Jump to content
Arquitectura.pt


3CPO

[Info] Universidade Lusíada Lisboa - Erasmus

Recommended Posts

Os alunos que concorrerem a qualquer universidade mas não forem contemplados com bolsa, poderão sempre cumprir o seu projecto Erasmus, desde que haja vaga e suportem todas as despesas, mantendo-se desta forma ao abrigo do estatuto Erasmus. Este estatuto é denominado Aluno Bolsa Zero.

[Curso/Universidade] - [Código] - [universidade] - [Vagas / Meses]

Alemanha
[D - COTTBUS01 - 02.1 - BTU - Cottbus - 3 x 9 meses]
[D STTUTTG04 - 02.5 - SABK Stuttgart - 2 x 9 meses]
[D WEIMAR01 - 02.0 - HAB Weimar - 3 x 10 meses]
[D HAMBURGO4 - 02.0 - Hochschule für bildende Künste Hamburg - 1 x 9 meses]
[D KARLSRUH 01 - 02.0 - Universität Karlsruhe - 2 x 9 meses]

Bélgica
[b BRUSSEL - 02.0 - Institut Supérieur d'Architecture de la Communauté Française - La Cambre - Brussel - 2 x 9 meses]
[b ANTWERP - 02.0 - Higher Institute Of Architectural Sciences - Henry Van de Velde - 2 x 9 meses]

Eslováquia
[sK BRATISL 01 - 02.1 - Slovak University of Technology Bratislava - 2 x 9 meses]

Espanha
[E BILBAO01 - 02.1 - Univ. del País Vasco ( San Sebastián) - 6 x 10 meses]
[E VALENCI02 - 02.0 - UP Valencia - 3 + 2 x 6 meses]
[E VALLADO01 - 02.0 - Universidad de Valladolid - 6 x 10 meses]

França
[F TOULOUSE24 - 02.2 - Ecole D'Architecture de Toulouse - 1 x 9 meses]

Grécia
[G THESSAL01 - 02.1 - Aristotle University of Thessaloniki - 2 x 6 meses]

Itália
[i FIRENZE01 - 02.9 - Università degli Studi di Firenze - 3 x 8 meses]
[i MILANO02 - 02.1 - Politecnico di Milano -Campus Leonardo - 5 x 9 meses]
[i MILANO03 - 02.1 - Politecnico di Milano -Campus Bovisa - 5 x 9 meses]
[i REGGIO01 - 02.1 - Università di Reggio Calabria - 3 x 10 meses]
[i ROMA 01 - 02.1 - Univ. Studi di Roma La Sapienza - “Valle Giulia” -4 x 10 meses]
[i ROMA02-02.1-Univ. Studi di Roma La Sapienza-Prima Facoltà di Architettura "Ludovico Quaroni"-4 x 10]
[i VENEZIA02 - 02.1 - Inst. Univ. di Architettura di Venezia - 4 x 9 meses]
[i TRENTO01 - 02.0 - Università degli Studi di Trento - 2 x 10 meses]

Liechtenstein
[FL VADUZ01 - 02.0 - Fachhochschule Liechtenstein - 1 x 10 meses]

Polónia
[PL WARSAW02 - 02.0 - Warsaw School of Technology - 2 x 9 meses]
[PL WROCLAW02 - 02.0 - Politechnika Wroclawska - 1 x 9 meses]

Républica Checa
[CZ BRNO01 - 02.0 - Brno University of Technology - 2 x 10 meses]

Suíça
[CH LUGANO01 - 02.0 - Università della Svizzera Italiana - Mendrisio (*) - 2 x 9 meses]

(*) - Esta Universidade encontra-se abrangida pelo sistema “Silent Partner” . As notas são reconhecidas pelas Agencias Nacionais mas a bolsa é fornecida pelo governo Suíço.

Fonte: Universidade Lusíada - Erasmus

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais informação:


Como se processa a canditatura?

A candidatura realiza-se mediante o preenchimento de um formulário ( [PDF] / [Word] ) disponível no Gabinete Sócrates-Erasmus, e a entrega de:

* Fotocópia de Bilhete de Identidade,
* Fotocópia do Número de Identificação Fiscal (NIF),
* 3 fotografias a cores, Curriculum Vitae (modelo europeu ), [PDF] / [Word]
* Carta de Intenções.

Os resultados das candidaturas serão divulgados, se possível, até 31 de Julho.



O que é o Programa Sócrates-Erasmus?

O Programa Sócrates-Erasmus destina-se a apoiar as actividades europeias das instituições de ensino superior, promovendo a mobilidade e o intercâmbio de estudantes e professores. No que respeita à mobilidade de estudantes, visa oferecer a possibilidade de efectuar um período de estudos, com pleno reconhecimento académico, com a duração mínima de 3 meses e máxima de 1 ano lectivo, num estabelecimento de ensino de outro Estado elegível.



O que são as bolsas Erasmus?

As bolsas Erasmus são bolsas de mobilidade, não são bolsas de estudos, ou seja, destinam-se, apenas, a cobrir as despesas suplementares resultantes da realização de um período de estudos noutro Estado elegível, designadamente: despesas de viagem e as decorrentes da diferença do custo de vida no país anfitrião. Assim, não têm por fim cobrir a totalidade das despesas normais de subsistência do estudante.



Quem pode candidatar-se e quais são as condições de elegibilidade?

Podem candidatar-se à bolsa Erasmus os alunos da Universidade Lusíada que frequentem os dois últimos anos dos seguintes cursos: Arquitectura, Ciência Política, Design Industrial, Direito, Economia, Engenharia Electrónica e Informática, Engenharia e Gestão Industrial, Engenharia Têxtil e do Vestuário, Gestão de Empresa, Gestão de Recursos Humanos, História, Psicologia e Relações Internacionais.

