Jump to content
Arquitectura.pt


chanchan

Membros
  • Content Count

    23
  • Joined

  • Last visited

  1. Olá, segundo disseram-me em Portugal há uma entidade diferente da ANPC que se dedica a autorizar salas de cinema em matéria de SCIE. É isto assim? mudou com o novo regulamento? podeis dizer-me como se chama essa entidade?
  2. Ninguém o tem claro? São dúvidas relacionadas com o Artigo 8º do RT-SCIE, só há que conhecer tal artigo
  3. Trata-se de dúvidas conceptuais ou interpretativas: :direita:1) Um edifício comercial com as seguintes zonas, em % de área bruta: A) 40% de zona comercial B ) 20% de zona administrativa C) 20% de zona de arquivo D) 20% de zona de armazém (Supondo que cumprem-se o resto de condições do ponto 3 do Artigo 8º) ¿Deve considerar-se as zonas B, C e D como UT VIII?. Eu acho que sim. :direita:2) Um edifício comercial com as seguintes zonas, em % de área bruta: A) 79% de zona comercial B ) 21% de zona administrativa (Supondo que cumprem-se o resto de condições do ponto 3 do Artigo 8º) ¿Deve considerar-se a zona B como UT VIII?. Eu acho que não. :direita:3) Um edifício comercial com as seguintes zonas, em efectivo: A) Zona comercial B ) Zona de reunião com efectivo de 200 pessoas C) Zona de formação com efectivo de 200 pessoas D) Zona de bebidas com efectivo de 200 pessoas (Supondo que cumprem-se o resto de condições do ponto 3 do Artigo 8º) ¿Deve considerar-se as zona B, C e D como UT VIII?. Eu acho que sim. :direita:4) Um edifício comercial com as seguintes zonas, em efectivo: A) Zona comercial B ) Zona de reunião com efectivo de 201 pessoas (Supondo que cumprem-se o resto de condições do ponto 3 do Artigo 8º) ¿Deve considerar-se a zona B como UT VIII?. Eu acho que não. :direita:5) Um edifício comercial com as seguintes zonas, em área útil: A) Zona comercial B ) Zona de biblioteca de 200m2 C) Zona de posto médico de 200m2 D) Zona de oficinas de 200m2 (Supondo que cumprem-se o resto de condições do ponto 3 do Artigo 8º) ¿Deve considerar-se as zonas B, C e D como UT VIII?. Eu acho que sim. :direita:6) Um edifício comercial com as seguintes zonas, em área útil: A) Zona comercial B ) Zona de biblioteca de 201m2 (Supondo que cumprem-se o resto de condições do ponto 3 do Artigo 8º) ¿Deve considerar-se a zona B como UT VIII?. Eu acho que não. E agora dois um pouco mais difíceis... :direita:7) Um edifício comercial com as seguintes zonas, em área útil: A) Zona comercial B ) Zona de biblioteca de 200m2 C) Zona de posto médico de 201m2 (Supondo que cumprem-se o resto de condições do ponto 3 do Artigo 8º) ¿Deve considerar-se a biblioteca como UT VIII?. Eu acho que sim. :direita:8) Um edifício comercial com as seguintes zonas, em área útil: A) Zona comercial B ) Zona de biblioteca de 200m2 C) Zona de exposição de 200m2 (Supondo que cumprem-se o resto de condições do ponto 3 do Artigo 8º) ¿Deve considerar-se as zonas B e C como UT VIII?. Eu acho que não. ¿Alguém discrepa?
  4. Acho que então eu refiro-me a plano. E planta significa mais ou menos o mesmo que em espanhol. Mas resulta-me estranho que a uma coisa como esta a chameis "planta de emergência": http://www.avjoaolucio.com/site/ficheiros/Seguranca/blocoC.pdf, já que nós nesse caso o chamamos "plano". Curioso :(
  5. Sou espanhol e quisesse fazer a seguinte pergunta: ¿Como se chama isto em português "plano" ou "planta"? Refiro-me a como chamais ao documento que contém a informação gráfica da estrutura e o contendio de um edifício. Muito obrigado
  6. Segundo o RT-SCIE, se um centro comercial tem um efectivo maior de 5.000 pessoas (entendendo-se como o efectivo do centro comercial ao completo), ¿as lojas são de categoria de risco 4ª, ainda que seu efectivo seja por exemplo menor de 100 pessoas? Supondo que toda a UT não ocupa andares abaixo do plano de referência e sua altura não é maior de 9 m, por exemplo.
  7. Muito obrigado Vitor O artigo 167º diz 1.5 l/s e 250 kPa, deveste ler mau. Sim, Ø25 equivale a 1". A BI de Ø45 equivale a 1 1/2". Uma cosa: Eu creia que as BI de Ø45 se chamavam tipo teatro e as BI de Ø25 tipo carretel ¿Que é uma BI tipo teatro? Sim, já tenho visto que às vezes se deixa para a ANPC. Eu acho que em terminos de grupo de bombagem as características são parecidas às de Espanha (que também provem das NFPA).
  8. Obrigado, eu mesmo encontrei uma listagem: http://www.ipq.pt/customPage.aspx?modiID=0&pagID=8&tipo=0
  9. ¿São as normas NP de segurança contra incêndios em edifícios (tais como NP 4413:2003, NP EN 14384:2007, etc.) de obrigado cumprimento? ¿Há algum Decreto-Lei, ou documento legal, que as faça de obrigado cumprimento? ¿Alguém pode me dar uma listagem das actualmente vigentes para SCIE? Eu encontrei esta listagem mas não se se estão em vigencia ou não: http://www.forma-te.com/mediateca/download-document/4003-normas-de-seguranca-contra-incendio.html Uma coisa mais ¿que é a CT 46? Dizer uma vez mais que sou espanhol, e é por isso que desconheço muito a legislação portuguesa. Muito obrigado
  10. Olá, ¿em que norma portuguesa se explica como devem ser o conjunto de bombas para combate a incêndios? Refiro-me a nº de bombas, ¿eléctrica ou diesel?, jockey, etc. Obrigado.
  11. Obrigado Pedro e Vitor. Se sou espanhol e escrevo em português através de um tradutor informático porque não sei , ainda que o entendo bastante bem lido . Há uma coisa que me parece estranha e é que em Espanha se pede uma pressão de 200 kPa no orificio de saída da BIA, o que em manómetro são normalmente uns 500 kPa mínimo (para BIA carretel), devido à perdida de pressão na manguera (que depende da cada fabricante). 250 kPa no manómetro parece-me pouco. Aqui em Espanha as BIA's costumam estar a uma pressão no manometro dentre 500 e 800 kPa.
  12. O RT-SCIE diz: "A rede de alimentação das bocas-de-incêndio deve garantir, em cada boca-de-incêndio em funcionamento, com metade das bocas abertas, até um máximo exigível de quatro uma pressão dinâmica mínima de 250 kPa e um caudal instantâneo mínimo de 1,5 l/s." Não entendo quantas bocas devem se considerar em funcionamento para o cálculo da pressão. ¿Refere-se a 4 bocas com a metade da válvula aberta na cada uma? ¿A pressão mínima de 250 kPa refere-se a pressão no manómetro ou na saída da boca-de-incêndio? Eu suponho na saída, mas não o diz. Obrigado
  13. Obrigado Pedro, é o que supunha e o mais lógico.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.