Jump to content
Arquitectura.pt


TiCo

3ds Max 2009

Recommended Posts

Fica aqui a noticia da descontinuação do mercado do Viz:

Autodesk VIZ 1997-2008 Rest-in-Peace


Autodesk has announced that it will no longer develop Autodesk VIZ, shifting it's entire VIZ development staff over to the 3ds Max software program. In recognition of the increased importance of visualization in the CAD communities, Autodesk will now offer 3ds Max Design 2009, a full-featured version of 3ds Max 2009 customized for the design visualization customer.

VIZ subscription customers will receive a Pro-Booleans extension to be released in the spring. Viz customers who purchased VIZ before Feb 12, 2008 with Subscription will have a chance to crossgrade to 3ds Max Design 2009 for a bargain price. VIZ customers who purchased VIZ before Feb 12, 2008 without subscription will be able to crossgrade to 3ds Max Design 2009 for about the price that VIZ used to cost.

I was around during the genesis of Autodesk VIZ and it was a product that led a charmed life. Everyone was so interested in 3ds Max, it seemed VIZ never got the attention, yet word got around and VIZ sold steadily for many years without any visible marketing.
Rumors of VIZ death have been around for a longtime, they tried to kill it off years ago, but it was snatched from the jaws of death by the head honchos and continued on its merry way.

As a longtime VIZ user, I should have been sad to see VIZ go, but I'm not. I'd rather have one code base, and have everybody on Autodesk 3ds Max Design. We'll be using better software to do our jobs.

VIZ was a great product, but it was kinda like having a set of stairs to the basement where you bang your head on the way down. Repeatedly for as long as you live in the house. Know what I mean? No sub-object animation, no parametric animation, no particles, no BIPED. Ouch, stop it, you're hurting my head.

VIZ is dead, long live 3DS MAX DESIGN 2009.


in: http://rand.com/imaginit/1/rss/viewitem.asp?feedid=BLOGS_VISUAL_ALL&guid=385

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fica aqui a noticia da descontinuação do mercado do Viz:

Autodesk VIZ 1997-2008 Rest-in-Peace


Autodesk has announced that it will no longer develop Autodesk VIZ, shifting it's entire VIZ development staff over to the 3ds Max software program. In recognition of the increased importance of visualization in the CAD communities, Autodesk will now offer 3ds Max Design 2009, a full-featured version of 3ds Max 2009 customized for the design visualization customer.

VIZ subscription customers will receive a Pro-Booleans extension to be released in the spring. Viz customers who purchased VIZ before Feb 12, 2008 with Subscription will have a chance to crossgrade to 3ds Max Design 2009 for a bargain price. VIZ customers who purchased VIZ before Feb 12, 2008 without subscription will be able to crossgrade to 3ds Max Design 2009 for about the price that VIZ used to cost.

I was around during the genesis of Autodesk VIZ and it was a product that led a charmed life. Everyone was so interested in 3ds Max, it seemed VIZ never got the attention, yet word got around and VIZ sold steadily for many years without any visible marketing.
Rumors of VIZ death have been around for a longtime, they tried to kill it off years ago, but it was snatched from the jaws of death by the head honchos and continued on its merry way.

As a longtime VIZ user, I should have been sad to see VIZ go, but I'm not. I'd rather have one code base, and have everybody on Autodesk 3ds Max Design. We'll be using better software to do our jobs.

VIZ was a great product, but it was kinda like having a set of stairs to the basement where you bang your head on the way down. Repeatedly for as long as you live in the house. Know what I mean? No sub-object animation, no parametric animation, no particles, no BIPED. Ouch, stop it, you're hurting my head.

VIZ is dead, long live 3DS MAX DESIGN 2009.


in: http://rand.com/imaginit/1/rss/viewitem.asp?feedid=BLOGS_VISUAL_ALL&guid=385

Share this post


Link to post
Share on other sites

realmente o autocadcad 2009 perdeu bastante por kerer acabar com akilo k lhe deu sempre vantagem, o uso de comandos acionado por teclado k o torna milhentas vezes mais rapido k outro kk programa em k os comandos sao activados por icons!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Suponho Tico que deves usar cad opensource, linux e openoffice ou serás mais um utilizador de mac? O autocad 2009 é um bom programa e o max 2009 tambem talvez não o tenham explorado o suficiente mas deviam fazê-lo antes de falar. Nota: não sou empregado da Autodesk isto é só uma opinião