São elegíveis os candidatos que, no dia 31 de Julho, preencham os seguintes requisitos:

* Tenham terminado o ano lectivo com aproveitamento a todas as disciplinas;
* Não tenham disciplinas em atraso de anos anteriores.

Será dada preferência aos candidatos que forem frequentar o último ano do curso.

NOTA: Os alunos que concorrerem a qualquer universidade mas não forem contemplados com Bolsa poderão sempre cumprir o seu projecto Erasmus, desde que haja vaga e suportem todas as despesas, mantendo-se desta forma ao abrigo do estatuto Erasmus. Este estatuto é denominado “Aluno Bolsa Zero”



Uma vez estudante Erasmus...

Uma vez designado como estudante ERASMUS, o aluno deverá dirigir-se ao GABINETE SOCRATES/ERASMUS para proceder à abertura de dossier, definição e aprovação do programa de estudos e receber indicações quanto ao cartão internacional de estudante e aos documentos que necessita de recolher (Declaração para o Cartão Europeu de Seguro de doença /Cartão de assistência médico-hospitalar no estrangeiro e a Procuração para efeitos de representação legal do aluno durante a sua ausência). Quanto à marcação da viagem, esta deverá ser agendada em termos que permitam ao aluno chegar à Universidade anfitriã, pelo menos, 15 dias antes do início das aulas e/ou do Curso de Língua.



Documentos

O que é necessário antes de partir?

Antes de partir, o aluno Erasmus, deverá dirigir-se ao Gabinete Sócrates-Erasmus e solicitar que lhe sejam entregues os seguintes documentos:

* Credencial ERASMUS comprovativa do estatuto ERASMUS;
* Learning Agreement comprovativo do programa de estudos;
* Documento comprovativo da sua inscrição na Universidade Lusíada no ano lectivo em que frequenta o programa Erasmus
* Certificado de Habilitações



Benefícios


De que benefícios goza o estudante Erasmus?

O estudante ERASMUS é acolhido na Universidade anfitriã pelo coordenador ERASMUS que o acompanhará no decorrer dos seus estudos. Durante a realização dos mesmos, o aluno ERASMUS goza do regime de isenção de propinas na Universidade parceira.

Algumas Universidades de acolhimento têm cursos de aperfeiçoamento da língua, residências universitárias e programas de animação cultural, destinados aos estudantes ERASMUS.

O Aluno ERASMUS poderá realizar os exames finais, em regime B, nas disciplinas em que não obteve equivalência, após a conclusão do seu período de mobilidade na universidade de acolhimento. Tem, ainda, a possibilidade de usufruir da época de Setembro, como primeira época, e Outubro, como segunda época, devendo para o efeito inscrever -se na Secretaria respectiva.
Equivalências



Como são atribuídas as equivalências?

O programa de estudos a realizar na Universidade parceira é definido pelo coordenador Erasmus e pelo aluno. Este programa é estudado a partir da análise detalhada do conteúdo programático e carga horária das disciplinas leccionadas no estrangeiro, de modo que fique garantida uma equivalência à disciplina leccionada na Universidade Lusíada.

Depois de definido, o programa de estudos constará de um Learning Agreement (Contrato de Estudos) e é submetido à aprovação do coordenador da Universidade parceira. Depois de aprovado, vincula o aluno. No entanto, as equivalências só serão consideradas após a obtenção de uma nota de aprovação atribuída pela Universidade parceira.

A classificação final será definida com base na informação ECTS, (European Credit Transfer System), disponibilizada pela Universidade anfitriã. Esta informação é qualitativa e fundamental para a conversão na escala classificatória em uso na Universidade Lusíada.

A escala ECTS, internacionalmente aprovada, obriga a que, no acto da conversão de classificação, seja tido em consideração o rendimento da turma expresso em percentagens, segundo o seguinte quadro:
[NOTAS] [ECTS] [DEFINIÇÃO] [PERCENTAGEM DE ESTUDANTES]

A EXCELENTE - resultado eminente apenas com erros de somenos importância. 10%
B MUITO BOM - nível acima da média, embora com alguns erros. 25%
C BOM - trabalho correcto em geral, embora com alguns erros relevantes. 30%
D SATISFAZ - razoável, mas com lacunas significativas. 25%
E SUFICIENTE - resultado correspondente aos critérios mínimos exigidos. 10%
FX, F INSUFICIENTE - precisa de trabalhar mais para o crédito ser concedido.


Fonte: Universidade Lusíada Lisboa - Erasmus - Apoio

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest

Eu andei-me no ano passado a informar, e não sei se está aqui escrito no que postaste, porque não li tudo, mas a informação que na altura me deram é que eles davam privilégio aos alunos de 4º e 5º (último) ano. Isto na altura em que o tratado de bolonha não estava em vigor. O que eu ando a tentar descobrir lá pela secretaria, porque ainda ninguém me soube responder, é como funciona agora com o tratado de bolonha. Será que continua a ser o 4º e 5º ano (anos de mestrado) que possibilititam o ingresso no Erasmus, ou será que já no 3º (ano final da licenciatura) se pode fazer Erasmus. Fica a dúvida.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será dada preferência aos candidatos que forem frequentar o último ano do curso.


Agora com o Tratado de Bolonha, o programa Erasmus ainda fará mais sentido...já não ha problema de equivalencias. Podes fazer Erasmus em qualquer altura...mas o final do curso continua a ser no 5º ano...

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.