Jump to content
Arquitectura.pt


Dreamer

Londres | Hoxton Square | Zaha Hadid

Recommended Posts

Encontrei pouca informação sobre o projecto, mas é o suficiente para considerar esta como uma das mais interessantes obras desta arquitecta...
Tenho por vezes sido crítico em relação a várias obras, mas nesta tenho de dar o braço a torcer... afinal parece estar a mudar de rumo... ou talvez seja apenas temporário... já que revela uma preocupação com a envolvente que noutros exemplos tinha deixado muito a desejar...
É certo que é uma presença forte numa envolvente algo conservadora, mas parece ter um cuidado acrescido com alguns detalhes que valorizo na arquitectura...
Pode ser uma condicionante do programa, uma condicionante do lugar, mas é no mínimo um caso que gostava de ter mais informação... talvez até uma visita :)

Imagem colocadaImagem colocadaImagem colocada


Para ver melhor fica aqui o link de um pequeno vídeo:
Link do video:

[ame="

"]YouTube - ZAHA HADID 33-34 HOXTON SQUARE COMING SOON[/ame]

Share this post


Link to post
Share on other sites
Esta senhora é sem duvida muito boa! Pena ser feia, fora isso, "tipo pah mêmo naquela" :-)
Comecei desta forma, para não colocarem em dúvida a minha opnião sobre a sua arquitectura, mas sim sobre esta obra.
Fluides do espaço, a imagem de renders, o grafismo, maquetas, etc, temas que ela ja nos habituou.
A questão que coloco para comentarem, se acharem interessante, resume-se a dois pequenos pontos; quem diz pequenos, neste casso são grandes.
Cércea da envolvente, não é uma questão a qual devemos respeitar, a nível de enquadramento visual, estético, podendo ou não originar uma continuidade própria da rua ou avenida, evitando a sua descaracterização?
Será que essa envolvente dentro de alguns anos irá ser demolida? E as Cérceas restabelecidas, pelo edíficio mais correcto?
estudo de alçados, da envolvente, não coloco em causa a sua inexistencia, mas o que ela nos apresenta, "tipo pah mêmo naquela".
Gosto imenso do seu trabalho, mas este, coloco algumas interrogações a nivel arquitectonico e imagem.

Vou alongar e sair um pouco do contexto da Zaha Hadid, mas pergunto, até que ponto a nossa sociedade contemporânea, vê e sente os edifícios arquitectónicos contemporâneos da forma mais correcta, deixando de lado o impacto visual que muitos deles causam, bem como o “ tema” da “caixa branca, com grandes janelas”.

Share this post


Link to post
Share on other sites

uma oradora que marcará presença no maior evento de arquitectura do ano em portugal, a primeira trienal de arquitectura em portugal.



:nervos: Nunca mais chega o dia.... Eu vou lá estar sem dúvida nenhuma... Pena são os 250 € :)
Ah claro que se forem estagiários ou estudantes são 150€

Share this post


Link to post
Share on other sites

assim à primeira vista há algo que me faz gostar! Se calhar é uma linguagem que não é própria da Hadid, mas de outros estilo Herzog ou Koolhas. Parece interessante, é dificil dizer mais com estas imagens. Se por um lado aquele levantar do volume parece interessante como linguagem, por outro penso que é um pouco desmesurado tendo em conta a envolvente..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foi precisamente isso que me cativou... a mudança de linguagem... Tal como disse antes, revela uma maior preocupação com a envolvente... mas sendo a senhora que é, não podia estar "demasiado" integrado... Gosto particularmente do arranjo realizado no interior do terreno, nomeadamente em relação aos pátios, da forma como eles se ligam com os pátios vizinhos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depende do ponto de vista... para o que ela tem feito, este revela pelo menos alguma integração... há que analisar o projecto sem ver apenas a enorme empena... a informação não é muita, mas dá para perceber algumas coisas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também acho esta solução da Zaha Hadid mais interessante das que tem apresentado ultimamente. Provavelmente as condicionantes do projecto é que forçaram aquela fachada que parece retirada do filme Playtime, mas, na minha opinião, esta extravagância contida resulta muito melhor do que as naves espaciais dela. Já tinha desistido da Zaha, pode ser que os próximos projectos tenham mais bom senso como este. Edit: Bem, eu a escrever isto até parece que percebo muito disso, obviamente que quem sou eu para criticar a Sra Arquitecta.... :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

