Jump to content
Arquitectura.pt


Peter

Viana do Castelo | Hotel Axis | Jorge Albuquerque

Recommended Posts

Eu faço fotografia aérea profissionalmente, com um avião de rádio controlo (o que permite trocar ideias com o pessoal enquanto estou a fazer as fotos) .
Como tenho bastantes trabalhos ligados directamente á arquitectura tornei-me bastante curioso ás questões aqui colocadas.
Assim se não chover no domingo lá estarei para fazer umas fotos e mostrar aki ao pessoal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Com esta maneira de pensar acho que deviamos demolir uma grande percentagem de edifícios em portugal. Acho que grande parte das pessoas que escrevem neste site ainda não fizeram o projecto, desconhecem completamente as regras que muita das vezes são impostas por parte dos promotores, acho que ao conseguir desenvolver um projecto destes nos dias que correm em portugal, já é alguma coisa. O que é a envolvente, o que são relações? Será que temos de ser amigos de toda a gente mesmo das pessoas de quem não gostamos? Já agora o que achas das unidades de habitação do Le Corbusier? Fica esta pergunta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para quem não conhece Viana, é de facto normal mostrar algum desagrado em relação a esta obra, visto que as actuais imagens não são de todo esclarecedoras...para os mais criticos de tudo e de todos, visitem viana e vejam a excelente combinação quer volumétrica quer por os materiais que conjuga, com a encosta de Sta. Luzia. Para mim, completamente enquadrada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Devíamos apenas aprender com os erros e não necessáriamente "demolir grande percentagem dos edificios". Quanto ás pessoas que ainda não desenvolveram "o projecto" isso é problema de cada um, mas mesmo quem não seja arquitecto tem o direito a duvidar da qualidade desta obra e a expressar o seu agrado ou desagrado de acordo com os conhecimentos que possui. Depois falas em promotores, pressões, mercado, realidade da vida profissional..muito vivido Mas eu, com consciência disso, apenas falei da obra de arquitectura... se ela resulta desses factores? talvez... Eu também posso chamar oportunismo do artista. Quando se fez o prédio coutinho, havia as mesmas pressões, os mesmos interesses, vista para o rio desde o topo, "qualidade de vida", centro da cidade e Sta luzia já existia eu conheço Viana (para o Arkk)

Share this post


Link to post
Share on other sites

boas tardes pessoalmente nao percebo como alguém conssegue comentar algo por renders sem o a cidade no fundo. em segundo nao sei porque mas sempre que aparece alguem a tentar criar com uma linguagem minimamente diferente dos monoliticos que nascem em portugal sem controlo nenhum a sempre uma critica desgarrada em que toda a gente se sabe prenunciar. é que chego a pensar segundo alguns comentários que seria melhor ter la um predio com porrada de andares e com muitas ridículas janelinhas do que uma obra feita por um arquitecto que de certeza foi nem que seja minimamente pensada. e nao podemos pensar ja que falamos no terreno involvente que esse terreno sao so os edificios á volta nao nos podemos esquecer das vias que na minha opiniao é o ponto fulcral desta obra .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoas confirmadas:

  • Peter
  • Ldrcardoso
  • Maribel
  • marcelo
  • zune
  • brunoandre
  • P23G
  • Apple_don´tworry
  • JSantos
  • necroterrorist
  • erazer190
  • pedro19
  • pedrocastro
  • ramon
  • ccristiana
  • JoanaCarv
  • edgarmarinho
  • BrunoSousa
  • gilberto pereira
  • co-driver
  • proact2004
  • RuteRaposo
  • JorgeCibrao
  • Bruno Matos
  • nunolima
  • Filipaesap
  • fredzz
  • afonso
  • Jorri
  • helena correia
  • pedrofreitas13
  • marinamg
  • netmoreno
  • juliana mina
  • Arq_Bel
  • ESCADAS
  • xanga
  • freelander
  • avasco
  • rmeira3d
  • isi
  • Daniel Ricardo
  • kel
  • Insight
  • l_exit
  • Vilma CR
  • Dreamer
O número excede um pouco os 40 devido ao período que levou entre a informação de limitar a 40 e o fecho das inscrições.

Peço desculpa a todos que gostariam de estar presentes, mas era de todo impossível colocar mais visitantes.

Apelo desde já a todos, para circularem de forma ordeira e não dispersa para que todos consigam ouvir as explicações dadas pelo arquitecto, como também para terem todo o cuidado devido a ser um local ainda em obras.

Até lá...

