Jump to content
Arquitectura.pt


Fernando Gabriel

A associação recreativa dos arquitectos quer processar membros

Recommended Posts

A propósito das referidas CARTAS AMEAÇADORAS que a Ordem tem enviado para os seus associados com COTAS EM ATRASO. Alguém está a par se é de levar a sérios? se já foram julgados colegas? se a ordem tem ganho os processos? Uma vez que desde o inicio do ano que não exerço arquitectura fiz hoje o pedido da minha suspensão como membro. Fui informado que este não seria aceite por não ter as cotas em dia… Alguém tem algum comentário a fazer sobre isto? Estive a consultar os estatutos e o regulamento de cotas em vigor e não está nada claro que tenha de ter as cotas em dia para pedir a suspensão…

Share this post


Link to post
Share on other sites
Todos temos o dever de pagar as cotas, se queremos pertencer uma "associação" que tem voz???
Eu pago as cotas para poder exercer a profissão, porque por mim não pagava nada, pelo pouco que fazem os "meninos" e "meninas" das ordens, passeiam e angariam "trabalho" para os seus escritórios, sendo esta a única razão para pertencerem a um cargo directivo.

Os preços dos cursos de formação é escandaloso, já frequentei alguns e quem dá formação percebe menos do que aqueles que vão ser "formados", originado situações caricatas e embaraçosas para os formadores!!!

E quando se discute o TGV, as Pontes ,os Aeroportos não existe ninguém na ordem que nos represente nos debates tipo Prós e Contras, à altura por exemplo do Bastonário da Ordem dos Engenheiros ou Varredores de Rua, apesar do respeito que tenho por estes últimos, nem assim lá vamos!:D

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Malta tem que pagar, sempre... sempre, a Malta paga, pode assinar, a malta não paga, não pode assinar... e muito menos ter Seguro de Responsabilidade Civil pelo ordem, apoio jurídico e não sei que mais.

Detesto caloteiros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Independentemente das √. Palavras deixo aqui o meu testemunho. Recebi uma dessas cartas ameaçadoras tipo finanças/sócrates…vai que eu estive a fazer um doutoramento aqui há uns 4 anos, e como não projectava não paguei e mais tarde expondo o problema das suspensões, foi-mo negado. Deixei de pagar pois, como muitos outros colegas, pouco temos para viver…dizem que o presidente da ordem tem um ordenado de 1.500 contos (5.100 euros), facto que, a ser verdade, é extremamente grave e lesa os associados… Uma classe que se esmifrou por pretender a toda a força afirmar-se de esquerda e anti-salazarista, mostra agora, que estamos em plena crise, que o seu lema foi alterado, na essência, passando a ser…é melhor não classificar, mas de corre-com-pobre, que nós-só-queremos é ricos… Mas para terminar com seriedade, eu diria que é uma vergonha como as más práticas do estado, são transportadas para organizações particulares ou corporativas – talvez a administração seja a mesma…? Espero que alguém da Ordem leia isto…e se lembre que quando se está em crise o dinheiro é muito pouco…e ser solidário é fundamental…

Share this post


Link to post
Share on other sites

já recebi várias cartas eu... é legitimo um membro sem projectos para elaborar pagar o mesmo que membros com 20 projectos mês? pesquisem em Espanha por exemplo, como funciona? a ordem fica com uma percentagem do valor dos honorarios de cada projecto feito por um membro, e essas são as cotas dos membros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu pago e nao assino projectos. Concordo com o Gupyna. Fiquei escandalisado por nao haver NENHUM representante da Ordem nos Pros e Contras sobre a Reabilitacao Urbana. Mas serah que os arquitectos nao teem uma palavra a dizer sobre este assunto. Eh inadmissivel isto acontecer. E jah agora. O que eh que acham da nova revista? Em relacao ao tema... espero que a Ordem nao comece tambem a querer penhorar os poucos bens que os arquitectos tenham em seu nome... era no minimo escandaloso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já agora a revista está optima! Mais compacta e mais sintética, tipo usar e deitar fora! (Deitar fora mas no ecoponto!):( Fora de birncadeiras, os membros devem reflectir se querem ou não pertencer à Ordem, porque em qualquer país civilizado existe uma, e pagam-se cotas! Eu também no inicio da minha actividade não assinava projectos, porque trabalhava para um "truta", e nunca me queixei, apesar de ter deixado de comprar as minhas BD's porque o carcanhol não esticava! Hoje em dia ninguem gosta de pagar nada, porque têm de sustentar os gadgets da apple!:D ironia ironia.......

