Jump to content
Arquitectura.pt


Sign in to follow this  
Dreamer

Voltar a comer as tripas

Recommended Posts


Voltar a comer as tripas

j. paulo coutinho

errorpic.gif
Manuel Correia Fernandes, Arquitecto

OPorto pode vir a ser mais uma das raridades do mundo, se para tanto, os seus governantes por acção e os seus cidadãos por omissão, assim o determinarem trata-se de transformar a cidade na única cidade do mundo sem equipamentos municipais e, em especial, sem mercados de abastecimento diário! Ao actual executivo camarário está visto que não falta vontade: o Palácio do Freixo já foi, o Rivoli também e alinham agora na grelha de partida, o Ferreira Borges, o Bolhão, o Bom Sucesso, o Rosa Mota e a Praça de Lisboa e, certamente, outros se, para tanto, estiverem cegos, surdos e mudos e, portanto, omissos, os cidadãos da cidade e da região a quem esta herança pertence.

" (…) O Porto tem um conjunto de importantes equipamentos municipais (…)" e "a Câmara (…) já provou ao longo dos anos que não os sabe gerir com competência e racionalidade. (…) Por isso, (…) passamos o investimento de recuperação para os privados, deixando que, no futuro, sejam eles a fazer a gestão".

Pode não se acreditar mas, estas palavras são de Rui Rio, o actual presidente da Câmara do Porto e estão inseridas no editorial, por ele mesmo assinado, no número 18 de corrente mês de Abril, da "revista" que dá pelo nome de "Porto Sempre"! Não é difícil lá chegar está logo na página 003. Por esse mesmo editorial, ficamos, então, a saber, que a Câmara não tem "competência" para gerir os ditos equipamentos.

É caso para dizer já podiam ter dito! Mas não disseram e, em nome da lisura e da verdade, já o deviam ter feito em tempo oportuno e adequado para se dizerem estas coisas que é o tempo em que as ideias e as pessoas vão a votos e talvez a história fosse outra. Mas foi dito só agora! Mas, ainda bem, porque é exactamente isso que pensam e dizem aqueles que na mesma revista e, mais precisamente, na página 016, são eufemisticamente identificados como "… alguns sectores da sociedade portuense".

Senhor presidente pode achar que são apenas "alguns sectores" que têm a ideia de que a Câmara não tem competência mas se tiver a coragem de vir para a rua, conviver e sofrer com os portuenses, verá e ouvirá que lhe dão razão, só que também verá e ouvirá que a solução não é a que o senhor quer impor à cidade, "passando" para "os privados" todas as responsabilidades municipais e por dezenas de anos! É que os portuenses nunca viraram a cara às dificuldades e são inteiramente capazes de tomar nas suas próprias mãos a condução dos seus próprios destinos!

Os portuenses sempre foram e continuam a ser gente de trabalho e de sacrifício e com competência mais do que suficiente para gerir a sua vida quanto mais os equipamentos da cidade! E se quiser comprovar isto mesmo e ao vivo, o Bolhão mostra bem como é.

Para além do mais, senhor presidente, até parece que os ditos equipamentos caíram do céu ou foram ofertados por um distante e afortunado tio da América! Não. Todos os "importantes equipamentos" de que o senhor fala, foram obra dos próprios portuenses e é por isso mesmo que os defendem como coisa sua. Em muitos deles, está a sua marca de família, fazem parte da sua identidade e são a sua própria alma.

E tudo leva a crer que assim vai continuar a ser, nem que para isso tenham de voltar a comer as tripas, coisa que, como se sabe, já não seria a primeira vez! errorpic.gif



Link:
http://jn.sapo.pt/2008/04/11/porto/voltar_a_comer_tripas.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.