Jump to content
Arquitectura.pt


adrianoReis

Betão aparente e o revestimento térmico

Recommended Posts

olá sou estudante de arquitectura e encontro-me neste momento a finalizar o curso. no meu projecto de final de curso estou a realizar um edifício prisional que por questões de segurança e durabilidade/resistência do materiais construcção e acabamento, está previsto ser todo ele construido em betão. a minha duvida prende-se com a forma de construir uma parede dupla exterior com isolamento térmico no meio sem que a cofragem da parede exterior seja perdida... se alguem souber responder seria uma ajuda enorme abreijos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Adriano... construindo uma parede dupla em BA com isolamento térmico no meio... nunca a cofragem será perdida... É construir como a vulgar parede em BA: Cofragem interior; Armadura pano interior (prever distânciadores para garantir recobrimento das armaduras); XPS ou outro...; Armadura pano exterior (prever distânciadores para garantir recobrimento das armaduras); Cofragem exterior; - O sistema de cofragem será o habitual em muros/ paredes em BA. - Betonar a parede de acordo com as prescrições habituais. - Descofrar. - Preencher com material apropriado os "buracos" dos distânciadores da cofragem ( complemento de PU + "tampas" em BA). Resumidamente, penso que será isto... para uma fachada de envolvente exterior em Betão aparente em ambas as faces.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um metodo muito interessante para a construção de uma parede de betão com isolamento e caixa de ar, pode ser a de fazer tipo sandwich... com a cofragem pelo exterior+armadura+placa de esferovite+isolamento térmico (ex: wallmate)+armadura+cofragem depois de encher os espaços da armadura com betão pode-se remover o esferovite usando um solvente, ficando a caixa de ar. É de alguma complexidade mas possível, no entanto alerto para alguns pormenores a ter em atenção como a remoção dos resíduos resultantes do esferovite.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Discordo, a caixa de ar tem como função criar uma rotura térmica, reduzindo-se assim amplitude térmica, para depois se isolar, só assim se pode garantir uma constante térmica. No entanto pode-se não utilizar a caixa de ar com consequência para a espessura do isolamento, não sendo a melhor solução mas aceitável.

Share this post


Link to post
Share on other sites

muito obrigado aos dois... em relação à existência de caixa de ar eu conheço um método que foi utilizado pelo arquitecto serôdio numa casa unifamiliar que consistia na remoção da cofragem interior apos o betão ganhar presa deixando uma caixa de ar que depois seria preenchida com isolamento térmico. no entanto hoje tive a oportunidade de ver alguns pormenores que descrevem a solução apresentada pelo pedro, ou seja, sem caixa de ar e cheguei ao ponto de ver propostas que apresentavam um betão com um aditivo que o tornavam num isolante térmico (não sei os custos que isso acarreta mas imagino que devem ser enormes) ... já agora quando o pedro fala de XPS refere-se ao isolamento térmico? tem alguma característica específica para este tipo de execução? abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

adriano, Essa do aditivo que transforma o betão num isolante térmico ... custa a acreditar, mas... Agora eu gostaria de perceber poque é que queres fazer uma caixa de ar, ainda por cima dentro duma parede de betão aparente, quando dava menos trabalho deixar o EPS (esferovite) no interior, não mencionando o facto de assim esta ficar mais isolante? Vai por aquilo que te diz o Pedro, qu'o homem sabe disto que se farta... :) Por outro lado a solução do Rui também não é exequível. O Wallmate mais não é que poliestireno, a mesma matéria do chamado esferovite. A única diferença é que o primeiro é obtido por extrusão e o outro não. Assim quando deitasses o solvente para dar cabo do esferovite arriscar-te-ias a dar cabo do Walmate também. Outro elemento a considerar é que uma parede dupla só é eficaz se tiver ventilação; de contrário é bastante pernicioso e a maioria das caixas de ar construídas, porque não as contemplam, ou não servem para nada ou só servem para criar bolores nas paredes. Basta pensar que o ar dentro da caixa de ar tem um certo conteúdo de humidade. Ao se verificar um abaixamento de temperatura essa humidade condensa-se e, por não ter por onde saír, tenderá a ir para o local mais seco, precisamente a face interior da parede.

Share this post


Link to post
Share on other sites
http://www.armopanel.com/

vitor tens aki o site desse betão que falo...muito provavelmente não vou usar isso.

mas a razão de fazer betão por fora betão por dentro prende-se com um motivo conceptual do próprio edifício, por um lado (neste caso o betão aparente por fora. e um motivo funcional por outro (o betão por dentro), que se prende com o facto de se tratar de um edifício prisional e ser necessário que o material interior seja resistênte e de difícil vandalização...

digam-me so como é que eu coloco o wallmate?