Share this post


Link to post
Share on other sites

já recebi várias cartas eu... é legitimo um membro sem projectos para elaborar pagar o mesmo que membros com 20 projectos mês?
pesquisem em Espanha por exemplo, como funciona? a ordem fica com uma percentagem do valor dos honorarios de cada projecto feito por um membro, e essas são as cotas dos membros.


Claro, faz muito mais sentido a Ordem abarbatar-se de uma percentagem (que poderão ser uns milhares de euros) do que cada um pagar as quotas.
Um membro com 20 projectos por mês tem direito a mais serviços na Ordem que você? Não, então paga o mesmo.
Quanto à situação em Espanha, bem , para já, não existe uma Ordem em Espanha, existem vários colégios, um por cada região autónoma e, pelo menos em Madrid, a inscrição também é feita mediante o pagamento de quotas.
Basta ver aqui.

Homem, é simples, se assina projectos, paga, se não assina projectos nem tem perspectiva de o fazer nos próximos tempos, vai lá e pede a suspensão e deixa de pagar. Também deixa de ter acesso ao seguro e apoio jurídico, mas não se pode ter tudo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Onde estah o representante da Ordem dos Arquitectos? Estah a dar neste momento um debate com quatro bastonarios de quatro Ordens Profissionais e falta ali o dos Arquitectos. Na RTP1.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acho que o representante da Ordem dos Arquitectos representa bem a nossa classe! Por isso não é convidado! Andamos todos preocupados com a nossa "arquitectura", que achamos sempre a melhor do mundo! A Ordem só serve para "sacar" trabalho, visto ser uma meio privilegiado de angariar clientes “fáceis” e com dinheiro, privados e públicos!:):devil::margarida_beer:

Ai, as férias,......! Só fazem mal!;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nem mais! Também acho um roubo termos de pagar as cotas com valores absurdos e, superiores em mais do dobro às cotas pagas pelos engenheiros às suas associações! Dizem-nos que é para formações (pelas quais temos que pagar!), pelas revistas que vêem sempre com publicidade, para promoverem sempre os mesmos arquitectos nos workshops, nos WAYDN, e nessas *****s que tais! Apoiam concursos viciados e com vencedores prévios... Cobram-nos como se fossemos uma classe rica e abastada. E a melhor parte, é que quando precisamos de ajuda, quer a nível técnico, quer a nível jurídico, nada... NUNCA OS VI LUTAR POR ESTÁGIOS REMUNERADOS NUNCA OS VI LUTAR CONTRA OS FALSOS RECIBOS VERDES NUNCA OS VI LUTAR PARA QUE TENHAMOS DIGNIDADE NUNCA OS VI PROMOVER ARQUITECTOS JOVENS QUE SAIAM DOS SISTEMAS CONHECIDOS (Carrilhos, Mateus, etc) E a CERVEJA EM CIMA DO BOLO: Para quem vive na Madeira/Açores há representação, que não passa dum presidente e duma administrativa que estão de mãos atadas, e se precisarmos da declaração pode demorar até 15 dias!!!!! Já tentaram telefonar para os números da OASRS??? Podem esperar manhãs, tardes, dias inteiros à espera que as amáveis(????!!) senhoras nos atendam o telefone Isto de facto é uma Associação recreativa...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vencimento....vencimento.... não. Mas concerteza terão uma ajudinha monetária? Terão que ter alguns ganhos para viver. A não ser que sejam ricos e possam viver sem ganhar. Estão na Ordem por amor à causa. Aleluia! Aleluia! Cristo voltou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

.. mas qual ordenado... os membros eleitos da Ordem dos Arquitectos não usufruem de qualquer tipo de vencimento....



