Jump to content
Arquitectura.pt


JVS

O Ultimo Filme que Vi

Recommended Posts

Nem antes nem depois! O filme não esta a gozar com nenhum cego! E se entrarmos por essa via... qualquer dia são os terroristas a fazer protestos, por causa dum filme. Mas acho que ninguém quer ver como eles protesta..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gonçalo Cardoso Dias... os 3 últimos filmes feitos... ate vem complementar a historia! Como é que o Vader se tornou mau... se era bom? Essa é a historia que conta os 3 primeiros episódios. E tem mais... como é que surgiram aqueles soldados todos iguais? Entre outras questões...

Com já disse anteriormente... a saga era de 6 episódios... mas só foram feitos os 3 últimos por questões financeiras, pois na altura G. Lucas não tinha grandes apoios. Porque se fores ver o 1º filme antigo do Star Wars... vais econtrar: "Star Wars - Episodio 4".

Dizeres que os 3 ultimos filmes feitos são para as novas geraçãos enganas-te... são para os "amantes" do Star Wars... porque quem nunca viu os antigos, ao ver os novos, não gosta e perde o interesse pelo o resto da saga.

Alias... para quem nunca viu Stars Wars... o grandemente recomendado é: ver primeiro o 4º, 5º e o 6º episodio... e só depois ver o 1º, 2º e o 3º...
Porque o principal da historia são os 3 ultimos, os 3 primeiros são simplesmente para complementar as perguntas deixadas nos outros.

Como tambem já disse... G. Lucas dedicou a sua vida e dedica ao Star Wars... e isso ele faz bem, digam o que dizerem... e não faz só para ganhar dinheiro, porque isso já ele tem. Faz porque gosta!


Desculpa a resposta tardia, só agora é que vi que me respondeste.

Eu conheço bem a historia dos filmes, e quando me disseram que iam fazer os primeiros episódios da história fiquei contente. Contudo quando vejo o resultado acho que está tudo muito dirigido para os teenagers americanos, que vão com o seu saco de pipocas e bebida jumbo-size e que não conseguem focar a sua atenção mais do que 10 segundos no ecran. Alias basta ver o episode 1 que se percebe que isto é mesmo assim.

Agora acho que se é para responder as questões erraram nos filmes que deviam ter feito, eu enquanto fã dos três primeiros filmes tenho muito mais questões sobre o que acontece a partir deles e não sobre o que acontece antes deles, mas se calhar sou só eu.

Mas concordo contigo o Lucas faz isto porque gosta. Gosta de dinheiro. Alias basta ver a vergonha que foi o ultimo filme de Indiana Jones, que até o Spielberg está a considerar a hipótese de fazer outro mas bom. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho fantastica esta critica. Acho excelente. Finalmente a literatura portuguesa aparece no mapa dos EUA. Hoje comecam a querer ler o livro que deu azo a este filme, depois vao querer ler os livros todos dele e depois comecam por ler a literatura portuguesa... e diga-se de passagem ela eh tao boa como a literatura russa do sec XIX. Eu adoraria ver o Crime do Padre Amaro, os Maias, o Frei Luis de Sousa realizado por Hollywood...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nem antes nem depois!
O filme não esta a gozar com nenhum cego!

E se entrarmos por essa via... qualquer dia são os terroristas a fazer protestos, por causa dum filme. Mas acho que ninguém quer ver como eles protesta..


Os terroristas nao protestam. Matam.:) Eh diferente. Basta ver o que fizeram ao embaixador dinamarques em Islamabad.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os americanos sao muito praticos. Eles veem o filme e deparam-se com aquele imaginario... nao querem saber se eh uma matafora ou nao... eh o que mostra ser...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora acho que se é para responder as questões erraram nos filmes que deviam ter feito, eu enquanto fã dos três primeiros filmes tenho muito mais questões sobre o que acontece a partir deles e não sobre o que acontece antes deles, mas se calhar sou só eu.

