Jump to content
Arquitectura.pt


arte

Caixas de derivação

Recommended Posts

Estou a seguir uma obra pela primeira vez. E surgiu-me uma dúvida na parte eléctrica. Agradecia que alguém me pudesse ajudar a esclarecer. Então é assim, o electrecista que está a trabalhar comigo colocou as caixas de derivação nas paredes superiormente, cada vez que tenho um interruptor de luz, lá tenho uma caixa plástica à vista. Não gosto nada de ver aquilo e quando consulto revistas de arquitectura nunca as vejo. Mas ele diz-me que não existe outra solução. Será mesmo verdade? digam-me de vossa experiência como fazem e se há outra solução. Obrigada pela ajuda. :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nada. É uma coisa que não me "chateia". Mas repara que eu não sou arquitecto ( sou daqueles que tiraram um curso para ignorantes, em que só ensinam matemática, no dizer do nosso sempre picaresco e patusco ARK, impagável personagem sempre pronto a animar a verve deste forum - aliás, há neste momento um tread em que a coisa está a aquecer mas isso pode esperar para mais tarde pois são outras guerras) e se calhar não valorizo esse pormenor como tu. A única preocupação que eu tenho com isso é ver se a tampa de plástico tapa integralmente o buraco do pedreiro, porque aí sim, há a tendência de deixar ao "como calha". De resto, uma vez pintado, não reparamos nisso. Eventualmente também tu não o repararás, pois é a primeira vez que questionas o assunto. Se fores agora ver algumas das casas que habitualmente frquentas, repararás na existência desses elementos na parede sem que anteriormente tenhas dado pela sua existência.

Share this post


Link to post
Share on other sites

o que e conveniente e deixar as caixas de derivacao alinhadas com o interruptor, evitar que fiquem a meio de uma parede e tal, ou se teiverem um tecto falaso acessivel, voila, ponham tudo acima do tecto falso :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então quando olhamos para as revistas e procuramos as ditas caixas e elas não aparecem de certo que as mesmas têm tectos falsos e encontram-se aí escondidas, certo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não. Essas caixas destinam-se a a ser acessíveis para o caso de ser necessário retirar um cabo electrico (ou porque está em curto-circuito, ou porque é necessário aumentar a asua secção ou seja lá pelo que for). Deste modo estas caixas de derivação poderão estar escondidas mas nunca inacessíveis, sendo esta última a situação a que conduziria a colocação dum eventual tecto falso. Eu creio que uma vez pintada a casa as tais caixas de derivação não terão o impacto que julgas ter.

Share this post


Link to post
Share on other sites

presumo que existam outras solucoes, pisos tecnicos, calhas tecnicas embutidas na parece ou ao nivel do roda pe, mas se houver aguas, a electricidade ja nao pode ir a esse nivel. por isso depende dos projectos, e da pessoa que os faz, o arquitecto tem o dever de conjungar as especialidades e de se certificar que as mesmas nao colidem com a desejada estetica.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não. Essas caixas destinam-se a a ser acessíveis para o caso de ser necessário retirar um cabo electrico (ou porque está em curto-circuito, ou porque é necessário aumentar a asua secção ou seja lá pelo que for).

Deste modo estas caixas de derivação poderão estar escondidas mas nunca inacessíveis, sendo esta última a situação a que conduziria a colocação dum eventual tecto falso.

Eu creio que uma vez pintada a casa as tais caixas de derivação não terão o impacto que julgas ter.


Concordo com o Vitor, depois de pintada nem dás por ela...

Share this post


Link to post
Share on other sites

presumo que existam outras solucoes, pisos tecnicos, calhas tecnicas embutidas na parece ou ao nivel do roda pe, mas se houver aguas, a electricidade ja nao pode ir a esse nivel.

por isso depende dos projectos, e da pessoa que os faz, o arquitecto tem o dever de conjungar as especialidades e de se certificar que as mesmas nao colidem com a desejada estetica.