:appl:
Não sei porquê mas adoro essa mulher... E já sofri com este gosto... tipo chumbar o ano..... Mas adoro...


podes explicar porque chumbaste de ano por gostares da zaha??

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na Lusíada de Lisboa há professores que dizem na cara dos alunos... Não inventes, abre um livro do siza e copia literalmente.... Quando conheci zaha hadid, comecei a devorar todos os livros dela, a tentar conhecer todos os seus projectos, e isso influenciou-me os trabalhos... Claro está que esse tal senhor que se imagina professor de projecto, pensou que eu estava a desafiá-lo... Resultado... puffas um ano perdido :* Mas são aguas passadas, já estou cá fora há muito tempo, e adoro o que faço. Continuo a gostar imenso dela, mas tenho a consciência de que são trabalhos que não se aplicam à consciência dos portugueses...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na Lusíada de Lisboa há professores que dizem na cara dos alunos... Não inventes, abre um livro do siza e copia literalmente.... Quando conheci zaha hadid, comecei a devorar todos os livros dela, a tentar conhecer todos os seus projectos, e isso influenciou-me os trabalhos... Claro está que esse tal senhor que se imagina professor de projecto, pensou que eu estava a desafiá-lo... Resultado... puffas um ano perdido :*
Mas são aguas passadas, já estou cá fora há muito tempo, e adoro o que faço. Continuo a gostar imenso dela, mas tenho a consciência de que são trabalhos que não se aplicam à consciência dos portugueses...

zaha é o futuro da arquitectura mundial, os projectos dela ~sao de uma criatividade unica, mas tenho consciencia que, para muitas pessoa isso lhes provoque algum incomodo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na Lusíada de Lisboa há professores que dizem na cara dos alunos... Não inventes, abre um livro do siza e copia literalmente.... Quando conheci zaha hadid, comecei a devorar todos os livros dela, a tentar conhecer todos os seus projectos, e isso influenciou-me os trabalhos... Claro está que esse tal senhor que se imagina professor de projecto, pensou que eu estava a desafiá-lo... Resultado... puffas um ano perdido :*
Mas são aguas passadas, já estou cá fora há muito tempo, e adoro o que faço. Continuo a gostar imenso dela, mas tenho a consciência de que são trabalhos que não se aplicam à consciência dos portugueses...


Isto é um exemplo daquilo que eu tanto critico nos cursos artísticos.

Os "profs", dizem que devemos ser criativos, mas depois estão sempre a impor os gosto deles.

Porque é que raio, um gajo não pode fazer as coisas como gosta, principalmente em artes?
Se for para ser igual aos outros... o que me interessa ser considerado um criativo?
Só se pode inovar, quando ja se tem mais de 10/20 anos de trabalhos a "imitar"?

Acho que existe por essas bandas um "medo" de aparecer um inovador...

Por acaso gostava de ver um gajo novo com dinheiro... que começa-se a "abafar" essas pessoas, que estão sempre a criticar a inovações artísticas dos "mais novos"...

Share this post


Link to post
Share on other sites

zaha é o futuro da arquitectura mundial, os projectos dela ~sao de uma criatividade unica, mas tenho consciencia que, para muitas pessoa isso lhes provoque algum incomodo.


Consegues explicar o que está por detrás da forma de qualquer projecto da Hadid? Ou dizes isso apenas com base em imagens?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Consegues explicar o que está por detrás da forma de qualquer projecto da Hadid? Ou dizes isso apenas com base em imagens?

