Jump to content
Arquitectura.pt


freelander

Direitos de Autor

Recommended Posts

Não sei se vos têm acontecido, mas cada vez mais as instituições publicas (ex:camaras, edp) me têm pedido para entregar em formato digital os projectos realizados. Ainda hoje, fui a Famalicão e lá me disseram que agora eles aceitam os projectos em formato PDF para peças escritas e em formato DWG para desenhos. E agora eu pergunto. Onde fica a proteção do meu trabalho? É que eu estou a fornecer todo o meu projecto (plantas, alçados, cortes, pormenorização, etc, etc) numa forma que qualquer um pode pegar, copiar, adaptar, etc, etc. Sim, é certo que isso acontece em muitas e variadas formas, mas não estaremos a simplificar demais esses processos?:) Só sei que não gostei de ouvir dizer que tenho que lá deixar o meu "trabalho". Noutras situações, tenho entregue em formato DWF, mas hoje o tipo foi muito directo: "Só DWG!!!!"

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não podem exigir DWG, excepto planta de implantação ( Não entregue em DWG ou DXF). veja no site da OA SRN o parecer juridico. A Lei 60/2007 vem esclarecer quais os formatos a entregar PDF ou DWF, devidamente protegidos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não podem exigir DWG, excepto planta de implantação ( Não entregue em DWG ou DXF). veja no site da OA SRN o parecer juridico.
A Lei 60/2007 vem esclarecer quais os formatos a entregar PDF ou DWF, devidamente protegidos...



Ainda bem que esta questão fo devidamente acautelada no 60/2007, lembro-me de já ter tido "chatices" pelo mesmo motivo mas, tal como o Pedro, apenas o Levantamento entreguei em DWG (nem mesmo a implantação da minha volumetria...embora...creio que isso pudesse ser legitimo).

Mas uma coisa é o que está escrito outra é o entendimento por parte de alguns colegas nossos na edilidade, quer por zelo, quer por interesse (infelizmente também se coloca...)

Abraços,

Share this post


Link to post
Share on other sites

dwf ou pdf tem protecções muito fracas, pelo que conheço :( (a não ser que já esteja desactualizado). Por isso ir em dwg ou não é indiferente. :) Aliás qualquer jpg é passível de passar a vectorial logo tudo o que seja visivel pode ser copiado :D lol Ou então tb tiram umas fotocopias dos projectos e desenham :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

dwf ou pdf tem protecções muito fracas, pelo que conheço :( (a não ser que já esteja desactualizado). Por isso ir em dwg ou não é indiferente. :) Aliás qualquer jpg é passível de passar a vectorial logo tudo o que seja visivel pode ser copiado :D lol Ou então tb tiram umas fotocopias dos projectos e desenham :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

oi freelander: no meu caso entrego os projectos das plantas em dwg mas apenas de uma base de "finos", isto é, as bases q entrego tb para as especialidades, onde está tudo numa layer "base" com a sobreposição de outra layer "áreas", isto para a cm poder verificar os polígonos de implantação e as áreas efectivas. de resto é mesmo em pdf q entrego os elementos, para isso foi muito util ter encontrado o "primo pdf" free,embora o cad tb imprima para pdf ou dwg. tal como já aqui foi dito, não há por lei q entregar "só em dwg", isso é qera doce:icon_pistoles:.

Share this post


Link to post
Share on other sites
http://www.oasrn.org/pdf_upload/portaria_216A_2008.pdf

Fica aqui mais informação adicional;

1. Formato dos ficheiros a apresentar
Os projectos a remeter para consulta deverão ser apresentados em ficheiros
Informáticos os seguintes formatos:

2. Formato DWF- para peças desenhadas do (s) projecto(s);
Os projectos terão sempre que conter no mínimo um ficheiro DWF com as peças desenhadas um ficheiro PDF com as peças escritas e um ficheiro no formato vectorial para a planta de implantação.
Só e aceite um ficheiro de cada formato dos indicados no ponto 1 por projecto. Num mesmo projecto, os ficheiros de diferentes formatos devem ter todos a mesma designação, alterando apenas a respectivas extensão em função do formato do ficheiro.

3. Características dos ficheiros contendo os projectos:
A primeira página de qualquer ficheiro DWF ou PDF deve ser uma folha de índice identificando o das as páginas que compõem o ficheiro.
Quando um ficheiro DWF ou PDF se referem um Projecto ou a um Processo devem conter todas as folhas relativas a esse Projecto ou Processo. Só pode ser aceite um único ficheiro de cada formato, que terá sempre que conter a totalidade do Projecto ou Processo, sendo identificado mais recente pela versão no nome do mesmo.
A substituição de elementos por parte do Autor deverá consistir na entrega de um
Conjunto de novos ficheiros com a totalidade do Projecto ou Processo, identificando no(s) índice(s) o das as peças alteradas.