Na área da electricidade não tens grande margem de manobra porque existem bastantes elementos padronizados e em algumas obras os técnicos instaladores podem ser chamados à responsabilidade se forem apuradas desconformidades com o projecto ou com a normas em vigor. Não creio que tu, enquanto arquitecto, possas ter a liberdade de suprimir as caixas de derivação e fazê-las passar por calhas técnicas, roda-pés ou outra coisa qualquer. Não é fácil, atrevendo-me mesmo a dizer que é quase de certeza proibido

Quanto ao facto do arquitecto ter o tal dever de conjugar as especialidades e de se certificar que as mesmas não colidem com a desejada estética, apenas te posso lembrar que é mais fácil intervires na arquitectura do que convencer a gravidade ao não atraír os corpos para o centro da Terra ou obrigar os electrões a estancarem o seu movimento sempre que se verifiquem contactos indirectos ou curto-circuitos.

Este teu pensamento, que se traduz na prevalência da arquitectura - leia-se "componente plástica" da dita, coisa que é algo de muito restritivo em relação à Arquitectura em si mesma- só levará a que os arquitectos coordenem, apenas, coisa nenhuma, ainda que a lei lhes venha a conferir essa faculdade: Eles serão ultrapassados pela dinâmica das coisas: O consumidor de arquitectura não compra arquitectura; o consumidor de arquitectura compra edifícios, que são "coisas" que devem integrar várias vertentes: arquitectura aprazível (seja lá o que isso for), segurança assegurada, funcionalidade garantida e salubridade estampada. Só coordenará quem tiver a capacidade de ponderar racionalmente as situações de custo-benefício e souber arranjar compromissos entre as várias áreas que necessariamente tenderão pontualmente a conflituar, de modo a assegurar satisfatoriamente os múltiplos desempenhos que se espera dum edifício ( mas, como para mim é óbvio, sem concessões de espécie alguma face a aspectos fundamentais como sejam os referentes à segurança).

Share this post


Link to post
Share on other sites

ninguem disse que posso suprimir as caixas de derivacao, jamais diria isso, o que eu quero dizer, e que essas questoes devem de ser pensadas antes de ir para a obra, e que existem solucoes para estes problemas como para tudo. falei de uma forma mais basica no tecto falso, porque foi o que fiz nao a muito tempo. nao estou a tentar ser electricista, se ele me disse que precisa de uma caixa de dijuncao, ok ponha la a caixa de dinjuncao, mas eu escolho para onde e que ela vai, nem que seja so para nao ficar a meio da parede, afinal nao e ele que vai abrir a porcaria dos rossos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

o electricista pode utizar caixas fundas para colocar a aparelhagem (tomadas e interruptores) fazendo a derivação dos vários elementos na parte traseira da caixa e assim suprimir as caixas de derivação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Filimper obrigada pela ajuda. Finalmente alguém desvendou o segredo. Eu sabia que haveria uma solução para as mesmas. E mais uma vez se provou que a construção/especialidades podem sempre que possivel ir ao encontro das opções estéticas. Tenho pena que não vá a tempo de aplicar esta solução, uma vez que já tenho colocado tudo nas paredes portanto já não deve dar para adaptar. Mais uma vez obrigada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caro membro "ARTE"

Como electricista devo dizer-lhe a solução apresentada pelo membro "filimper" não é uma solução muito adequada e não cumpre os requesitos da regulamentação em vigor. Sujeita-se que esse tipo de instalação não seja aprovada pela entidade competente, CERTIEL, e depois de obra feita terá de andar a abrir roços para embutir as respectivas caixas.

Este tipo de caixas costumam ser embutidas, regra geral, cerca de 20cm por cima das portas e centradas.

