Jump to content
Arquitectura.pt


lllARKlll

Ota | Aeroporto Internacional de Lisboa | Eduardo Souto Moura

Recommended Posts

Bonitas palavras... Nada contra o que disses-te em relação ao Aeroporto... Mas, Tatlin... já que falas-te no Parque Expo... achas que de um modo geral esta mal aproveitado!? E em varios aspectos, o Parque Expo, está realmente como foi idializado! Como por exemplo o Centro Comercial e a FIL.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Caro JAG:)
Coloquei o exemplo da expo não para dar a opinião sobre a expo mas como exemplo da inacção e passividade dos cidadãos relativamente a um projecto de grande importância e por ver que o mesmo se vai passar com outros projectos.
Portugal ganhou o concurso para a realização da Expo98 com um projecto do arquitecto José Lamas, este projecto pode ser consultado no livro Morfologia da Cidade e Desenho Urbano, depois e não se sabendo bem porquê o projecto foi mudado para o ateliê risco e este desenvolveu a Expo como a conhecemos hoje, com um programa ligeiramente diferente do original, por exemplo a introdução dos pavilhões da FIL.
Os dois projectos foram desenvolvidos para terem uma praça central no caso do arquitecto Lamas era á beira-rio, no caso do Risco era mais interior.
No projecto do ateliê risco a zona do shopping Vasco da Gama correspondia a praça central (ou achas que a porta do sol da estação do oriente foi desenhada para ter um shopping em frente) esta estação foi pensada para ter a praça a Leste e isso vê-se na maqueta do Calatrava (procurar em monografias), mais tarde, para que a Expo corresponde-se a um projecto “custo zero” muito Margaret Thatcher colocaram nessa praça um shopping com duas torres que destroem completamente a relação da estação com a envolvente. O mesmo se passou com o pólo de ensino superior que deveria ser colocada no lote fronteiro á estação da Repsol e mais uma vês por razões económicas esqueceu-se a universidade e colocaram-se habitações. Este ultimo caso é o mais fácil de verificar, pois em quase todas as revistas onde se falava do futuro da Expo se referenciava um local de ensino superior naquele local, talvez encontres na revista Mundo ou Mundos numa edição da altura a referencia a este pólo do ensino superior numa reportagem sobre o futuro da Expo.
Estas alterações, pelo menos em quatro fases, não são conhecidas, porque foram efectuadas antes da exposição onde ainda havia um certo desconhecimento do projecto e depois pelo menos com da Portaria n.º 1130-B/99, de 31 de Dezembro onde se fazem alterações cirúrgicas. Porque os projectos publicitados são os que já contemplam as alterações que vão contra as opções ““ideológicas”” que se tinham para o local a maioria das pessoas pensa que o que esta la é o que estava idealizado e isso ajuda por exemplo ao aumento dos preços das habitações e as desilusões posteriores a compra de habitação.
Todas estas alterações foram feitas sem o conhecimento geral não por se querer fazer às escondidas da população, mas porque neste país as pessoas não ligam a evolução dos projectos o que permite as maiores manipulações mesmo aquelas que vão contra o espírito do projecto. Como já escrevi anteriormente em Bilbao a população depois de ver que estavam a mexer com a imagem da cidade e o futuro económico desta procuraram ter voz no assunto e chegou-se a fazer um referendo que serviu mais tarde para a escolha do projecto do museu.
De resto gosto muito de andar nessa zona da cidade principalmente só ou mal acompanhado:p embora já se comece a notar uma certa degradação da imagem da Expo. E para não parecer que só digo mal das alterações lembro, que uma das alterações positivas registadas foi a manutenção dos jardins Garcia da Orta:icon14: e os bares adjacentes:icon14: em deferimento das habitações para ai projectadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/6/65/Incheon_International_Airport-2.jpg/800px-Incheon_International_Airport-2.jpg Incheon Internatonal Airport

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já agora deixo aqui, a título de curiosidade, uma imagem que penso ser de Miguel Barbot, colocada no site http://www.porto.taf.net em 03-09-2007, onde se constata a existência da hipótese "Pedras Rubras + 1"



Para os mais distraídos, esta é a pista utilizada pelo Red Bull Air Race Porto no ano passado, e que provavelmente servirá também para o evento deste ano.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.