioniso Lab, foi implantado no Bairro Norte da Póvoa de Varzim em 2010. O seu desenho é influenciado pela cultura da cidade, fortemente ligada ao mar e à pesca. A fachada principal da casa, a Este, dá-lhe a sua identidade, sendo constituída por painéis de aço inoxidável, perfurado com “siglas poveiras”. Estes símbolos são um sistema de proto-escrita que foi utilizado como um meio de comunicação para marcar os pertences pessoais e de pesca de cada família. Constituíam um importante legado de família que se transmitia por herança de geração em geração, sendo ainda hoje reconhecidas pelas mesmas. A fachada oeste está coberta por cortinas venezianas de alumínio que preservam a intimidade da casa por um lado e, por outro, se abrem para um pequeno jardim. A casa está organizada de forma vertical e hierárquica estruturando-se em torno das escadas que se assumem como eixo central, estando as áreas sociais nos pisos inferiores e as privadas nos superiores. Ver vídeo em: http://ctchannel.tv/video/115
  12. O projecto de reabilitação e requalificação da Casa da Memória, em Guimarães, é da autoria dos arquitectos Miguel Guedes e José Carlos Melo Dias, e foi realizado no âmbito de Guimarães Capital Europeia da Cultura – 2012. A antiga Fábrica de Plásticos Pátria, deu lugar a este novo equipamento, constituído por duas naves divididas a meio por um corredor de passagem e um edifício principal, que pretende ser um espaço de encontro, partilha e reflexão sobre as raízes culturais, tradições e memórias dos Vimaranenses. Ver vídeo: http://www.ctchannel.tv/video/106
  13. O Seminário Internacional “ A Cidade Resgatada, Reabilitar a Cidade (re)desenhando-a” organizado pela OASRN, realizou-se no dia 24 de Outubro, na Casa das Artes, no Porto. A abrir o Painel 2 subordinado ao tema “Desenhar infra-estruturas urbanas”, o Pritzker da Arquitectura Eduardo Souto de Moura fez a sua apresentação começando por falar do seu agrado face à conclusão das obras de recuperação da Casa das Artes, da responsabilidade da DRCN, onde decorreu o seminário, da necessidade de obras de recuperação da Casa Manoel de Oliveira, a degradar-se de dia para dia, e dos 70 kms do Metro do Porto, focando o polémico projecto da Linha da Boavista de que é acérrimo defensor. Ver video: http://www.ctchannel.tv/video/84
  14. O Colóquio IBERIA CRITICA – Jovens Arquitectos Portugueses e Espanhóis em Debate realizou-se no dia 1 de Novembro de 2013, no Auditório do Museu Soares dos Reis, e foi organizado pela OASRN E MOSTRA ESPANHA 2013. A segunda Comunicação da Sessão 1 coube ao gabinete de arquitectura BARBAS LOPES ARQUITECTOS. Patrícia Barbas e Diogo Lopes trabalham juntos desde 2003,tendo escritório desde 2006.As obras realizadas incluem edifícios públicos, residências unifamiliares, remodelações e projectos expositivos. Desenvolvem ainda colaborações com outros arquitectos, como Peter Märkli. Com Gonçalo Byrne, concluíram recentemente a Requalificação do Teatro Thalia em Lisboa. Nomeados para os Icon Awards 2012, Designs of the Year 2013 e Mies van der Rohe Award 2013. Barbas Lopes Arquitectos são “Azrieli Visiting Critics in Residence” na Carleton University em Ottawa, Canadá. Link para o vídeo: http://www.ctchannel.tv/video/73
  15. O Seminário Internacional “ A Cidade Resgatada, Reabilitar a Cidade (re)desenhando-a” organizado pela OASRN, realizou-se no dia 24 de Outubro, na Casa das Artes, no Porto. O Painel 1, subordinado ao tema genérico “ Desenhar o Espaço Público/Equipamentos “ teve como terceiro orador, o arquitecto Gonçalo Byrne, cuja apresentação se centrou no projecto de sua autoria do Centro Cívico – Praça Pública, denominado “Edifício Praça Eça de Queiroz”, vocacionado para a 3ª Idade e Jovens, localizado no Centro Histórico de Leiria. As obras de requalificação e reabilitação daquele espaço permitiram a criação de um Centro de Dia e de uma Mediateca, complementado por um bar/cafetaria e, ainda, uma galeria de exposições. Ver video: http://www.ctchannel.tv/video/72