Jump to content
Arquitectura.pt


imoprojectos

[Ajuda] Quando Custa E Quando Devo Levar Para Um Projecto De Arquitectura

Recommended Posts

Ora bem , quem quer paga !, quando vamos ao supermercado se escolher um produto com mais qualidade tenho de pagar mais , não e' ? . Em relação ao que referiu dos telhados a antiga Portuguesa , mais isto mais aquilo ,tem razão , digo isso porque o meu pai tem uma firma de construção civil e esta' mais virado para as coberturas , tem pedreiros que a especialidade deles e o beirado a Portuguesa ..etc, e os clientes querem tudo muito bonito , mas o preço ai e' diferente , alguns dizem , então mas o preço m2 a antiga Portuguesa e mais caro porque ?, para quem sabe fazer um telhado com beirado a Portuguesa e diferente . Por isso quem quer paga .

Share this post


Link to post
Share on other sites

ARK, seja com coberturas planas, seja com coberturas inclinadas, dá sempre trabalho... além do mais não é fazer um rectangulo, esquartejá-lo e já está... LOLOL... também nunca fiz um edificio com 4 aguas...LOLOL... e não tenho projectos tipo... na gaveta. Talvez até sejam 2 dias de desenho técnico, mas estás a esquecer-te dos restantes recursos envolvidos, do tempo de análise do local, estudo da legislação envolvida, acerto de programa, reuniões com o cliente a discutir acabamentos, soluções, etc.... PS: imagina que cobravas 1000€ ( um a coisa baratita, sem complicações), em vez dos 2500€.... sabes, eu sei!, o cliente pede-te sempre mais, exige-te alterações, depois é mais isto, mais aquilo; se és ARQUITECTO, estás feito ainda exisge mais... e os 1000€ ficaram .... o teu trabalho ficou pago a uns miseros 5 ou 6 € à hora.... É esta a realidade... já passei por ela, agora já não passo mais (felizmente), já não preciso vender projectos a preço de saldo... estive cerca de 6 anos nessa situação... trabalhava q nem um desalmado, não podia dar-me ao luxo de recusar trabalhos, ia estoirando o cérebro e a vida pessoal de tanto trabalhar... e ao final do ano... muitas vezes tinha que deixar em dívida alguns ordenados para fazer face às despesas... Pois é que EU e a minha familia não vivemos do ar.... Nem tenho mais nenhuma tábua de salvação com outro emprego... Acredito que, eparticularmente no interior, se os gabinetes/ técnicos não fizerem nada para modernizar, actualizar os recursos e conhecimentos... continuarão os trabalhos importantes (que são poucos) a "fugirem" para gabinetes nas áreas metropolitanas, muitas vezes estes também com "parcos" recursos e gabinetes de vão de escada... mas sabem como é "santos da casa não fazem milagres". Resumindo: De Qq das formas, independentemente dos recursos disponíveis ou presumivelmente afectos a uma determinada actividade/ projecto - o Custo final ao cliente terá q ter em conta o Mercado, a concorrência, a qualidade presumivelmente exigida pelo cliente e pelo fornecedor do serviço e claro está se o Prestador de serviço necessita, muito, asim assim ou pouco desse mesmo cliente... PS: O sempre acutilante ARK...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola' , Tens toda razão , e o que acabei de escrever , querem bom , bonito e bem feito , paga . O meu pai fez umas moradias na Quinta do Patino , e nem imaginas o que o proprietario e exegindo , ou porque da estrada não via o telhado , la tinham que aumentar a enpena , colocar novamente o roofmait a batomilha eo ripado feito a mão . não era ripa pre-fabricada , e a telha era de canudo a imitar a antiga , e mais era colada juntamente com um granpo , ora se tudo isso nos e exegido alguem tem de pagar , e como dizes não vivemos do ar ....