Share this post


Link to post
Share on other sites

O betão é um dos materiais mais bonitos do se for usado bem. Parece-me que o queres usar bem e por isso parabéns! Se isso fosse um projecto real dizia-te que deverias por um anti-grafitti pelo interior das paredes. Está-se a ver que o prisioneiro comum se afeiçoa à sua cela... pintando-a à sua maneira, qual decoradora da quinta da marinha ou lapa. Diria que dessas decorações nem toda a gente gosta e por isso, quando a cela mudasse de dono, o novo prisioneiro gostaria de a "configurar" a seu gosto. Isto do gosto é tramado. Para isso a cela teria de ser posta como nova qual carro usado... Nenhum vestígio do ocupante anterior. O director tinha então duas opções: 1 pintava; 2 rebocava. Na minha opinião qualquer uma das duas desvirtuava o projecto. Se o teu professor for desses chatos que se lembram destas cenas da treta... como eu... põem o anti-grafitti. Tens ainda um problema maior se o artista residente tiver mais queda para os baixos relevos. Mas isso...

Share this post


Link to post
Share on other sites

obrigado... vou pensar nisso, ate porque já tinha lido qq coisa sobre isso num livro sobre desenho e arquitectura prisional que aconselha que a própria cela seja um objecto onde o recluso possa exprimir a sua criatividade :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

vou optar por fazer isso explica-me so uma coisa pedro...é possivel que o pano de dentro seja construido com um betão diferente do pano de fora? e se poderes explica-me como se monta a armadura com o XPS desta dupla parede de betão...posso pensar que o XPS é colocado entre as duas armaduras e ta feito, mas como é que resolvo o problema dos distanciadores? eles vão furar o XPS e é por isso que eu ainda não percebi como montar o XPS com a armadura

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deparei-me com o mesmo problema que tu na realização de um projecto académico, por isso recorri ao meu prof de construções. Eis a solução que ele me ajudou a descobrir: fazes duas paredes de betão, começando pela primeira. Fazes o primeiro pano, retiras a cofragem, colocas isolamento térmico, (a espessura do isolamento depende da orientação da parede, norte, sul, este ou oeste), este isolamento térmico, será a cofragem da teu próximo pano de parede. Terás obviamente a cofragem exterior. Não deves deixar caixa de ar devido a problemas estruturais, pois as paredes juntas funcionam melhor á compressão. O betão deverá ainda levar um aditivo hidrófugo, de maneira a melhorar o isolamento desta parede. Lembro-te ainda que cada caso é um caso, e não existem receitas ou soluções feitas. Deverás procurar a tua solução de acordo com as tuas necessidades. Toma especial atenção ás condições de humidade, ventos dominantes, e exposição solar. Espero ter ajudado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

...podem sempre optar por placas de aglomerado negro de cortiça expandido (ICB), é Nacional e utiliza matérias primas renováveis NOTA: Artvive, não é por ser ser extrudido ou não que o material é mais ou menos ecológico...

Share this post


Link to post
Share on other sites

... bom, o problema com o poliestireno extrudido e que usa 'CFC' ou 'HCFC' na sua producao... com o tempo o material liberta moleculas de 'chlorine' que destroi a camada de ozono... desculpem mas nao sei os termos em portugues... e claro que nao tem a ver so com a extrusao mas o poliestireno nao e recomendado ou listado como um material 'verde'...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deparei-me com o mesmo problema que tu na realização de um projecto académico, por isso recorri ao meu prof de construções. Eis a solução que ele me ajudou a descobrir: fazes duas paredes de betão, começando pela primeira. Fazes o primeiro pano, retiras a cofragem, colocas isolamento térmico, (a espessura do isolamento depende da orientação da parede, norte, sul, este ou oeste), este isolamento térmico, será a cofragem da teu próximo pano de parede. Terás obviamente a cofragem exterior. Não deves deixar caixa de ar devido a problemas estruturais, pois as paredes juntas funcionam melhor á compressão. O betão deverá ainda levar um aditivo hidrófugo, de maneira a melhorar o isolamento desta parede.

Lembro-te ainda que cada caso é um caso, e não existem receitas ou soluções feitas. Deverás procurar a tua solução de acordo com as tuas necessidades. Toma especial atenção ás condições de humidade, ventos dominantes, e exposição solar.

Espero ter ajudado.


Opta por esta pk esferovite "perdido" no betão, dada a resistencia, só por sorte consegues uma espessura uniforme em ambas as paredes...:)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para não falarmos dos custos de colocar outra parede de betão armado, e mão de obra. É preferível optar-se por isolar-se devidamente as faces do betão armado. Para além disso o betão armado já possui boas características térmicas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

olá, quanto á tua pergunta, talvez a melhor solução seja criar duas paredes de betão, colocando o isolamento térmico no meio das duas. Primeiro constroi-se uma, depois isolamento e depois a outra. espero ter ajudado

Share this post


Link to post
Share on other sites

exacto...eu entretanto falei com o prof de construcção la da faculdade que me explicou exactamante como fazer isso. inclusive como segurar a parede exterior que parece ser o trabalho mais complicado. obrigado por tudo e ja agora não acham que o betão é sem duvida o material, entre todos os materias, mais digno, economico, belo e eficaz. eu acho...

Share this post


Link to post
Share on other sites

não...a ideia é deixar lançados para o exterior alguns ferros da armadura do pano interior de betão. essa ferros tem de integrar e estar pensados de acordp o com a cofragem exterior Faz-se a betonagem do pano interior, retira-se a cofragem. isolamentos. e ao fazer a armadura da parede exterior integram-se esses ferros que foram lançados da parede interior. Assim a parede exterior fica como ancorada à parede interior...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.