Jump to content
Arquitectura.pt


afnascimento

Iluminação de sala

Recommended Posts

Gostaria de recolher opiniões de como iluminar uma sala com cerca de 40 m2, cuja planta anexo, e que se vai dividir em duas zonas distintas A - Zona de refeições e B - Zona de lazer. A ideia que está no ar é aplicar focos de halogéneo no tecto falso mas não sei como devo fazer a marcação dos mesmos (espaçamentos e numero de pontos de luz). Não quero cair no erro de preencher um tecto com focos que raramente ou nunca irão ser utilizados. Por isso, queria fazer um projecto equlibrado, funcional e económico, uma vez que a sala terá uma utilização diária. Caso queiram optar por outro sistema, estou aberto a sugestões. Cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Epá... focos de halogéneo no tecto... solução comodista, fora de moda e não eficiente do ponto de vista energético... Recomendo, downlights com fluorescentes compactas por cima de zona de refeições ( sempre 3, para evitar sombras)... apliques com luz indirecta, também com flourescentes compactas ou economizadoras para restante zona, a complementar com candeeiros de pé, por exemplo para zona de leitura... Escolher temperatura de cor quente, no máximo 4000K, recomendo 3000K

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado Pedro A opinião que eu dei no inicio foi nesse sentido, criar dois ou três pontos de luz indirecta utilizando apliques de dimensões generosas com fluorescentes compactas e a utilização de um unico ponto de luz por cima da zona das refeições. Estou a tentar convencer os meus amigos a mudar de opinião mas acho que vai ser dificil. Como disse e bem, os focos são uma solução muito comodista. Já agora, que empresas/lojas de iluminação recomenda? Cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu faço projecto electricos, se quiseres manda-me a planta em DWG e eu faço-te 1 ante-ptojecto...


Para já apenas preciso de uma opinião, de qualquer forma obrigado pela oferta.
Aproveito para pedir um esclarecimento:

Para focos embutidos no tecto deve-se utilizar lampadas de 230v ou 12v com transformador?

O que achas da utilização de reguladores de intensidade para lampadas fluorescentes T5?

Um abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para já apenas preciso de uma opinião, de qualquer forma obrigado pela oferta.
Aproveito para pedir um esclarecimento:

Para focos embutidos no tecto deve-se utilizar lampadas de 230v ou 12v com transformador?

O que achas da utilização de reguladores de intensidade para lampadas fluorescentes T5?

Um abraço


eu utilizaria 230V... agora até tens lâmpadas economizadoras de 7W, vê na Exporlux
As T5, com balastro electrónico e regulador de fluxo... são mais caras...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei se já encontrou a solução, mas deverá de ter em conta qual a utilização dos espaços, se zonas de estar (sala de Tv ou de convivio) se zonas de jantar. Estes ambientes são bastante distintos na necessidade luminica dos mesmos. Em relação á escolha de aparelhos de iliminação fluorescentes com regulação de fluxo melhora a qualidade do ambiente não só na quantidade de luz mas também na cor da mesma, podendo utilizar lâmpadas de 2700ºK a 4000ºK, mas deverá de ter em conta que terá de utilizar balastros reguláveis (1-10V ou Dali), substancialmente mais caros. Um abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.