Jump to content
Arquitectura.pt


Connecty

BLDGBLOG - The year is 2099...

Recommended Posts

Cara amiga , Desde ja quero dar o meus parabens , mas quando diz que não lhe abre horizontes , logo a seguir contradisse , quando diz que convive com 300 pessoas por dia isso e uma aprendizagem sem igual , e não tem de ter vergonha de trabalhar numa frutaria , so lhe da experiencia , mas os meninos do papa nao podem trabalhar , nem sabem o que andam a fazer na faculdade . comprimentos , joão miranda

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara amiga , Desde ja quero dar o meus parabens , mas quando diz que não lhe abre horizontes , logo a seguir contradisse , quando diz que convive com 300 pessoas por dia isso e uma aprendizagem sem igual , e não tem de ter vergonha de trabalhar numa frutaria , so lhe da experiencia , mas os meninos do papa nao podem trabalhar , nem sabem o que andam a fazer na faculdade . comprimentos , joão miranda

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ob, É uma contradiçao que me deixa como o burro em cima da ponte todos os dias.. porque ha quem tenha a ignorancia de achar que e menos digno, pois ja me deparei com filhinhos de papa na faculdade (privada neste caso) que precisam que lhe deem umas luses de que as vezes e preciso fazer alguma coisa pla vida, que nao e so o mar de rosas a que estao habituados desde que nasceram.. Mas tambem ha o oposto. Um dia que chegue ao fim do curso ou que possa dedicar me so a arquitectura, espero que esta fase sirva de bagagem para que tenha mais "conteudo" como pessoa. Vergonha? nao de maneira nenhuma, nem de trabalhar na frutaria nem de fazer feiras aos fins de semana com a minha mae, que e feirante ao sabado e ao domingo.. Acho que ate acabo por ter um pedacinho de orgulho, e so espero que para futuro me possa valer de alguma coisa. Gostava com isto que certas pessoas percebessem que nao se deve julgar os outros pla forma como vivem ou encaram os objectivos a que se propoem, mas sim pla forma como alguns "nao vivem". Porque muita gente cresce "no seu mundinho" sem ter um bocadinho de noçao das realidades difrentes que se vivem na sociedade, e das necessidades que precisam de resposta. E isso reflecte se em tudo que tem intervensao do Homem, e talvez o grande problema seja a falta de compreensao e de flexibilidade entre opinioes difrentes seja ela qual for a tematica ou a area em questao. cmprimentos, ju

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ob, É uma contradiçao que me deixa como o burro em cima da ponte todos os dias.. porque ha quem tenha a ignorancia de achar que e menos digno, pois ja me deparei com filhinhos de papa na faculdade (privada neste caso) que precisam que lhe deem umas luses de que as vezes e preciso fazer alguma coisa pla vida, que nao e so o mar de rosas a que estao habituados desde que nasceram.. Mas tambem ha o oposto. Um dia que chegue ao fim do curso ou que possa dedicar me so a arquitectura, espero que esta fase sirva de bagagem para que tenha mais "conteudo" como pessoa. Vergonha? nao de maneira nenhuma, nem de trabalhar na frutaria nem de fazer feiras aos fins de semana com a minha mae, que e feirante ao sabado e ao domingo.. Acho que ate acabo por ter um pedacinho de orgulho, e so espero que para futuro me possa valer de alguma coisa. Gostava com isto que certas pessoas percebessem que nao se deve julgar os outros pla forma como vivem ou encaram os objectivos a que se propoem, mas sim pla forma como alguns "nao vivem". Porque muita gente cresce "no seu mundinho" sem ter um bocadinho de noçao das realidades difrentes que se vivem na sociedade, e das necessidades que precisam de resposta. E isso reflecte se em tudo que tem intervensao do Homem, e talvez o grande problema seja a falta de compreensao e de flexibilidade entre opinioes difrentes seja ela qual for a tematica ou a area em questao. cmprimentos, ju