Isso é uma pergunta para a Zaha só ela te pode responder, eu vejo ela como uma nova vanguarda da arquitectura

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso é uma pergunta para a Zaha só ela te pode responder, eu vejo ela como uma nova vanguarda da arquitectura


Só não há mais arquitectos inovadores, porque não querem!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na Lusíada de Lisboa há professores que dizem na cara dos alunos... Não inventes, abre um livro do siza e copia literalmente.... Quando conheci zaha hadid, comecei a devorar todos os livros dela, a tentar conhecer todos os seus projectos, e isso influenciou-me os trabalhos... Claro está que esse tal senhor que se imagina professor de projecto, pensou que eu estava a desafiá-lo... Resultado... puffas um ano perdido :*
Mas são aguas passadas, já estou cá fora há muito tempo, e adoro o que faço. Continuo a gostar imenso dela, mas tenho a consciência de que são trabalhos que não se aplicam à consciência dos portugueses...


E tu achas que no teu tempo de estudante tinhas capacidade para fazer aquele tipo de arquitectura? É certo que como estudantes temos que ser arrojados e ser muito criativos, mas se não dominamos os volumes mais simples como é que vamos conseguir fazer uma coisa dessas?

Share this post


Link to post
Share on other sites

A maioria das pessoas que vêm obras originais em tudo o que é sítio (original pouco tem a ver com vanguardas), não tem o mínimo de cultura Arquitectónica e confundem a palavra criatividade com "volumes empenados apenas porque sim", a criatividade prossupõe a resolução de um problema de forma inovodora, pouco tem a ver com excentricidades ridículas dos Arquitectos puramente estéticos. O Siza trabalha muito assim, apesar das suas obras serem citações de muitos autores conhecidos, ele apresenta nas suas melhores obras uma resolução de um problema com novas roupagens Arquitectónicas, é essa leitura da História com inovação, que permite dizer, este gajo é criativo.

Mas pronto, estas conversas agudizam sempre a idiotia aguda, há um tipo que faz coisas tortas, redondas e com uns buracos e pronto, conclui-se que é uma vanguarda (apesar de há mais de meio século se fazer coisas iguais), são estes os alunos, que saiem das universidades portuguesas.

E depois há esta relação completamente estúpida, isto também é genérico como asserção de um idiota:

- volumes simples=não criativo/volumes complexos=muito criativo.

Isto é o mínimo conhecimento comum do que é a Arquitectura e são as palhaçadas que vem inscritas na maioria dos Arquitectos que se formam. Os cinco anos de estudo são para isso? Puro vácuo em termos conceptuais...

Share this post


Link to post
Share on other sites

A maioria das pessoas que vêm obras originais em tudo o que é sítio (original pouco tem a ver com vanguardas), não tem o mínimo de cultura Arquitectónica e confundem a palavra criatividade com "volumes empenados apenas porque sim", a criatividade prossupõe a resolução de um problema de forma inovodora, pouco tem a ver com excentricidades ridículas dos Arquitectos puramente estéticos. O Siza trabalha muito assim, apesar das suas obras serem citações de muitos autores conhecidos, ele apresenta nas suas melhores obras uma resolução de um problema com novas roupagens Arquitectónicas, é essa leitura da História com inovação, que permite dizer, este gajo é criativo.

Mas pronto, estas conversas agudizam sempre a idiotia aguda, há um tipo que faz coisas tortas, redondas e com uns buracos e pronto, conclui-se que é uma vanguarda (apesar de há mais de meio século se fazer coisas iguais), são estes os alunos, que saiem das universidades portuguesas.

E depois há esta relação completamente estúpida, isto também é genérico como asserção de um idiota:

- volumes simples=não criativo/volumes complexos=muito criativo.

Isto é o mínimo conhecimento comum do que é a Arquitectura e são as palhaçadas que vem inscritas na maioria dos Arquitectos que se formam. Os cinco anos de estudo são para isso? Puro vácuo em termos conceptuais...


:clap::clap::clap::clap::clap:

Não podia estar mais de acordo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.