Jump to content
Arquitectura.pt


gps

Supermercados

Recommended Posts

Estou a desenvolver uns projectos de uns supermercados, e gostaria de recolher algumas informações de quem já tenha feito alguma coisa do género, nomeadamente: - rácio: nº de lugares de estacionamento / m2 de supermercado (por ex. 1 lugar por 50m2) - proporção entre área de venda e area de armazem - rácio: nº de caixas (postos de pagamento) / m2 de supermercado (por ex. 1 caixa por 100 m2) - lay out indicado para distribuição das prateleiras e dos produtos (deve haver estudos para isto, sobre a disposição dos produtos) - areas indicadas para câmaras frigorificas, peixaria, entre outros. Obrigado

Share this post


Link to post
Share on other sites

gps isso deveria ser o cliente a fornecer os dados, pois tudo o que questionas são questões do programa sem as quais não há projecto... Não sei se há algum decreto-lei que regule alguns dos aspectos que mencionaste...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Relativamente à disposição dos produtos, tenho dúvidas que haja "leis", creio que serão o resultado de experiências sensoriais e basicamente de como levar o cosumidor a ver tudo antes de chegar ao que precisa. Bens de consumo básicos afastados das entradas e artigos apelativos visualmente, não básicos, à entrada. Basta ver que a água normalmente fica sempre lá no fundo, por exemplo. Se pensares bem, em grande parte destes espaços comerciais, para não dizer em todos, a entrada principal é pela direita, creio que já foi demonstrado que tendencialmente, quando se entra num espaço, olha-se para a direita, mas vira-se para a esquerda. A colocação das carnes/peixes/padaria, terá maior relação com a necessária ligação mais directa aos espaços de abastecimento e acessos de serviço. Para acabar, por alguma razão grande parte dos super/hiper são desenhados da mesma forma, não porque não existam formas melhores, mas talvez porque não se conheçam e esta seja a que vai tendo melhores resultados.

Share this post


Link to post
Share on other sites

ASIMPLEMIND O cliente não tem know-how sobre a matéria pelo que me pediu apoio. Assim,o que pretendo são algumas informações, ou através de discussão de ideias aqui no forum obter alguns dados relevantes. De qualquer das formas obrigado na mesma.

Share this post


Link to post
Share on other sites

gps pois nesse caso... fazes bem em pedir informações, mas penso que terás de fazer bastante "trabalho de campo" indo a diversos supermercados e analisando esses aspectos..Pelo menos não conheço publicações que refiram este tema..

Share this post


Link to post
Share on other sites

qual a área da zona de venda? > ou < que 1500m2 O supermercado é para ser licenciado ao abrigo da Lei 12/ 2004? Tem fabrico proprio de pastelaria/ padaria? Tem talho? Tem Peixaria? ... Não existem estudos tecnicos para os supermercado (pelo menos que eu conheça), é tudo fruto do KnowHow dos Logistas... Posso te ajudar mas tens de ser mais concreto. Outro conselho é tirar as dúvidas com fornecedores de equipamento ( DISOTEL e afins...) eles ajudarão a compor o layout das zonas técnicas. Atenção ao SCIE, Acessibilidades e salvaguarda a questão do RSECE/ RCCTE

Share this post


Link to post
Share on other sites

O supermercado terá aproximadamente 5000m2, terá peixaria, padaria e talho. O que pretendo não é o que a lesgilação indica, mas sim regras/soluções praticadas correntemente. Obrigado

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tendo uma área de venda superior a 900 m2 deverá ter parecer favorável do Ministério da Economia e ter prévia autorização de comissão formada pela câmara municipal, associação de comerciantes locais,etc., para se verificar a viabilidade de instalação do dito supermercado. Aconselho a informar-se junto do Ministério da Economia, dos requisitos da instrução dos processos de licenciamento e normas técnicas a aplicar. Cumps, Renato

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nao ha nada melhor do que fazer um levantamento dos super mercados. Ver marcas etc. E dai entrar em contacto com empresas que vendam material para supermercados.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em relação a supermercados e já trabalhei 9 anos numa empresa que "fazia" supermercados, essa informação era sempre definida pelo Dep. Vendas (largura dos corredores, distribuição dos produtos e arcas/móveis de frio), logo para estares a perguntar como se faz... tens de ir "pró campo", que essa informação é sempre muito confidencial e, ao fim ao cabo, é o segredo do negócio! O n.º de caixas, corredores, anexos de apoio (vestiários, escritório, i.s. públicas, etc.) e o armazém, fazem parte da filosofia da "insignía" ou empresa. Varia de um Modelo, para um Feira Nova, ou Jumbo, ou LIDL, etc. Atenção aos corredores e saídas de emergência, nada de caminhos longos e para uma superfície com 5000m2 vais ter uma grande lotação de pessoas e logo bastantes UP's para garantir que o SNB não te chumba isso! Os delegados de saúde são muito exigentes e pedem toda a informação possível (equipamento de limpeza, pias de despejo, retentores de gorduras, etc.), logo vais ter muito trabalho pela frente, especialmente com talho e peixaria! Não é bem mobilar um apartamento, isso garanto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E depois tens as coisas mais específicas, como iluminação (n.º lux pretendida e estudos de iluminação), porta-preços (tipo, alturas, colocação), publicidade (interior e exterior - placards e totem), protecções contra impactos, parque de estacionamento (larguras das vias - para ligeiros e pesados), cais de carga/descarga, manobra do camião, etc. Espero que estejas a cobrar bem por esse trabalho... não é fácil e muito menos simples! Espero ter ajudado. Bom trabalho.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.