Jump to content
Arquitectura.pt


Magg

Depois de ler alguns post destes tópicos

Recommended Posts

Aqui vai mais uma desesperada contar a sua história.. Já trabalho à 5 anos ( ainda estudava já dava umas naifadas no mundo profissional), acabei o curso e continuei trabalhando.. entretanto mudei de atelier devido a " cunhas", " conhecimentos" e afins.. Dou por mim á cerca de 7 meses no desemprego. Ainda consegui ingressar numa equipa no algarve por breves momentos , mas eles nao queriam um arquitecto, queriam um escravo. Resolvi por vontade própria sair ( atenção, neste ultimo tb entrei com a querida e tão familiar " cunha" ) Não tenho vergonha de admitir o meu ingresso através de cunhas.. foi a unica maneira. Depois de mais de 500 curriculos mandados, 5 respostas negativas e uma a dizer que não teriam honorários à minha altura.. dei férias á guerra que estava a travar!! Porque estava a dar em louca e a raiva estava a apoderar-se da minha boa pessoa. Continuo a mandar curriculos, compro e vasculho tudo o que posso em arquitectura, ( nego-me a morrer dentro da minha paixão) mas tive de me virar para outro lado tinha de comer...sendo neste momento administrativa numa empresa de Imagem e Comunicação. Atribuo uma grande parte de culpa aos " meninos " que se dispoem a trabalhar por 0€ ao mês.. esses sim dão cabo do mercado, pois leva os arquitectos a pensar: " se posso por até 5 seres humanos a custo zero, pq vou colocar um a pagar 900€ ao mês? " É uma situação desesperante, mas acredito viamente q um dia tudo isto irá mudar... não podemos é baixar os braços, qt muito damos um timming. Viva as " cunhaaaaaaaaaaaassssssssssssss " " Paciencia é uma virtude ":icon_pistoles:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tentaste mandar algum desses 500 curriculos para o país vizinho? :p Nos 20 emails que mandei para a Holanda, recebi 18 respostas na semana seguinte... Abraços e boa sorte

Share this post


Link to post
Share on other sites

às vezes em vez de se desesperar e perder as esperanças devia-se pensar que se poderia experimentar enviar para outro país. Caso formos aceites já é mais uma experiência no teu curriculum se quiseres continuar a querer concorrer aqui. Eu parado não fico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois, pensei por diversas vezes tentar o estrangeiro, nomeadamente o nosso vizinho, mas qd analiso tudo aquilo porque já passei, as 5 vezes que mudei de cidade, juntando-lhe o facto de ter de começar tudo do zero ( amizades, conhecimentos, esforço profissional, extremas saudades e a solidão ) fez-me por um travão. Sou de tenra idade, mas para bem psicologico fui quase que obrigada a criar algum ponto de segurança na vida e no meu caso, foi escolher uma cidade agradavél e com alguma possibilidade de movimentação dentro do " meu " meio e PARAR.. Faz falta ter qq coisa palpavél para andar para a frente!! Sou conhecida pelos meus amigos como "a ciganita" marafada!! Agora tou a dar férias á luta.. ando a carregar armas, bagagens e cabeça.. Depois " mi aguardem" XULOfuna power.. ehehe.. :icon_pistoles:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deixa-me só dar-te uma dica... Terminei o curso à 4 anos e embora esteja a ser muito complicado, vou-me safando. Mas eu já andei por todo o lado e garanto-te, o interior do país tem falta de arquitectos. Além dos malfadaos estágios a custo zero, o problema tb passa pelo facto de ninguém querer sair das grandes cidades. Boa sorte e não desistas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite,

Estive a ler as suas mensagens, e não encontrei qualquer referencia a onde vive actualmente e em que zona do país pretende trabalhar.
Neste momento estamos a começar a procurar uma/um arquitecta(o) para trabalhar em lisboa.
Somos um grupo ( pequeno) de empresas de promoção e construção de edificios para habitação, embora estejamos a pensar deversificar a area de negócio.
caso tenha interese, envie o seu curriculum ou o seu contactopara pauloafonso@hca.pt (isto sem cunhas:)) que posteriormente enviar-lhe-ei mais em pormenor as funçoes pretendidas. Desde já adianto que são funções acompanhamento/analise de projectos, projectos de execução / pormenor, alem de arquitectura de interiores. No entanto, terá de igual modo outras vertentes, pois trata-se de dar apoio aos departamentos de produção e comercial.

Cumprimentos
Paulo Afonso

Share this post


Link to post
Share on other sites

RITA Deixa-me só dar-te uma dica...
Terminei o curso à 4 anos e embora esteja a ser muito complicado, vou-me safando.
Mas eu já andei por todo o lado e garanto-te, o interior do país tem falta de arquitectos.
Além dos malfadaos estágios a custo zero, o problema tb passa pelo facto de ninguém querer sair das grandes cidades.
Boa sorte e não desistas


Deixa-me dar o exemplo da minha vila com oito mil habitantes, umas 2000 familias ficando a 90 kilometros de Viana do Castelo e 50 de Vigo, esta terra tem 1 arquitecto...... E 5 pessoas a estudar arquitectura prontas para regressar, eu sou uma delas e já ando a ver se encontro ateliers no estrangeiro....... Isto esta mal em todo o lado...;)
Bom boa sorte nesta guerra.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.