Jump to content
Arquitectura.pt


3CPO

Falhas em edifício do MIT valem processo judicial a Gehry

Recommended Posts

Falhas em edifício do MIT valem processo judicial a Gehry

http-~~-//img119.imageshack.us/img119/6729/image775091515a99vy5.jpg

Falhas num dos edifícios do complexo universitário do Instituto Tecnológico de Massachusetts, nos Estados Unidos, vão valer ao arquitecto Frank Gehry uma acção em Tribunal.Segundo a direcção daquele organismo, falhas no "projecto e na construção" do instituto Stata Center fazem com que esta estrutura sobre de problemas de infiltrações que provocaram já deficiências no piso, da mesma forma que a neve se acumule nas janelas, além de outro tipo de situações que levaram mesmo ao bloqueio de saídas de emergência.

Os donos desta obra, avaliada em 300 milhões de euros, alegam negligência por parte do arquitecto, que defendeu que a acção judicial poderia ser evitada com alguma boa vontade.

Gehry alega que "este tipo de projectos implica muita gente, pelo que é difícil perceber o que não funcionou. Um edifício prevê a existência de milhões de peças que se interligam, e a probabilidade de as reunir sem qualquer falha são quase infímas"

Fonte: JC

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hmm... não conheço o processo, mas assim superficialmente... parece-me haver alguma má fé da parte da direcção. Será que houve preocupação de primeiro averiguar responsabilidades?

Share this post


Link to post
Share on other sites

um arquitecto e em especial um com o nome frank gehry não pode ter falhas como as citadas pelo kandinsky. "...esta estrutura sobre de problemas de infiltrações que provocaram já deficiências no piso, da mesma forma que a neve se acumule nas janelas, além de outro tipo de situações que levaram mesmo ao bloqueio de saídas de emergência." isto são questões que devem ser pensadas e resolvidas logo nas primeiras maquetas de estudo... a responsabilização do arquitecto nos dias de hoje é cada vez maior como se pode ver....

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acredito piamente que Gehry, ao colocar aquelas curvas enpenadas, coisas para dentro e para fora de forma perfeitamente casuistica e disparatada, numa de perfeito egotismo/aí eu sou tão original, nunca sequer ponderou os contras, é por coisas destas que sempre o achei uma nulidade como Arq.to.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois... mortinho para que essa moda pegue, estou eu... para ver se começa a haver responsabilização de todos e não serem só alguns a levarem na cabeça (quando levam). Só assim é que se pode efectivamente falar de defesa do consumidor. Nessa altura acabariam os arquitectos-artistas armados em artistas, os engenheiros artistas armados em espertos e os construtores civis vendendo banha da cobra ao desbarato, pois aí já o mexilhão se sentiria acompanhado. Mas enquanto continuarmos a tentar mudar o 73/73 pelas piores das razões, continuarmos a ter as tradicionais lutas entre classes profissionais para ver quem é que fica com a fatia mais gordinha, continuarmos a louvar as tretas dos alvarás, como paradigma de Estado moderno (modernice essa que mais não é senão a inutil burocracia de quem tudo controla - ou assim o julga - e nada fiscaliza) e continuarmos a persistir nas declarações de honra a dizerem que está tudo em conformidade com a legislação em vigor (como modelo de dignificação e responsabilização dos autores dos projectos e directores de obra), então estou consciente que a moda ainda há-de demorar mais um tempinho.

Share this post


Link to post
Share on other sites


Gehry alega que "este tipo de projectos implica muita gente, pelo que é difícil perceber o que não funcionou. Um edifício prevê a existência de milhões de peças que se interligam, e a probabilidade de as reunir sem qualquer falha são quase infímas"

Fonte: JC


É de mim ou estou a entender mal o que ele disse? só pode estar a brincar...
Não me parece que infiltrações sejam uma 'qualquer falha' mas........

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu farto-me de rir com as vossas alegações de que o coitado do homem so pensa na estética, e mesmo que seja esse o caso, qual é o problema ? Ele faz parte de uma vertente desconstrutivista que tem tanto valor como as porcarias horizontais e brancas que nos fartamos de ver projectadas aqui em portugal. obviamente ele projecta estruturas demasiado complexas tanto nas suas formas como na sua construção, e não se esqueçam que ele tem uma equipa enorme que trabalha para ele, é certo que ele é o mentor do projecto, mas tem outras pessoas para o ajudarem a resolver os projectos, suponho que alguns deles se tenham desleixado na parte mais funcional, ou até tenha sido um erro de desenhos, visto que no atelier do senhor Ghery primeiro projecta-se em maquetes, depois em 3D e so se usam desenhos técnicos quando o projecto é enviado para obra novamente acho piada as vossas criticas as formas dele, mas aposto que muitos de voces nao tem génio suficiente para projectar formas complexas e que ao mesmo tempo sejam funcionais, eu diria que alguns tem dor de cotovelo; eu nao tou a defender o senhor Ghery, até porque nem me agrada muito este projecto em questão, mas fiquem sabendo que a vertente desconstrutivista está cá para ficar e eu acho isso bastante positivo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu também me farto de rir, o tipo copiou um projecto pouco conhecido de Le Corbusier e a partir daí, fez em todo lado, sempre a mesma santa coisa...eu não te digo qual é o projecto, vais ter que descobrir isto. Eu não percebo é como é que se afirma "suponho que alguns deles se tenham desleixado na parte mais funcional" e depois "voces nao tem génio suficiente para projectar formas complexas e que ao mesmo tempo sejam funcionais", isto quer dizer que meter água é funcional?