Mas poderá optar por outro local, desde que acessíveis, por exemplo nos quartos pode escondê-las dentro de um roupeiro, na cozinha dentro de um armário, mas sempre de modo que seja possivel abri-las e nelas trabalhar. Não é obrigatório nem aconselhavel, existir uma caixa por cada interruptor como vi aqui mencionado, bastará existir uma caixa por divisão ou se possivel juntar duas ou três conforme a sua dimensão, no entanto saiba que todos os pontos de luz e interruptores devem passar por esta caixa pelo que quanto menos caixas tiver mais confuso será quando surgir uma avaria a menos que possua um projecto de electricidade real e sublinho real que deve ser verificado no final da instalação.

Quando se refere á não existência de caixas de derivação em fotos de revistas, isto tem uma explicação lógica e muito simples, existe um outro tipo de instalação que é muito frequente em habitações de algum luxo que dispensam as caixas de derivação, uma vez que todos os pontos de luz e interruptores ligam directamente ao quadro electrico.

Apesar de obrigar a um quadro maior e ser desde 1,5x mais cara do que a convencional, tem muitas vantagens, de referir, toda a instalação encontra-se a 24v, exceptuando as tomadas que continuam a 230v. O quadro é comandado por um aparelho programado por software especifico e se ligado a uma linha telefónica é possível controlar as luzes, estores (se electricos), alarme, cameras de vigilância, maq. lavar, fogão.. enfim tudo o que quisermos através de um PC do outro lado do mundo...

Como em tudo existem muitas coisas mal executadas por aí, mas isso não significa que se possam fazer, a CERTIEL não lhe aprovará as ligações por detrás dos interruptores até porque quando é efectuada a fiscalização as caixas de derivação tem de estar acessíveis para que os técnicos as possam inspeccionar.

Espero que lhe tenha sido útil.

Um conselho, para arranjar umas ideias visite algumas casas e/ou apartamentos através de agências imobiliárias ou colegas de trabalho para poder observar estes e outros pormenores e peça sempre o conselho a técnicos da área.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu gostava de deixar aqui a minha opinião. Não tenho conhecimento de que tipo de paredes se trata, no caso de serem paredes feitas em placo, paredes falsas, podes recuar um pouco as caixas e utilizar uma tampa feita com o mesmo material das paredes, assim perde o efeito de 3D, isto é, vês a parede toda lisa sem a saliência da caixa que com uma pintura dificilmente se notará, estará assim escondida mas acessível. Outra solução que proponho, sendo esta para paredes de tijolo, é que em vez de pores as caixas junto ao tecto, as ponhas junto ao chão, é claro que isso exige um maior gasto de material eléctrico, mas pode ter um resultado interessante. Espero ter sido útil.

Share this post


Link to post
Share on other sites

boas, o que te aconselho a fazer já o fiz e já vi fazer é arranjar forma de deixar a caixa ligeiramente recuada da face da parede, e vez de por as tampas que são fornecidas standard pelas lojas de equipamento eléctrico que tem uma forma meio piramidal, fazes uma lisa com a dimensão exacta do buraco a tapar, pessoalmente fiz uma em pvc 2mm com um sistema de encaixe para não ter de ver os parafusos e está impecável. Se tiveres confiança no pedreiro e electricista e falares com eles isso fica perfeito e no fim de pintado não se vé... quando a solução não existe temos de a pensar, lol

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caros membros,

A solução apresentada por estes dois membros de "...recuar um pouco as caixas e utilizar uma tampa feita com o mesmo material das paredes..." ou "...fazer uma lisa com a dimensão exacta do buraco a tapar... em pvc 2mm com um sistema de encaixe para não ter de ver os parafusos... " parece-me uma boa ideia.

No entanto não se pode seguir a outra sugestão feita também por um dos membros de "...em vez de pores as caixas junto ao tecto, as ponhas junto ao chão..." porque tal como o membro "pintor" referiu "...existe o regulamento de instalações elécricas e telefónicas a cumprir. Neste, define os locais inadequados..." e junto ao chão é um desses locais inadequados, basta pensarmos numa hipotética inundação seja um rebentamento de um cano ou de uma chuvada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.