Jump to content
Arquitectura.pt


DSANTIAGO

Membros
  • Content Count

    4
  • Joined

  • Last visited

  1. Caros membros, A solução apresentada por estes dois membros de "...recuar um pouco as caixas e utilizar uma tampa feita com o mesmo material das paredes..." ou "...fazer uma lisa com a dimensão exacta do buraco a tapar... em pvc 2mm com um sistema de encaixe para não ter de ver os parafusos... " parece-me uma boa ideia. No entanto não se pode seguir a outra sugestão feita também por um dos membros de "...em vez de pores as caixas junto ao tecto, as ponhas junto ao chão..." porque tal como o membro "pintor" referiu "...existe o regulamento de instalações elécricas e telefónicas a cumprir. Neste, define os locais inadequados..." e junto ao chão é um desses locais inadequados, basta pensarmos numa hipotética inundação seja um rebentamento de um cano ou de uma chuvada.
  2. Se inserir num motor de pesquisa "Tabela de perfis" irá encontrar algumas, uma das mais utilizadas em engenharia é que eu uso na minha faculdade, a do Grupo ARBED (ProfilARBED).
  3. Caro membro "ARTE" Como electricista devo dizer-lhe a solução apresentada pelo membro "filimper" não é uma solução muito adequada e não cumpre os requesitos da regulamentação em vigor. Sujeita-se que esse tipo de instalação não seja aprovada pela entidade competente, CERTIEL, e depois de obra feita terá de andar a abrir roços para embutir as respectivas caixas. Este tipo de caixas costumam ser embutidas, regra geral, cerca de 20cm por cima das portas e centradas. Mas poderá optar por outro local, desde que acessíveis, por exemplo nos quartos pode escondê-las dentro de um roupeiro, na cozinha dentro de um armário, mas sempre de modo que seja possivel abri-las e nelas trabalhar. Não é obrigatório nem aconselhavel, existir uma caixa por cada interruptor como vi aqui mencionado, bastará existir uma caixa por divisão ou se possivel juntar duas ou três conforme a sua dimensão, no entanto saiba que todos os pontos de luz e interruptores devem passar por esta caixa pelo que quanto menos caixas tiver mais confuso será quando surgir uma avaria a menos que possua um projecto de electricidade real e sublinho real que deve ser verificado no final da instalação. Quando se refere á não existência de caixas de derivação em fotos de revistas, isto tem uma explicação lógica e muito simples, existe um outro tipo de instalação que é muito frequente em habitações de algum luxo que dispensam as caixas de derivação, uma vez que todos os pontos de luz e interruptores ligam directamente ao quadro electrico. Apesar de obrigar a um quadro maior e ser desde 1,5x mais cara do que a convencional, tem muitas vantagens, de referir, toda a instalação encontra-se a 24v, exceptuando as tomadas que continuam a 230v. O quadro é comandado por um aparelho programado por software especifico e se ligado a uma linha telefónica é possível controlar as luzes, estores (se electricos), alarme, cameras de vigilância, maq. lavar, fogão.. enfim tudo o que quisermos através de um PC do outro lado do mundo... Como em tudo existem muitas coisas mal executadas por aí, mas isso não significa que se possam fazer, a CERTIEL não lhe aprovará as ligações por detrás dos interruptores até porque quando é efectuada a fiscalização as caixas de derivação tem de estar acessíveis para que os técnicos as possam inspeccionar. Espero que lhe tenha sido útil. Um conselho, para arranjar umas ideias visite algumas casas e/ou apartamentos através de agências imobiliárias ou colegas de trabalho para poder observar estes e outros pormenores e peça sempre o conselho a técnicos da área.
  4. Caro Merlin Sugiro que opte por um tubo de água flexível se necessário amarrado por baixo dos seixos. Ficaria bem se conseguisse obter o efeito da água a surgir por baixo dos seixos, a imitar uma nascente. Se isto não for possível pode sempre pintar o tubo, como já foi sugerido por outro membro daqui ou então ter um pouco mais de trabalho e revesti-lo com algo que se enquadre no ambiente. Sem uma imagem é dificil dizer mais.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.