O nome do(s) ficheiro(s) deverá(ão) referir-se à designação do Projecto ou uma referência o Processo. Além disso deverá incluir sempre um número de Versão.
A responsabilidade e a preparação do ficheiro é inteiramente de quem o cria e
Possui os originais digitais, sejam textos ou desenhos. A Câmara nunca poderá fazer alteração a este ficheiro para que em qualquer momento se possa certificar a autenticidade do ficheiro. A informação contida nos ficheiros DWF ou PDF será validada por assinatura digital qualificada quando a tecnologia o permitir.
Todas as folhas contidas no ficheiro DWF deverão ser criadas com o formato/dimensão igual ao de impressão. Por exemplo, um desenho que seria impresso em A1 deverá passar a DWF com o mesmo formato.
A Unidade deverá ser sempre o Metro.
Os desenhos deverão ser apresentados com a relação" uma unidade/ um metro".
O mínimo exigível em termos de unidades medíveis num desenho em DWF é o milímetro. Deverá o autor configurara impressão para que a componente vectorial do ficheiro tenha DPIs suficiente para garantir esta precisão.
Todas as folhas criadas a partir de aplicações CAD deverão permitir a identificação e controle da visibilidade dos layers. A última folha terá que conter a listagem de todos os nomes de layers e respectivas descrições.
Os layers, independentemente dos nomes, terão que permitir separar os seguintes elementos do desenho: paredes, portas e janelas, tramas ou grisés, elementos decorativos ou mobiliário, arranjos exteriores, legenda e esquadria, cotas, texto relativo a áreas, texto relativo à identificação dos espaços, quadros e mapas, imagens. Qualquer uma destas categorias tem que estar contida num layer isolado.
O ficheiro no formato vectorial com a planta de implantação, georeferencia do Sistema Hayford-Gauss, Datum 73, em seque delimita a(s) parcela(s)d a(s) pretensão(ões), deve ser sempre apresentado, conjuntamente com o projecto em formato DWF.
Nota importante os ficheiros apenas poderão ser aceites se cumprirem com todas as especificações aqui apresentadas. Ficheiros que não cumpram deverão ser recusados e substituídos.

Fonte: Camara Municipal de Viana do Castelo
http://www.cm-viana-castelo.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=704&Itemid=615

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois, a CM Lisboa também quer disso. Então e quem tenha software que não imprima os DWF com layers? E que legitimidade tem uma Câmara de exigir DWF? O DWF é um formato ISO? Ou alguém lhes terá assoprado aos ouvidos que o DWF indica o software e a versão usadas para executar o projecto? O que eles querem sei eu...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se cada Câmara já era praticamente um país com leis próprias, agora é que vai ser lindo, com cada uma a exigir ficheiros e layers da maneira que bem entender... Pode ser que a OA resolva fazer um comunicado sobre o assunto, a exigir a uniformização de procedimentos e a adopção de formatos seguros para a entrega de ficheiros?... :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre este assunto...

No caso do Archicad, a Graphisoft já inclui na versão 12 as funcionalidades para a criação de ficheiros DWF tal como a CML os pede.

Nos outros casos, Archicad de versões anteriores à 12, Vector Works ou Alplan, por exemplo:

- Todas as aplicações CAD escrevem DWG ou DXF.
- Instalando o DWG True View (http://usa.autodesk.com/adsk/servlet/mform?id=9078813&siteID=123112) é possível abrir esses formatos e criar através do comando "plot" os DWF's como se estivessem a ser criados em AutoCAD.


Quanto à segurança, o DWF e o PDF dão as maiores garantias que o mercado oferece em termos de informação digital.
- O DWF NÃO é editável;
- NÃO é facilmente copiável para vectorial com qualidade de projecto;
- NÃO contém a informação construtiva do projecto e apenas uma imagem resultante, à semelhança de uma impressão.

Além disso, o plágio é uma questão de Justiça e não tecnológica. Tanto se plagia em papel como em qualquer outro suporte, ou até depois da obra feita.


Quaisquer esclarecimento adicionais: cad@cm-lisboa.pt

Henrique Saias
CAD Manager da CML

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olhe que não, olhe que não... Os layouts saem do Allplan sem informação de layers. Portanto, serão abertos em DWG Trueview, ou qualquer outra aplicação, sem essa informação. E o que eu não compreendo é o seguinte: Pelo que julgo saber, a CM Lisboa exige o projecto em formato digital E em papel. Portanto, para que nos serve o sistema informático a nós, projectistas? Do ponto de vista ecológico, não só não se diminui a quantidade de papel, e ainda se acrescenta plástico!

Share this post


Link to post
Share on other sites

é implicância minha ou é mais fácil alguem sentado em frente ao seu monitor copiar ficheiros para uma pen (e mais tarde aparecerem em angola ou qualquer outro lado ) do que ter que requesitar o processo e ir para a fotocopiadora do serviço à frente de vários colegas. penso que facilitar só vai trazer problemas

Share this post


Link to post
Share on other sites

Penso que em termos de segurança o DWF é capaz de ser bem pior que o PDF, pois ao criar um DWF estamos a reproduzir uma imagem exactada do projecto em questão, logo já existem no mercado programas que extraem do DWF para DWG com uma exactidão tal que parece estarmos em frente ao projecto executado em AutoCAD, e mais se estiver georeferenciado até isso ele (o projecto) fica no mesmo exacto local de criação, incrível mas é verdade. Por isso por mim o PDF, até continua a ser uma das formas mais seguras pelo menos no que diz respeito ao desenho técnico, já nem falo de editores de texto, pois haveria muito que falar em relação a isso.....

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.