Share this post


Link to post
Share on other sites

JCAMIRANDA, os maiores trafulhices, estão sempre entregues aos empreiteiros, destes não tenha pena nenhuma... Eu trabalho por contra de outrém e tenho ateliê aberto em parceria com um colega (para as coisitas que vão aparecendo), estamos a levar 1500 euros por um projecto sério e menos do que isso, para aqueles clientes bananas que querem mais do mesmo, por mais errado que esteja, tudo isto exclui projecto de execução e alterações posteriores que são sempre à parte.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olhe , 1º não gosto de pessoas que não se indentificão com o proprio nome . Em 2º lugar se as maiores trafulheisses são os empreiteiros que as praticão , se sabe que e isso que se passa , porque não denucia , e se ha' trafulhice e porque autorizão . Mas como o mais baixo o mais pequeno , e sempre o que se lixa , e como o mixelhão . Tambem se ha trafulhice nos empreiteiros , imagine-se a cima deles ......!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

1500 , Por projecto , mas com as investigações todas ? , Não , não acredito . Acho muito pouco para um trabalho como o projecto de um edificio , analises nessecarias parao mesmo , a ai qualquer coisa que não vate certo , alguma coisa falha .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem, não sei quem é mais trafulha, se os empreiteiros ou os arquitectos?! É "muito bem" falar mal dos empreiteiros, fica sempre bem ... O facto é q durante toda a minha vida a trabalhar para outros arquitectos nunca soube o q era um contrato de trabalho! ... contrato de trabalho?! o q é isso?! ... infelizmente na classe dos arquitectos, esse documento não existe ... não faz parte do dicionário desses artistas! 99,9% dos ateliers de arquitectura pedem Recibos Verdes aos colaboradores, exigindo em troca cumprimento de horários e outros requisitos, próprios daquilo q é imposto contrato de trabalho (por conta de outrem!). A isso sim, eu chamo de TRAFULHICE! ... andam a vender gato por lebre e ninguém diz nada neste país! Porque será?! Não conheço nenhuma outra classe profissional a esmagar a sua própria classe assim dessa forma. Nem os advogados! Podiam aprender com os engenheiros! Eles são conscientes q não se podem comer uns aos outros como canibais, como fazem os arquitectos ... Para quem não sabe, Recibo Verde pressupõe prestação de serviço ... próprio de um trabalhador independente/liberal! ... É completamente ILEGAL a forma como 99,9999% dos ateliers de arquitectura trabalham com os seus colaborados! A primeira vez que tive a oportunidade sentir o cheiro de um contrato de trabalho, foi precisamente com um empreiteiro! Tinha Direitos e Deveres perante o empreiteiro. Tinha direito a 22 dias de férias, tinha direito a subsídio de almoço, 14 salários anuais (12 meses + subsídio de Natal + subs. de férias!), etc, etc ... Quando é q os Exmos Senhores Arquitectos passam a fazer isso com os seus colaboradores? ... ou será que eles não merecem?! Mais grave ainda é quando tomamos consciência dos valore envolvidos nos projectos ... Sabem qual é o valor dos honorários dos arquitectos? varia entre 1% a 10% do Valor estimado de obra ... façam as contas ... Alguns honorários são absolutamente milionários, mas os Grandes Arquitectos deste Universo, preferem gastar parte dessa massa, com grandes carros, turismo e outras coisas mais do q investir e incentivar as pessoas q produzem os seus projectos milionários! Face a essa prostituição pública (de conhecimento de todos!) ... onde está a Ordem? atrás dos pequeninos, que andam a fazer pela vida, para provavelmente não morrerem à fome. Quem são os arquitectos que vendem a sua assinatura? Porque chegam eles a essas situações de prostituição? Porque será q optam por essa via? ... e quanto custará realmente uma assinatura? ... será esse o maior problema que assola a classe hoje em dia? ... querem fazer crer que é essa situação que tipifica a máfia e a corrupção hoje instalada junto da classe?! ... ... portanto meus senhores, infelizmente os Arquitectos da nossa praça não tem moral nenhuma nem dignidade para apontar o dedo nem aos empreiteiros, nem a ninguém! Disse!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Epá não me isultem... não generalizem.... tal como tudo existe o bom e o mau...

O q é que tem a Ordem a haver com a corrupção se não aparecem as denûncias, com provas inequivocas para actuarmos!!?!?



Olá Pedro,

Não se pretende culpabilizar, pessoalizar nem insultar ninguém. Não personalize essa questão ...