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por acaso uso-os todos :) Mac neste momento é mais um seguidor microsoft, daí que não vale a pena falar, os OS estáveis da apple já eram... Quanto ao opensource, existem programas de CAD (com 3D) ao mesmo nível do Autocad, em que a licença dos mesmos custa menos que a subscrição anual da Autodesk (1/4 ou 1/3 desta) :D Só mais umas achas, não é por acaso que a microsoft vai lançar (ou já lançou, diz que saíu ontem dia 29) o SP3 po XP ;) E também não é por acaso que só 11% das empresas mudou para Vista e quase todas voltaram outra vez ao XP. (O vista só vende maioritariamente para sistemas 64 bits, já que o XP 64 bits não foi realmente muito explorado) Também não é por acaso que a Dell voltou a lançar computadores com o Windows XP etc. etc. ehehe :p Convençam-se que neste momento uma grande parte dos softwares fazem.lhe um lifting, uns botões novos, a seguir fazem uma apresentação a dizer que: 'é melhor, mais rápido, mais eficaz...' e as pessoas compram e dizem 'Amen'... E esta continua a ser a minha opinião :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sou da tua opinião quanto aos OS e o tremendo disparate que é todos os anos sair um novo autocad ou max. Deviam ser service packs sem custos, mas se assim fosse como é que "eles" compravam as casas novas... hihihi (bolas ficavam os arq sem trabalho, isso é que não), fora de brincadeiras O autocad e max 2009 merecem realmente atenção, o mesmo não direi do 2007, 2008 Só não acho que a melhor maneira seja o "Bota abaixo" do está tudo mal..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não estou a dizer que está mal, estou a dizer é que a fonte secou :D Já não há mais inovações a fazer, a não ser a criação de ficheiros novos que não abram em versões antigas, ou seja, o puro consumismo! É óbvio que há outros softwares que precisam de ser desenvolvidos. Isto lembra-me há uns anos o Sergei Bubka que batia em todas as provas o record do salto á vara por 1cm, quando toda a gente sabia que ele já saltava mais uns quantos acima, aproveitava-se para receber mais uns dinheiros, aqui passa-se a mesma coisa, esta versão vamos por o botão do copy novo, nesta o do save :D E depois o mais cómico na série AutoCAD é vir uma versão nova, UI todo bonitinho e tal, e depois o que é que qualquer utilizador normal faz? colocar o interface como a versão 14 ou 2000... é a mais lógica, mais rápida, mais eficaz... :) Mas algum profissional de Arquitectura se importa em actualizar-se sempre que sai uma versão nova? alterar métodos de trabalho, a organização de trabalho, todos os anos, etc etc... Eu penso que não, corrijam-me se estiver errado ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caro Tico.... Tem toda a razão o AutoCAd à anos que nao tem desenvolvido rigorosamente nada.... as novidades que tem surgido são de alguns carolas criticos e devido à arquitectura aberta do AutoCAd fazem programas em LISP... que mais tarde sao introduzidos no AutoCAD e vendidos como se fossem uma evolução do programa... mentiras... nao passa de um mero lift.. a única coisa que muda é o interface gráfico... é uma vergonha todos os anos sai uma versão que de muito pouco tras de novo... e para exemplo muitos dos comandos de agora ja os conhecia no AutoCAD 14... no menu express, e que em alguns casos funcionavam muito melhor do que agora introduzidos na versao base... exemplo do multistretch... e muitos outros.... como a gestão de layers... de desligar clicando na entidade... isso ja é velho.... a Autodesk nao tem desenvolvido.... esta limitada.... e as inovações algumas ja conhecia em outros programas de Machintosh... no entanto o AutoCAD continua a ser de confiança... mas comprar uma versao nova todos os anos é um disparate....

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só uma curiosidade.... sabem como medir um ângulo em AutoCAD? Um dia um arquitecto me perguntou isso quando dava formação... bem... nem sabia o k responder... claro que alguns dirão que basta fazer uma cota angular... pois.. obrigado... mas eu só preciso consultar... se tiver muitos e tantos ângulos.... vou gastar muitas cotas e muito erase.... Eu explico... nada mais fácil... afinal eles pensam em tudo não é... chamem a calculadora... comando CAL, depois é introduzir a formula ANG(NEA,NEA)... nada mais fácil.... parece que é preciso andar em Coimbra para fazer isto.... é ridículo não é?... mas acreditem.... é a verdade... mas isto é só um exemplo..... as áreas também é a mesma coisa.... será que os génios da Autodesk quando medem as áreas gostam de ficar com elas na cabeça.... ou tomam nota num papelinho... e depois escrevem o valor no desenho...rsrsrs já tive que fazer um LISP para poder medir e inscrever a área no desenho... senão ainda hoje estaria medindo áreas e a escreve-las... e isto já foi alguns anos...rsrsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outra ferramenta em falta é o stretch 3D! E os erros dos hatch's (que são tão 'fofos') Cá para mim, isso tudo é algo que eles ainda nos vão apresentar como 'novidade' :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

strech em 3d, no autocad? tens tem é de ser ponto a ponto, bah... tristeza... o que eu gostava que inventassem era uma maquina que ligasse ao cerebro e desenhasse automaticamente sem necessidade de comandos por teclado... isso sim era um sonho.

Share this post


Link to post
Share on other sites

tens de me dizer onde, se ha coisa que eu adoro é plugins fofos... lembro-me de ter um, feito pro acad 2002 em que seleccionavas o desenho todo e ele passava tudo pra cota 0, e outro que era o pack and go, que fazia qq coisa como sempre que querias levar um senho de um pc pra outro ele criava um pasta com ficheiros, com tudo que tavas a usar no momento, hatch, imagens, tipos de linha, ctb's de canetas etc... a quem já não aconteceu levar um desenho e chegar a outro pc e descobrir que no lugar da imagem tinha c:/documents and setings/.../.../imagem.jpg.. lol mas consoante o aumento de paneleirices no autocad houve uma diminuição qulitativa de certas ferramentas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Viva. Já utilizei o Max Design 2009 e reparo que para quem não percebe nada de como modificar luzes e criar materiais, o programa melhorou bastante pois já traz algumas configurações de fábrica que funcionam bem. Nas versões anteriores para se atingirem alguns resultados semelhantes aos das configurações actuais, tinhamos de perder bastante tempo a experimentar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É verdade... O novo MAX 2009 melhorou bastante, e os materiais que acompanham o programa são já de grande qualidade. Outro software que tem crescido muito e evoluido bastante, especialmente por ser multi-plataforma e por ter um interface inovador, aliado a uma simplicidade de uso, é o MODO. Aparentemente a Autodesk anda de olho neste software também para ir às compras. Vale a pena espreitar este software. A grande vantagem dele é reconhecer os formatos "nativos" da Autodesk e ser muito barato comparativamente à concorrência. Não quero aqui lançar mexas para a fogueira nem tar a especular outros produtos, mas este é um com o qual me cruzei e do qual tenho tido agradáveis surpresas. Fica o registo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.