Vencimento....vencimento.... não. Mas concerteza terão uma ajudinha monetária? Terão que ter alguns ganhos para viver. A não ser que sejam ricos e possam viver sem ganhar. Estão na Ordem por amor à causa. Aleluia! Aleluia! Cristo voltou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

…bom chame-se-lhe o que se quiser…eu tenho de fonte segura…que roda dinheiro, talvez a título de ajudas de custo, subsídios, custos de representação…com direito a carro…tenho amigos-colegas com 60 e 70 anos…e muita história para contar. …o grande problema é a completa ausência de democracia/transparência…que chegou ao ponto onde chegou… …também não sou jurista…e parece-me que existe um estatuto de Ordem e não associação…mas penso também que isto deveria ser publicitado nos média, porque de abusos e aldrabões, corruptos e ladrões está o país cheio…e as palavras não são minhas…são ditas todos os dias em vários jornais e televisões…ora não haver um ou outro exemplar na ordem, seria a excepção à regra… …eu não faço projectos há tanto tempo que já não sei se ainda é preciso pedir um papelinho de autorização à ordem…o que já Freitas do Amaral se pronunciou de inconstitucional… …enfim, os dias de hoje são mais virados para o dinheiro rápido…contas e multas vêm de todo o lado, todas com mesmo tom agressivo e malcriado…e nós toleramos tudo, aceitamos tudo, calamos e pagamos…mas há muita gente que "vive" à custa da ordem… …eu tenho 52 anos, sou arquitecto porque tirei uma licenciatura de 6 anos, e tive actividade de projecto e urbanismo, fiz um mestrado e um doutoramento…não tenho trabalho; ganho meia dúzia de tostões a ensinar arquitectura numa privada…e estou praticamente na miséria… …a questão do urbanismo também é complicada, não percebendo eu como é que a ordem criou uma espécie de departamento de urbanistas, avisando que de momento não se paga nada, embora se tenha que prestar provas (desconheço a qualificação do júri…), mas no papelinho diz lá que não está posto de lado que no futuro não se tenha de pagar… …eu verdadeiramente descri deste país, sobretudo desde que o termo loby, passou a ser considerado uma coisa boa…e viu-se no que deu… …cabe a vocês mais novos, […lutarem, berrarem e exigirem…caso contrário ninguém vos dá nada…e quem tem o trabalho, não o pode guardar só para si…], palavras do Papa João Paulo II… Faço minhas as palavras dos gregos, quando recentemente se revoltaram contra o governo:…[…é a própria vida que tem de mudar…]…o povo, que somos todos nós, não tem culpa de que quem governa, seja o próprio estado através das seus múltiplos institutos e instituições, quer no nosso caso especifico a (des)ordem dos arquitectos…

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na formação do estágio de admissão o Advogado da ordem disse que todos os cargos só eram remunerados apartir de uma certa carga horária, agora se são apartir de uma hora semanal, não sei, mas é bem provável que assim seja...

Share this post


Link to post
Share on other sites
No que a estágios e respectivas remunerações diz respeito… confiro igual culpa ao Arq.º enquanto entidade “empregadora” do estagiário, pois este é que define a remuneração ou não, parte da boa fé de cada um. Não é só na AO q há m@mões.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Assunto: Plano de segurança e saúde
Boa tarde a todos, venho solicitar a vossa ajuda para ver se de uma vez por todas a questão que tenho fica esclarecida.
Como todos sabemos as nossas Leis são muito extensas, e para complicar mais a situação, tornam-se muito confusas, Decretos-Lei, Leis, Portarias, etc., etc.…………….
Questão:
Sou Arquitecto (técnico responsável pela arquitectura, acessibilidades, arranjos exteriores e coordenação dos projectos), já recebi um oficio da parte da câmara, a comunicar que já podia ser requerido a alvará.
1- Posso ser Director Técnico de Obra?
2- Posso ser responsável pela fiscalização da Obra (nova figura)?
3- Posso fazer o plano de segurança e saúde? Posso assiná-lo como técnico responsável
4- Não tenho o curso de técnico e segurança no trabalho, posso ser coordenador de segurança?, ou seja coordenador do plano de segurança, acima mencionado?
Obrigado, Jorge

Share this post


Link to post
Share on other sites

1- Posso ser Director Técnico de Obra?
2- Posso ser responsável pela fiscalização da Obra (nova figura)?
3- Posso fazer o plano de segurança e saúde? Posso assiná-lo como técnico responsável

Não pode ser Director Técnico... (tinha que pertencer, aos quadros da empresa, que promova a construção da obra)

Fiscalização? Não pode acumular com Autoria do Projecto.

Pode fazer o Plano de Segurança e Saúde e assinar, está nas atribuições dos Arquitectos que pagam quotas. Quer tirar um curso de PSS, leia a Legislação toda, que vai dar a mesma coisa (pano para mangas!).

Isto interessa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.