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho q estão a entrar em questões já bastante fora do contexto inicial...n q n seja um assunto interessante...mas enfim.... Caro JCAMIRANDA por ter estado nos E.U.A. ou ter convivido com com 1 ou mais alunos das suas faculdades, n me parece conhecer bem a sua realidade pela maneira como se exprime....quanto ao facto de esses trabalharem no Macdonals só pró gozo, acho bastante ridiculo, tipo piada à gato fedorento, quem quiser fazer algo só naquela vai fazer 1 voluntariado ou ajudar o pai na loja tipo "levar o almoço ao pai", portanto talvx a sua realidade n seja assim tão real qt ao q se refere ao nosso pais e j agora quando se compara ao país q emite 25% da poluição global, q invade nações pelo simples facto de necessitar urgentemente de recursos para levantar a sua economia debil e onde quase todos os meses se houvem falar de casos de adolescentes q entram a metralhar por escolas fora...se calhar há algo q n vai bem para a terra do tio sam!!!!! Cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho q estão a entrar em questões já bastante fora do contexto inicial...n q n seja um assunto interessante...mas enfim.... Caro JCAMIRANDA por ter estado nos E.U.A. ou ter convivido com com 1 ou mais alunos das suas faculdades, n me parece conhecer bem a sua realidade pela maneira como se exprime....quanto ao facto de esses trabalharem no Macdonals só pró gozo, acho bastante ridiculo, tipo piada à gato fedorento, quem quiser fazer algo só naquela vai fazer 1 voluntariado ou ajudar o pai na loja tipo "levar o almoço ao pai", portanto talvx a sua realidade n seja assim tão real qt ao q se refere ao nosso pais e j agora quando se compara ao país q emite 25% da poluição global, q invade nações pelo simples facto de necessitar urgentemente de recursos para levantar a sua economia debil e onde quase todos os meses se houvem falar de casos de adolescentes q entram a metralhar por escolas fora...se calhar há algo q n vai bem para a terra do tio sam!!!!! Cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

"O que é a arquitectura?"... Sei que me vou deparar com questoes destas, mas talvez a pergunta deva ser formulada de outra forma: O que será arquitectura no futuro? (p fugir a assuntos que dariam pano p muitas discuçoes e voltar ao que realmente interessa) pk sobre a "terra do tio sam" haveria muito para dizer mas..... n vale a pena.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"O que é a arquitectura?"... Sei que me vou deparar com questoes destas, mas talvez a pergunta deva ser formulada de outra forma: O que será arquitectura no futuro? (p fugir a assuntos que dariam pano p muitas discuçoes e voltar ao que realmente interessa) pk sobre a "terra do tio sam" haveria muito para dizer mas..... n vale a pena.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em termos matematicos a arquitectura pode se r definida da seguinte forma: ARQUITECTURA = TEMPO X __________________ O tempo eh uma constante. A Arquitectura vai-se modificando ao longo do tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em termos matematicos a arquitectura pode se r definida da seguinte forma: ARQUITECTURA = TEMPO X __________________ O tempo eh uma constante. A Arquitectura vai-se modificando ao longo do tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"ARQUITECTURA = TEMPO X __________________" Tempo a multiplicar pelo que? E o tempo? N se altera com a arquitectura? Sou um pedaço "leiga" ainda nestes assuntos... mas tenho bem presente a importancia do factor tempo, nao consigo é perceber totalmente tal importancia. O tempo de interacçao das pessoas sofre influencias directas da arquitectura? Modifica-se, molda.se de acordo com aquilo com que se vai deparando certo? Peço desculpa se estou a sei ignorante, mas quero precisamente evoluir.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"ARQUITECTURA = TEMPO X __________________" Tempo a multiplicar pelo que? E o tempo? N se altera com a arquitectura? Sou um pedaço "leiga" ainda nestes assuntos... mas tenho bem presente a importancia do factor tempo, nao consigo é perceber totalmente tal importancia. O tempo de interacçao das pessoas sofre influencias directas da arquitectura? Modifica-se, molda.se de acordo com aquilo com que se vai deparando certo? Peço desculpa se estou a sei ignorante, mas quero precisamente evoluir.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cheguei "aqui" ha pouco, e descobri agora umas conversas bastante interessantes acerca do factor tempo para a arquitectura..lol.. que talvez sejam resposta a algumas das minhas duvidas... Dai achar que nao ha nessecidade de continuar com elas aqui, e deva ler com atençao o que foi escrito noutra pagina deste blog.. :oops:...lol.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cheguei "aqui" ha pouco, e descobri agora umas conversas bastante interessantes acerca do factor tempo para a arquitectura..lol.. que talvez sejam resposta a algumas das minhas duvidas... Dai achar que nao ha nessecidade de continuar com elas aqui, e deva ler com atençao o que foi escrito noutra pagina deste blog.. :oops:...lol.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre o tempo sugiro o estudo da obra "Da Organização do Espaço" de Fernando Távora. Também "A Poética do Espaço" do Filósofo Gaston Bachelard. O Tempo é essencial na definição e no entendimento da arquitectura p.s. Aproveita também para leres os artigos publicados na revista JA229 sob o tema "Tempo"

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre o tempo sugiro o estudo da obra "Da Organização do Espaço" de Fernando Távora. Também "A Poética do Espaço" do Filósofo Gaston Bachelard. O Tempo é essencial na definição e no entendimento da arquitectura p.s. Aproveita também para leres os artigos publicados na revista JA229 sob o tema "Tempo"

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.