Jump to content
Arquitectura.pt


3CPO

Évora | Escritórios ‘Montado’ | Ventura Trindade arq.tos

Recommended Posts

Escritórios ‘Montado’ - Évora
Ventura Trindade arq.tos . 2005

Um antigo armazém de lãs construido no período do ‘Estado Novo’ e entretanto desactivado foi proposto para instalação provisória da sede de uma pequena empresa. Os clientes tinham previsto a instalação de um escritório-tipo, com tectos falsos e paredes divisórias em alumínio, ar condicionado e todos os demais adereços que desenham um escritório sem história.
O argumento principal do projecto, pareceu-nos, no entanto, que residia precisamente no modo como se poderia compatibilizar a lógica de grande nave do armazém com o programa dos escritórios, com áreas em ‘open-space’, gabinetes reservados e sala de reunião.
Propusémos simplesmente instalar umas caixas em madeira abertas no topo, contendo cada uma um gabinete, dispostas de modo a criar um espaço aberto central com as áreas de secretariado e zonas no limite com as paredes do armazém onde estabelecer o restante programa.
Entre estas enormes ‘embalagens’ foi montado um pavimento sobre-elevado em contraplacado anti-derrapante, habitualmente usado nos semi-reboques dos camióes. Debaixo deste estrado desenvolvem-se todas as infraestruturas técnicas, incluindo um sistema de aquecimento industrial a gasóleo e sancas de iluminação indirecta que, reflectindo sobre a madeira clara das caixas cria um ambiente confortável.
Abriram-se os respiradouros existentes na lage de cobertura para permitir a entrada de luz natural difusa, que complementa a que entra pelas janelas laterais.
Um espaço existente sobre a galeria exterior da entrada permitiu introduzir a sala de reuniões, a que se acede por uma escada existente. No patamar superior, uma abertura permite espreitar a nave de trabalho, com os chefes a controlar os funcionários cá em baixo, como no filme de Jacques Tati.

Fonte: EuropaConcorsi


Imagem colocada Imagem colocada

Imagem colocada Imagem colocada Imagem colocada

Imagem colocada Imagem colocada Imagem colocada Imagem colocada Imagem colocada

:)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citando o Pedro Barradas: "Interessante, em termos históricos e conceptuais... mas não penso que seja apelativo trabalhar dentro das células..."


não existe qualquer sensibilidade na questão do bem-estar psicológico do "triste" que vai la trabalhar...


Concerteza que o Sr Arq não projectava isso para ele ...

Share this post


Link to post
Share on other sites

um armazém que, por si só, já é encerrado a "solução" é "encerrar o encerrado" podesse dizer que em termos de fotográficos é interesante, trabalhar naquele espaço deve ser...algo estranho(para conter nas palavras) é uma experiência interessante e, antes de tudo, a utilização de caixas...foi preciso pensar muito neste projecto? mais, a planta de localização é desnecessária porque quem trabalha ali de certeza que ve pouco o exterior...digo eu mas talvez em termos monetários tenha sido compensador.

Share this post


Link to post
Share on other sites

e quando se sabe que a arquitectura é feita para AS PESSOAS, para o proteger, abrigar e que a arquitectura deve transmitir conforto(ja la dizia o Vitruvio, arquitectura só o é segundo 3 principios, firmitas, COMODITAS e venustas), pergunto me...onde está o conforto nesta intervenção...quando vi a principio a fotografia pensei tratar se de uma 'instalção artistica' ou um jardim zoologico interior com os animais em caixas de madeira...secalhar seria um melhor uso a dar ao espaço em vez de escritório...o sr. arquitecto parece ter sido influenciado por uma qualquer fotografia de um escritório de uma grande cidade o que não é bem o caso de évora muito menois o do local dos armazéns...:p

Share this post


Link to post
Share on other sites

pois, eu ate pensei q as celulas fossem baixinhas e que estando sentados podiamos ver os olhos bonitos da colega da frente, mas depois vi a foto com as portas e aprecebi-me do tamanho daquilo... enfim... pode ser que a colega me de uma foto pra por na parede... :p

Share this post


Link to post
Share on other sites

é triste ver os arquitectos a deixar o utilitas para trás! cresçam, a arquitectura não é egocentrismo! o bom arquitecto faz coisas belas, funcionais e sólidas, sendo que todas estas componentes têm que ser bem maturadas =)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.