Relativamente à Ordem ... usar o argumento de ninguém denunciar para a Ordem actuar, é o mesmo q assumir q afinal a Ordem não serve para nada. Se eu quiser denunciar alguem, dirijo-me à Procuradoreia Geral da República, aos Tribunais, à Polícia, etc, etc ... Não misturemos as competências das instituições com aquilo q seria o normal funcionamento de uma Ordem profissional, q não é suposto servir só para sacar €€€ aos seus membros, dando em troca "0" ou então ficar à espera dos deunciantes ...

Não podemos deixar q vultos do passado se transformem em práticas correntes. Os arquitectos não podem ser vistos como um rede de bufos, de chibos e de outras coisas mais, técnica essa mto usual no tempo da outra senhora ...

A uma Ordem profissional exige-se proactividade, no sentido de regular o normal funcionamento do exercício da profissão do arquitecto num dado território! Acontece q é absolutamente anormal o exercício dessa profissão em Portugal ... e face a isso, temos o direito e o dever (sim!) de perguntar "onde anda a Ordem?! Se não é a Ordem a zelar pelos interesses da classe, quem o fará?

O problema é q não queremos assumir publicamente q esse problema existe e é real. Queremos continuar a estar cegos e a fingir q está tudo bem?! ... continuemos assim!

Pedro, mais uma vez ... tenta não personalizar essa questão, ok?!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olhe , 1º não gosto de pessoas que não se indentificão com o proprio nome .
Em 2º lugar se as maiores trafulheisses são os empreiteiros que as praticão , se sabe que e isso que se passa , porque não denucia , e se ha' trafulhice e porque autorizão .
Mas como o mais baixo o mais pequeno , e sempre o que se lixa , e como o mixelhão .
Tambem se ha trafulhice nos empreiteiros , imagine-se a cima deles ......!!!



olhe lá e se fosse antes de mais aprender a escrever português?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estas a fazer uma pergunta , uma afirmação ou o que estas tu a fazer . No fim da tua frase esta um ponto de intorregação , porque ? Não te esqueças que todos nos temos telhados de vidro , ( sabes o que quer isso dizer ? ) lol...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ok. Deixa-me fazer melhor a pergunta. Como calculam os honorários para um loteamento? E se possivel, quais os valores? Estou perfeitamente a par, de tudo o que envolve um processo de loteamento, tenho feito varios. Contudo, tenho algumas duvidas, relativas a como orçamentar o projecto, uma vez que na area onde trabalho, se verificam preços muito dispares...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se estas a par do que se passa , então deves de saber os preços que se praticam , e os preços dispares que se praticam na tua area , servem de medida de calculo , porque deves de ter os teus preços , não . E acho que existe uma tabela a nivel Nacional , porque se continuas a procura de alguem que te diga os preços , no Sul e uma coisa , no Norte e outra . Boas Festas , Joao Miranda

Share this post


Link to post
Share on other sites

JCAMIRANDA desculpa lá qualquer coisinha.... depois de ler a tua resposta a unica coisa que me vem á cabeça é aquela célebre palavra... DAHHH!! que eu saiba isto é um forum de debate, para discutir opiniões, duvidas, etc, etc. Por isso se não sabes o que ás de dizer, mais vale estares quieto em vez de estares para aí com piadinhas. Desculpem o desabafo, mas respostas destas tiram-me do serio!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se estas a par do que se passa , então deves de saber os preços que se praticam , e os preços dispares que se praticam na tua area , servem de medida de calculo , porque deves de ter os teus preços , não .
E acho que existe uma tabela a nivel Nacional , porque se continuas a procura de alguem que te diga os preços , no Sul e uma coisa , no Norte e outra .

Boas Festas ,

Joao Miranda


Bom Dia,


Como é obvio, existem diferenças e disparidades, desconheço se existe a tal tabela a nível nacional, a resposta que me deram á alguns anos atrás quando necessitei foi que rondava os 0.25€/m²... acabei por não fazer o tal loteamento e... não sei se seria adequado ao trabalho!
Eu tenho por "norma", em trabalhos que não são directamente enquadráveis no que está descrito no livro de Cálculo de Honorários (tb disponivel no site da OA) cobrar como minimo um valor para as taxas de apresentação de projecto (que incluo no preço dado) e um valor para as cópias...isso é o mínimo e acho que todos os nossos colegas devem concordar comigo, depois... é como vos disse, este foi o valor que me deram como referência aqui para a zona Norte!
Espero ter ajudado!

Abraços, :icon14:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.