Jump to content
Arquitectura.pt


sluiz

Membros
  • Content Count

    8
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by sluiz

  1. o projecto da urbanização é de 2006, o término foi em Janeiro de 2009.. é um projecto a custos controlados, daí a área minúscula... eu considero que 1,10 não é ok, mas tb não dá para esticar o prédio nem roubar as outras divisões..o problema como não tem remédio, remediado está..enfim.. amanha o "engenheiro" vai ao apartamento, para ver defeitos que reclamei, vou-lhe perguntar se ele sabe dos 10cm que "roubaram" e que pensa disto... mais uma vez obrigado pela resposta
  2. obrigado pela resposta. pois mas tem 1,10... (mas pronto.. não posso fazer nada, não vão esticar o prédio com 4 meses de conclusão para meter mais 10cm) a porta tem 1m e picos.. sendo +-80 cm só de vidro..o resto é alumínios.. vou mesmo bater o pé e exigir uma porta menor e o aumento da parede. mais uma vez obrigado
  3. adquiri há 1 mês uma habitação e tenho dúvidas em alguns espaços na cozinha: 1º o meu espaço entre bancada e a parede oposta é de 1,10 cm. o rgeu, artigo 69, ponto diz 1,10 cm o dec-lei 163-2006, no ponto 3.3.3 alinea 3 diz 1,20cm em que ficamos? 2º o espaço destinado para o frigorífico na minha planta diz 0,60 com no símbolo, na realidade tem 0,58cm o que pela abertura da porta não permite ter no local um frigorífico. Que hipótese/direito tenho de exigir o aumento da parede para 0.60? como a porta já está encostada o máximo à direita posso exigir uma porta mais estreita e o aumento da parede? planta: http://img14.imageshack.us/my.php?image=210520092789a.jpg espaço frigorífico: http://img14.imageshack.us/my.php?image=190520092787j.jpg obrigado pela atenção Sérgio Luiz
  4. peço desculpa de este não for o local correcto para colocar esta questão. vou expor a minha questão. comprei um apartamento em planta . num dos quartos aparecia numa parede uma janela simpes (de correr) +-1m de largura por 60cm altura (imagino eu, não medi propriamente) pensava eu que seria das janelas normalissimas com base pela cintura (+- ...)(espero que me estejam a perceber).. acontece que quando vou ao apartamento ja concluido deparo-me com uma janela de portas de correr, sim... MAS, encostada qs ao tecto e com a base da mesma pela altura dos meus ombros aproximadamente! (tenho 175cm de altura) para chegar ao puxador tenho de esticar o braço para cima, coisa que a minha mulherzita de 160cm não consegue pois não chega lá!!! Todos os andares/apartamentos daquela urbanização são assim num dos quartos. pergunto-me.. isto é legal? não ha alturas minimas/máximas para as janelas? (agradecia ajuda na procura destas medidas) onde está a ergonomia da coisa? ou.. será que quem fez esta "obra" (arquitecto/eng civil??) estava num dia mau? obrigado pela atenção Sluiz
  5. ninguem me sabe dar 100% certeza na (minha) questão anterior?? :)
  6. peço desculpa mas ainda tenho dúvidas... como existem tantas definições de areas..."fogo, contrução, habitação...." explico o meu caso. comprei um fogo ainda em projecto (de habitação a custos controlados). no projecto dizia: "área bruta minima de habitação 110m2" "a habitação dispõe de um lugar de estacionamento" (este lugar de garagem está incluido no projecto e de aquisição obrigatória, mas não é co-financiado, ou apenas o lugar de garagem não é a custos controlados) acontece que na planta do apartamento agora aparece na legenda "área bruta do fogo 105m2" a minha dúvida é: na área bruta de HABITAÇão é correcto incluir a área do lugar de garagem, perfazendo assim os 110m2? ou estou a ser "roubado" em 5m2, com a desculpa que corresponder ao lugar de garagem.. peço desculpa pelo re-post com a minha dúvida cumprimentos Sluiz
  7. Boas, não quero deitar mais lenha na fogueira mas tenho uma dúvida também sobre áreas brutas. Na "área bruta de habitação", já é incluido a área do lugar de garagem (lugar apenas limitado por linhas no chão de uma cave)? Agradeço o esclarecimento. Cumprimentos
  8. (se este nao é o melhor local para este post, peço desculpa e agradecia ao moderador a respectiva reposição) Estou em fase de aquisição de um apartamento T3. Ainda está em fase de construção (na realidade, ainda nem começaram as obras). Acresce dizer que a aquisição foi em resultado de um concurso público num projecto de “habitação social” e que a planta é ridiculamente pequena e mt mal concebida. Para dar uma pequena ideia, a cozinha tem da bancada à parede contrária 110cm e um total de 6m2 de área.. parece incrível mas é verdade. Sendo assim, gostaria de mudar a configuração das paredes, de modo a aumentar a sala e cozinha eliminando um quarto. Passando assim de um T3 a T2. Gostaria de mudar isto legalmente durante a construção e não ilegalmente depois da vistoria (como acontece geralmente). Informalmente foi-me dito que não seria possível mudar nada em fase de construção, nem acabamentos inclusive, mesmo com um projecto de arquitectura. Alguém me pode indicar se é mesmo assim? Ou onde posso procurar informações sobre este assunto? Legislações etc? Apenas de dizem que não posso fazer nada, por ser de habitação social, “que todos os apartamentos têm d ser iguais.. bla bla bla”, mas ainda não me apresentaram nada concreto… legislação! Dão apenas opiniões… e estou farto destes engenheiros a mandar opiniões para o ar… Obrigado pela atenção e ajuda Sluiz Sluiz@iol.pt
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.