Cump.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alegra-me que se exponham argumentos, discutindo arquitectura, aspecto que nos ajuda a todos a crescer. Li os vossos e devo dizer que ja tinha uma opiniao formada pois visitei Viana recentemente. Esse edificio (na minha opiniao) é realmente fraco em muitos dos aspectos que devemos considerar essenciais. Um edificio evoluido tecnologicamente nao é directamente (e apenas por essa razao) uma boa obra de arquitectura. Julgo que este falha, alem da relaçao com os "vizinhos" admitindo que pode ser por continuidade ou excepçao, sobretudo na volumetria (incompreensiveis os balanços), necessidade de afirmaçao (do tal estilo fashion ou contemporaneo como lhe chamaram). Parece-me que a falta de clareza deu origem a um gesto forçado e gratuito, possivelmente iludido por uma aparente qualidade das imagens virtuais ou das maquetas. Seguramente e na minha opiniao, este edificio nao pertence de modo algum ao que de melhor se faz actualmente em Portugal. Cumprimentos a todos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá! A todos os que estiveram presentes na visita e que viram a construção de todas as perspectivas aki vai uma que provavelmente só as gaivotas conhecem. Desculpem enviar só uma foto, mas amanha no fim do dia já devo ter tempo para colocar o resto. Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Passou-se o domingo e a visita acabou. Dos mais de 40 previstos, aparecemos 37 (contagem do segurança a quem o Peter teve o cuidado de questionar). Tal como o arquitecto Jorge Albuquerque referiu, há coisas boas e outras menos boas, o projecto deu muitas voltas e como sempre, o arquitecto teve de se adaptar às circunstâncias e resolver os problemas. Agora é tempo de preparar algumas fotografias da visita para colocar cá.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu tive a oportunidade de visitar o Hotel Axis em Viana. Achei a visita muito enriquecedora e as explicações do arquitecto Jorge Albuquerque as correctas para uma boa compreensão do projecto e dos vários processos de evolução da obra.
Estão aqui expostas algumas da fotos, não são as melhores, mas as possíveis, tive o cuidado de não aparecerem as pessoas que também participaram na visita.
Quero desde já agradecer a todos os responsáveis para que essa visita tenha sido possível e um agradecimento especial ao Arquitecto Jorge Albuquerque.

Imagem colocadaImagem colocadaImagem colocadaImagem colocada
Imagem colocadaImagem colocadaImagem colocada

Imagem colocadaImagem colocadaImagem colocada

Imagem colocadaImagem colocadaImagem colocada

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas afinal , quais é que foram as explicações do arquitecto ?
Será possível fazerem um pequeno resumo daquilo que foi dito ? :(


As explicações do arquitecto, já existem em tópicos anteriores, contudo nada houve a acrescentar ao que já tinha sido explicado na primeira visita.
Apenas foi explanado as dificuldades normais que foi executar o projecto até ao fim.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ele limitou-se a fazer uma visita guiada pelos vários espaços do hotel, explicando as vicissitudes da obra, explicando um ou outro pormenor, quando solicitado. de salientar que as solicitações foram poucas....! A obra está em fase de conclusão, e por isso a visita centrou-se nos pormenores e acabamentos. Na minha opinião continua a ser um bom projecto, com coisas boas e outras menos boas, mas isso todos nós sabemos que desde o 1º risco à conclusão da obra, corre muita tinta, para o bem e para o mal!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Conforme prometido aqui vão mais algumas fotos da construção e da envolvente. Visto que a envolvente ao hotel tem sido tema de discução queria que mesmo akeles que não conhecem a zona tivessem a possibilidade de avaliar por si. ps:afinal akele marado do aviãosinho andava a fazer alguma coisa :(

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem, antes demais é preciso agradecer pelas excelentes fotografias que aqui são gentilmente cedidas pelo papachiclas! Obrigado :( Sem dúvida que estas imagens ajudaram a esclarecer algumas questões aqui colocadas sobre a envolvente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sem dúvida que as fotos do papachiclas dão uma outra prespectiva ao edifício. Ainda bem que o aviãozinho levantou :( Da anterior visita, para esta, o que mais me desagradou foi a solução aplicada para o pátio voltado a sul, sobre o health club, e o centro de negócios. Apesar de já nessa altura já estarem previstas, só agora foi possível perceber como as clarabóias quebram a fluidez espacial. O remate junto à Rua da Banderia (chama-se assim?), a sul, também ficou a perdeu... isto para não falar da piscina (tanque) exterior, junto ao restaurante, que foi pensada à posteriori e sem qualquer ligação com o espaço e potencialmente com pouco uso, coisa que também fez alguma confusão ao Jorge Albuquerque. No fundo essa plataforma e a ligação à rua podia ter sido resolvida de uma outra forma, talvez como estava previsto nos esboços iniciais, mas o dono de obra quis aproveitar mais uns metros quadrados de área útil coberta... e falar agora é fácil...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.