Jump to content
Arquitectura.pt


fcristovao2

Membros
  • Content Count

    15
  • Joined

  • Last visited

  1. Boa tarde a todos Alguem tem a normaBIM para o Revit que possa partilhar? Estou a ter formação em Revit e para a adquirir é uma nota preta. O curso já por si é caro...... Estou completamente rendido ao Revit. Depois de conhecer o Revit passamos a andar de Ferrari quando antigamente com autoCAD andava de opel Corsa de 95. É de facto espantoso o que este programa faz, mas para ler Key notes, Omniclass, Uniformat em Inglês é uma trampa. Obg
  2. O cliente inicialmente queria apenas fechar a "marquise" pelo alinhamento dos pilares, ficando contida debaixo da varanda existente, e mais tarde agarrar nessa caixilharia e fazê-la avançar para o alinhamento que está no projecto. Incentivei o cliente para fazer já uma coisa definitiva e não ter que gastar o dinheiro duas vezes. Eles ficaram bastante entusiasmados e não quiseram avançar com "tectos" para a obra - quer ver o orçamento e logo decide. Em relação aos vãos directos para a rua: Não se pode ter sol na eira e chuva no nabal. Julgo que a questão da ventilação ficará assegurada: basta que eles abram os vãos novos e antigos. A questão da iluminação fica resolvida com os vãos+policarbonato na cobertura. O painel sanduiche é bom térmicamente e tb sugeri isso ao cliente. No entanto ele quer luz e com alguma razão porque esse novo espaço é orientado a Norte..... Avancei para a estrutura metálica pesada porque os vãos em harmónio ficam pendurados na viga. e estás a ver o aluminio: não tem resistência mecânica para isso. Se tivesse que colocar tudo em aluminio não poderia ir para este sistema de harmónio que de resto me parece ser o mais adequado para aquilo que o cliente quer: abrir completamente esse novo espaço para o jardim. Quanto à sua estanquidade, depende das marcas. Estive a ver o showroom da SAPA e pareceu-me eficaz. Obrigado pelas sugestões e pelo link Esses tipos têm boas soluções vamos ver o preço.
  3. É uma "Marquise", ou se quiseres um avançado. O cliente quer viver esse novo espaço como zona de refeições e eventualmente no futuro dividir o espaço e fazer lá um escritório. O fogo de tipologia T2 fica ao nível do piso térreo com um bruto jardim de cerca de 500m2, e o construtor antes de vender os fogos, deliberou em acta de condóminos, que os pisos térreos poderiam todos ter um alpendre fechado. Não me perguntes detalhes. E basicamente todos têm essa benesse. Na realidade ainda ganham ali uns 30m2. Vê a planta. Tou a ter este trabalho todo para os empreiteiros darem preço para isto e tou mesmo a ver que o cliente se vai assustar com o valor e vai o trabalho todo prá sucata. Ainda assim, como disse anteriormente - divirto-me.
  4. Sim. É mais em conta que o vidro, mas térmicamente o vidro tem melhor performance que o policarbonato. Aqui o meu calcanhar de aquiles é mesmo a térmica deste espaço. Irá ser sempre mau. quente no verão e frio no inverno. Isto muito por causa das pontes térmicas do ferro e ter a cobertura em policarbonato.
  5. É isso. Tive a ver o valor do policarbonato e achei um balúrdio: cerca de 30EUR m2 - Não fazia ideia.....
  6. Concordo. Apesar de ter uma ressalva em relação ás uniões entre peças. A caleira terá cerca de 9ml.
  7. Já agora Pedro, para ser mais preciso ainda: Perfis de aço laminado a quente. Quando falo em ferro, é evidente de que falo de aço. Concordo que os antigos tinham a mesma dificuldade que nós. No entanto ainda acho que os antigos tinham muito mais background no domínio do ferro do que nós porque o tinham mesmo que desenhar/detalhar. O aluminio apareceu na construção a partir dos anos 60. Deixo o desenho que fiz para quem quiser poder comentar. E sim Pedro, concordo a 100% que a pormenorização para funcionar dá trabalho. E normalmente os clientes não pagam esse trabalho de pesquisa da melhor solução. Mas eu divirto-me à mesma. Seja bem pago ou mal pago.
  8. Boa tarde a todos Tou a trabalhar com estrutura metálica. Para mim sempre que tenho que pormenorizar o ferro é um verdadeiro desafio. Sinto de facto que não tenho a escola do ferro que os mais antigos tiveram em que trabalhavam muito directamente com os serralhaeiros. Estou a ver se resolvo um detalhe que remata uma viga estrututal em I ou H, e que faz a transição para uma cobertura em policarbonato, e no plano vertical com um vão em aluminio. Alguem tem algum detalhe parecido? obrigado
  9. sr bruno costa : Se queres falar o melhor é estar calado.
  10. Boa tarde a todos. Estive a pesquisar neste fórum, e não há um tópico que fale/debata sobre este tema. A pergunta é esta: E SE EU AGORA ARRANCASSE COM UM PROJECTO A SOLO? Julgo que a todos nos passou pela cabeça pelo menos uma vez. Pessoalmente não só me passou pela cabeça, como também fui empurrado para este caminho penoso, uma vez que o mercado de trabalho em gabinetes tem sido para mim, uma espécie de botão on/off. De momento tenho apenas 1 cliente em Angola que me tem dado algum trabalho, e que me tem “alimentado” por assim dizer. Costumo sempre pensar: Sou mal pago, mas pelo menos faço o que gosto e não estou a vender hambúrgueres no MacDonald´s. O problema é que quando temos um filho para criar e se tem 35 anos, não nos podemos dar ao luxo de ter apenas 1 cliente, que nos dá trabalho de vez em quando….. Voltando ao tópico: ARRANCAR COM ESTE NEGÓCIO CHAMADO ARQUITECTURA Preciso de angariar novos clientes, e para isso…….
  11. Boas Aproveito o mote da discussão para perguntar se não haverá um "guia técnico" com desenhos, como há por exemplo para as acessibilidades.
  12. Quero apenas deixar aqui 1 comentário: Os arquitectos devem gozar dos mesmos direitos que os outros artistas homónimos: Pintores escultores,etc A antiga faculdade das belas artes leccionava cadeiras de arte desde o 1º ao 3º ano todos tinham a mesma formação. so depois se escolhia pintura, escultura ou arquitectura, Quero dizer com isto que a liberdade artistica é próprio do arquitecto e deve fazer uso dela.
  13. A questão não é parir paineis, mas sim fazê-los bem com o intuito de apresentar com dignidade um projecto e quem sabe ganhar 1 concurso. Parir toda a gente sabe. A questão aqui é outra.....
  14. boa noite este tema é excelente. pena é que mais pessoas não se interessem por ele e que falte discussão. Eu até acho que deveria de existir um curso com um nome do género" como montar paineis" Nós arquitectos não temos formação para o fazer. quem pode recorre a designers e mesmo esses andam aos papeis para fazer um ou 2 paineis. Há muita coisa que envolve "o como fazer" paineis Eu já vi muitos e ja elaborei alguns, e quando tenho que fazer 1 ou mais, não estou mesmo nada confortável. 1 é dificil, agora quando são mais ainda pior. Sei que não acrescentei nada a este debate, por exatamente ter falta know-how, savoir-faire ou conhecimento processual de como elaborar 1 painel
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.