Jump to content
Arquitectura.pt


zebat

Membros
  • Content Count

    16
  • Joined

  • Last visited

About zebat

  • Rank
    Frequentador
  • Birthday 10/01/1965
  1. Será que, como solução para o caso de lotes de moradias em banda com por exemplo 7m de frente, cuja soleira se situe ente 1,20 e 1,50m do passeio, passaremos a ter no seu logradouro uma imagem idêntica ao Bom Jesus de Braga mas em rampa?
  2. Dreamer disse: "Como diz o decreto-lei, pelo menos uma das instalações sanitárias no piso 0 deverá estar preparada para receber uma cadeira de rodas..." Será que diz mesmo? Leia o meu ponto de vista na resposta #25
  3. freelander Não, queria dizer Decreto-Lei 12/2004 de 9 de Janeiro. Escrevi um pouco pela memória, mas de facto o Decreto-Lei veio com as portarias logo encostadas “coisa rara”, que me baralhei. Assim pondo as coisas correctamente teremos: Decreto-Lei 12/2004 de 9 de Janeiro e Portarias 14,15,16,17,18 e 19 de 10 de Janeiro será que é assim? "Gosto de gente atenta"
  4. Dreamer Ainda bem que conseguiu esse telefonema. Pelos vistos tudo bate mais ou menos certo com o que tenho vindo a escrever neste tópico, mas uma certeza é sempre uma certeza. De facto, começa a ser um risco dar só o nome para certas coisas, e a futura figura de Director Técnico da Empresa vai ser um lugar de muita responsabilidade, que deve ser ocupado por gente responsável e competente, e ainda mais, capaz de denunciar situações de má pratica profissional. Só assim, todos os aspectos ligados à construção, poderão melhorar. Pelo que tenho lido, o Dreamer parece ser uma pessoa profissional, uma pessoa preocupada com o mundo da construção. São de pessoas assim, que o sector tem falta. Por isso experimente pelo menos para ver como é, pode ser que goste, e mais, uns cobres a mais nunca são de mais.
  5. Boas SVA. Parte da resposta à tua pergunta está no topo da página 2 deste tópico. Os grupos, vêm descritos na mesma tabela como Grupo "n" do C.C.T., será Convenção Colectiva de Trabalho, feita por quem não sei, mas se procurares na Web encontrarás vários exemplos. Aqui vai um http://www.sitese.pt/webuploads/docs/245/ficheiro/Caima-Silvicaima-2005-01.doc
  6. Bom, o que consegui foi isto: Tabela de 2004 Grupo III ---------648,40€ Grupo IV ---------622,80€ Grupo V ---------552,00€ Quadro Técnico Vencimentos Classe alvará -------- % ------- Licenciados”III” ----- Bacharéis “IV” ------ ATAE “V” ----- 1 ---------------- 30 -----------194,52 ---------------- 186,84 ------------ 165,60 ----- 2 --------------- 40 ----------- 259,36 --------------- 249,12 ------------ 220,80 ----- 3 --------------- 50 ----------- 324,20 --------------- 311,40 ------------ 276,00 ----- 4 --------------- 100 ---------- 648,40 --------------- 622,80 ------------ 552,00 Classe 4 e 100%, porque obriga a um técnico a tempo inteiro
  7. Boas Dreamer Tentei arranjar a dita tabela de honorários. De facto a tabela não existe. Pelo que me foi dito, a tabela é apenas um critério do IMOPPI "tabela interna".
  8. Pedro Barradas Julgo que a sua dedução foi feita pelo escrito no número 3.3.7 do capítulo 3. No referido número, são feitas exigências descritas na Secção 4.7, que nos fala do tipo de revestimento dos pavimentos, e Secção 4.8 que nos fala de ressaltos no piso, onde são dados alguns exemplos de ressaltos, entre os quais degraus. Julgo que estes degraus, serão os degraus de desnivelamento de pavimentos utilizados muitas vezes simplesmente com fins decorativos, outras vezes para adoçamento da construção à topografia do terreno. Um conjunto de degraus é uma escada, e as escadas são tratadas no ponto 3.3.5. Daí e como exemplo, se numa moradia unifamiliar de rés-do-chão e 1º andar, poderá ser “arrumada” como bem se entender, desde que se faça cumprir o disposto no 3.3.5, não esquecendo o descrito no 3.3.7, onde o pormenor mais relevante numa construção tradicional e sem grandes pormenores, está na pedra de soleira da porta de entrada, a qual deve respeitar a alínea 2) do 4.8.2 da Secção 4.8.
  9. O processo para a minha entrada no quadro da empresa foi tratado numa delegação da AECOPS, “dado que a empresa em causa lhe é associada”. Foi aí que tomei conhecimento da dita tabela de honorários. É perguntar directamente à AECOPS.
  10. rss Bom, se o alvará for de class 4 ou superior, julgo que terá de ser a tempo inteiro. Já procurei qualqual coisa escrita sobre sobre os deveres, direitos e rsponsabilidades da função e nada encontrei, "possivelmente pelo pouco empenho". Já falei com colegas, e sabem o mesmo. Pela experiência que tenho, e somente enquanto consultor, ou melhor, quando não fazia parte do quadro da empresa, alem de lhes "assinar o alvará", disponibilizava-me para ajuda na interpretação da parte escrita e desenhada de projectos, aos quais estariam a dar orçamento. Na revisão do DL 73/73, julgo que já serão atribuidas funções mais específicas. De facto, tambem procuro o mesmo.
  11. Dreamer O que vulgarmente se diz, é de facto assinar o alvará. Depois da saída do Decreto-Lei 14/2004 de 9 de Janeiro, algumas coisas mudaram. O que anteriormente seriam consultores, hoje são elementos do corpo técnico da empresa. Em relação aos honorários estão devidamente tabelados, variando de acordo com o teu grau técnico e com a classe do alvará da empresa da qual serás técnico.
  12. Assim entendo pelo escrito no " Artigo 23.º Norma transitória 1 - As normas técnicas sobre acessibilidades são aplicáveis, de forma gradual, ao longo de oito anos, no que respeita às áreas privativas dos fogos destinados a habitação de cada edifício, sempre com um mínimo de um fogo por edifício, a, pelo menos:"
  13. Julgo que o número de pessoas que habita uma casa, deve ser calculado de acordo com o número de quartos, em conjugação com o quadro presente no nº1 do artigo 66º do RGEU
  14. Não, interpretações da lei feitas pelo corpo técnico
  15. A câmara municipal com que mais trabalho, está a exigir para moradias unifamiliares com dois ou mais pisos, e com lotação superior a 5 pessoas, a implantação obrigatória de um quarto de uma casa de banho completa com condições de acessibilidade, e a uma cozinha. Será assim mesmo?
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.