Jump to content
Arquitectura.pt


arklab

grafite (graffiti)

Recommended Posts

Grafite (arte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ir para: navegação, pesquisa
Imagem colocada Imagem colocada
Muro onde convivem vários tipos de grafites


Grafite ou Graffiti (do italiano graffiti, plural de graffito) significa "marca ou inscrição feita em um muro", e é o nome dado às inscrições feitas em paredes desde o Império Romano. Trata-se de um movimento organizado nas artes plásticas, em que o artista aproveita os espaços públicos, criando uma linguagem intencional para interferir na cidade. Com a revolução contracultural de maio de 1968, surgiram nos muros de Paris as primeiras manifestações.
Grafite é a designação para as pinturas feitas em muros e paredes na rua. O grafite salta aos olhos nos grandes centros urbanos. É considerado por muitos como um ato de vandalismo, uma vez que suja as paredes de inúmeros edifícios, muitas vezes edíficações históricas. O grafite está ligado a movimentos como o movimento hip-hop.

Share this post


Link to post
Share on other sites

se calhar referias-te a isto:

Grafite

Também chamada chumbo negro ou plumbagina, a grafite tem múltiplas e importantes aplicações industriais, embora seja mais conhecida popularmente por sua utilização como mina do lápis.
A grafite corresponde a uma das três formas alotrópicas do carbono. As outras são o carbono amorfo e o diamante. Cristaliza-se no sistema hexagonal regular com simetria rômbica. Em geral, seus cristais são tubulares, de contorno hexagonal e plano basal bem desenvolvido. A grafita apresenta-se, habitualmente, sob a forma de massas laminadas ou escamosas, radiadas ou granulosas.
Mineral de variadas propriedades físicas, a grafita tem numerosas aplicações industriais. É mole, facilmente desgastável, untuosa e de boa condutibilidade elétrica. A grafita natural encontra-se em três formas, que determinam o emprego industrial: amorfa, cristalina e em lâminas. A grafita amorfa formou-se por intrusões ígneas em leitos de carvão, que se calcinou, convertendo-se em grafita, cuja pureza raramente é superior a 85%. A forma cristalina ocorre em grupos maciços de cristais de brilho argênteo e sua pureza supera 99%. A grafita em escamas, a mais rara e em alguns casos a mais valiosa, encontra-se disseminada em rochas que experimentaram alto grau de metamorfose local. Nessas formas, o enxofre é escasso ou se acha ausente.
A grafite é utilizada na fabricação de cadinhos refratários para as indústrias do aço, do latão e do bronze. Para essa finalidade emprega-se a grafita importada do Sri Lanka. A grafita é usada, também, como lubrificante. Misturada com argila muito fina forma a mina do lápis; a que melhor se presta para tal fim provém de Sonora, no México. A grafita se emprega ainda largamente na fabricação de tinta para proteção de estruturas de ferro e de aço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

So hoje é que vi este topico (tenho andado destraída). Eu adoro graffiti, sempre gostei! Há paredes que ganham vida com os graffitis... Para mim, sim.. são uma forma de arte. Porém, nem todos... há sempre aqueles que não têm técnica nenhuma nem conteúdo nenhum. Mas tambem sou um bocado suspeita ao falar deste assunto, já que o graffiti faz parte da minha vida.

Share this post


Link to post
Share on other sites

So hoje é que vi este topico (tenho andado destraída).
Eu adoro graffiti, sempre gostei! Há paredes que ganham vida com os graffitis... Para mim, sim.. são uma forma de arte. Porém, nem todos... há sempre aqueles que não têm técnica nenhuma nem conteúdo nenhum. Mas tambem sou um bocado suspeita ao falar deste assunto, já que o graffiti faz parte da minha vida.


AnaS que tal ressuscitarmos este tópico !!?.....

Share this post


Link to post
Share on other sites

ola a todos, há que dizer que isto do graffiti nao é para qualquer "miúdo" que queira... quando se começa os graffitis têm que sair uma porcaria... so depois de uns anos é que estão habilitados a fazer graffitis de qualidade. é pena que nao existam mais espaços próprios para esta actividade; e creio que esse aspecto aumenta e muito a criminalidade a este nível... pois para se atingir um grau elevado de talento há que fazer dezenas de graffitis, e nao existem espaços para tal... existem uma espécie de telas enormes que se compram, onde se pode treinar... mas o preço tambem n é acessivel para a maioria dos praticantes (jovens). As latas sao caras também.... e as pessoas nao valorizam muito alguem que saiba fazer um bom graffiti. Nao pensam no dinheiro investido, nos anos de trabalho, ..... nao concordo, obviamente, com a realização desta arte em espaços nao destinados, como paredes de casa de outras pessoas, etc...

Share this post


Link to post
Share on other sites
AnaS eu quando comecei tinha a mesma opinião que tu, mas o primeiro até me saiu bem, e não acho muito dificil de os fazer. Mas, como tu dizes, o dificil é mesmo encontrar locais legais para os fazer, e claro os custos também!

Share this post


Link to post
Share on other sites

AnaS eu quando comecei tinha a mesma opinião que tu, mas o primeiro até me saiu bem, e não acho muito dificil de os fazer. Mas, como tu dizes, o dificil é mesmo encontrar locais legais para os fazer, e claro os custos também!


Então temos aqui um gajo... que anda por ai a pintar as paredes na rua! Seu ilegal... :icon_pistoles:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Infelizmente fotos não tenho! Tenho é uns desenhos apontados! Na altura as fotografias eram ao rolo e custavam dinheiro ;) Por acaso ando curioso, porque este ano ando a pensar visitar uma parede em que tem lá um bombing quase acabado, vá-se lá imaginar porque será, e acho que é a unica coisa que ainda está de pé. E se estiver não deve estar em bom estado com cerca de 7 anitos já :) já lá vão uns aninhos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.