Share this post


Link to post
Share on other sites

e daí ? deixem o homem fazer o que quer, tu nao projectas o que queres ? qual é o problema de ter uma formula e repetir ? os Aires Mateus fazem isso inumeras vezes, vais dizer que tambem são maus arquitectos :) ele teve uma falha, é mau arquitecto por isso ? o Corbusier teve inumeras falhas, foi mau arquitecto por isso ? os teus projectos são assim tão bons k funcionam todos na perfeição ? o que eu nao entendo é a vossa vontade tão grande de criticar o Ghery, como se ele fosse um bicho de sete cabeças

Share this post


Link to post
Share on other sites

a arquitectura é uma arte, cada um faz dela o que quiser, os clientes que a compram é que tem de decidir quais as suas prioridades, mas tambem acho que a falha do Ghery neste caso especifico é um bocado grave, as falhas dele põe em risco a segurança das pessoas que habitam o edificio, agora errar é humano e todos nós cometemos falhas, mesmo aqueles arquitectos de renome

Share this post


Link to post
Share on other sites

Arquitectura não é uma Arte apenas, cada um não faz dela o que quer, há um cliente, há um projectista, a primeira condição é, o cliente paga, o projectista faz, nem que seja contra a sua própria vontade, esta ideia que tens, não passa de uma construção idiota que a maioria dos alunos faz enquanto estudante de arquitectura.

Share this post


Link to post
Share on other sites

isso do contra a propria vontade nao é bem assim, esquecendo por momentos o facto de precisares do dinheiro pra comer tu podes muito bem recusar um projecto, ou obrigam-te a fazer tudo o k te aparece ? Sim arquitectura nao é so uma arte, nao poderiamos comparar arquitectura a pintura ou escultura, é muito mais complexo que isso, temos de ter em conta toda uma serie de factores. Mas nao é isso que esta em questão, o Ghery tem um estilo de arquitectura que o diferencia dos outros, nos cá em portugal temos uma arquitectura de raizes e custa a muita gente aceitar um estilo diferente do nosso, pelo menos eu vejo isso na faculdade onde ando e os professores quase que nos obrigam a seguir um estilo, digamos, parecido ao do siza, eu sou plenamente contra isso, acho que cada um deve seguir o estilo que lhe apetece, quando falas de um cliente, acho que os clientes do Ghery ja sabem bem o que esperar quando o procura quando digo que cada um deve fazer o que lhe apetece, quero dizer que nao existe uma lei que obriga um arquitecto a fazer aqueles volumes horizontais e brancos quase sem interesse formal nenhum e que ja tou farto de ver espalhados pelo nosso pais, e gostava de ver muita gente daqui parar de criticar os arquitectos so porque nao gosta das formas deles ou porque um professor da faculdade lhes disse que o arquitecto "x" é mau, acho que deviam pensar mais por si proprios antes de falarem ou neste caso escreverem :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu já te disse, que o estilo que apregoas de Gehry não é mais do que uma cópia de um projecto de final de vida de Le Corbusier, aquele estilo não foi por ele idealizado, portanto se o diferencia dos outros não sei, sei que há incontáveis outros mais interessantes do que ele... entre eles o EST e o SV. Não sei que ideia tens do meio professional, seja qual for é errada, o cliente manda, nos no máximo podemos dar orientações e recomendar, nunca obrigar, muitas vezes há o caso do cliente mudar de Arquitecto, agora o Arquitecto recusar o cliente, isto é mais raro. Para mim o Gehry, está entre aqueles sujeitos que tem feito uma enorme quantidade de m***a no mundo da Arquitectura.

Share this post


Link to post
Share on other sites

pa, nao vale a pena continuar esta discussão, tu tens uma opinião, eu tenho outra, podiamos ficar aqui o resto da vida a tentar justificar cada uma delas, mas prefiro parar por aqui, tu achas o ghery uma m*rda, eu nao

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tu pareces ser um profundo conhecedor de Gehry, em relação a este projecto em específico...porque é que as janelas são salientes em relação ao plano da fachada, se é mais do que sabido que isto configura mais um cantinho, para ter que levar uma pingadeira/rufo/impermiabilização, se conseguires, explica-me porquê?

Share this post


Link to post
Share on other sites

ahahahaha, nao sou nem de longe um profundo conhecedor de ghery, fascina-me o trabalho dele assim como o trabalho de outros desconstrutivistas como o libeskind ou eisenmen ou até a zaha hadid assim como o trabalho de outros mas sem duvida gostava de conhecer os projectos dele mais a pormenor construtivo, tambem tenho algumas duvidas a nivel de construção que gostava de ver como ele os resolve, agora em relação ao pormenor de que tu falas, epa nao faço ideia ahahaha :), provavelmente será um capricho dele

Share this post


Link to post
Share on other sites

então mas um capricho do autor nao pode ser considerado arquitectura ? Penso que tudo o que fazemos, seja em que area for, fazemos um pouco e incorporamos um pouco do nosso gosto, nao so o que o cliente nos pede, nao vejo mal em meter caprichos nas obras, todos fazem isso, diz-me um arquitecto que nao o faça ? Todos fazem arquitectura como gostam de a fazer

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.