Mas concordo contigo o Lucas faz isto porque gosta. Gosta de dinheiro. Alias basta ver a vergonha que foi o ultimo filme de Indiana Jones, que até o Spielberg está a considerar a hipótese de fazer outro mas bom. :O


Eu sou fã do Star Wars... gosto dos antigos e dos novos. Admito que o 1º dos novos talvez não seja lá grande coisa, mas esta bom. Eu quando vejo um filme analiso todos os aspectos.

No que toca ao Indiana Jones... tens que ver que a realização é directamente do Spielberg. Ele querer fazer um melhor, fico mais que claro na historia deste filme, ou achas que o filho do Jones entrou só por entrar?

Agora foi vergonha porque? Por causa da historia ou por causa dos efeitos especiais? Se foi por causa da historia que dizes que foi vergonha, discordo completamente contigo, aquilo é uma historia típica do Indiana. Se foi por causa dos efeitos especiais, realmente espantou-me um pouco ver os dois melhores realizadores de efeitos especiais terem cometido algumas falhas.

So um a parte... e a titulo de curiosidade.
O meu filme(s) preferido é o Star Wars... mas o meu realizador preferido é o Steven Spielberg, alias digam o que disserem é o melhor realizador de cinema da actualidade (digo da actualidade, porque não se pode fazer comparações com realizadores de outros tempos, pois não tinham os meios que hoje existem)!

Outro a parte... Gonçalo, eu também gostava que ele fizesse o 7, 8 e 9 episódio... :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sou fã do Star Wars... gosto dos antigos e dos novos. Admito que o 1º dos novos talvez não seja lá grande coisa, mas esta bom. Eu quando vejo um filme analiso todos os aspectos.


Eu também analiso todos os aspectos dai achar que os episódios 1 a 3 estão muito mais orientados para uma geração nova de fans do que propriamente para os fans antigos. E tenho de admitir que é natural que assim seja, apesar de eu não gostar.


No que toca ao Indiana Jones... tens que ver que a realização é directamente do Spielberg. Ele querer fazer um melhor, fico mais que claro na historia deste filme, ou achas que o filho do Jones entrou só por entrar?

Agora foi vergonha porque? Por causa da historia ou por causa dos efeitos especiais? Se foi por causa da historia que dizes que foi vergonha, discordo completamente contigo, aquilo é uma historia típica do Indiana. Se foi por causa dos efeitos especiais, realmente espantou-me um pouco ver os dois melhores realizadores de efeitos especiais terem cometido algumas falhas.


Bom mas tu sabes que quando se lida com grandes estúdios quem decide os guiões é a produção e não a realização, certo?

Alias o Lucas recusou uma tonelada de scripts para este ultimo filme e criou uma grande expectativa em relação a ele dizendo que este era o melhor.

Queres saber porque é que eu acho que foi uma vergonha? porque falhou numa coisa que nunca nenhum filme de indiana jones falhou, a coerência formal de tudo, ou seja, em qualquer outro dos filmes de indiana jones a passagem do ponto A para o ponto B é explicada perfeitamente, muita das vezes com um desafio que o herói da saga tem que ultrapassar. Nesse aspecto este falhou demasiadas vezes.
Em relação aos efeitos especiais acho que nem preciso de escrever mais sobre o assunto.

como ultimo apontamento só posso dizer que o filho do indiana jones tem um karma com os macacos da selva fantástico.

So um a parte... e a titulo de curiosidade.
O meu filme(s) preferido é o Star Wars... mas o meu realizador preferido é o Steven Spielberg, alias digam o que disserem é o melhor realizador de cinema da actualidade (digo da actualidade, porque não se pode fazer comparações com realizadores de outros tempos, pois não tinham os meios que hoje existem)!

Outro a parte... Gonçalo, eu também gostava que ele fizesse o 7, 8 e 9 episódio... :)


Consegues fazer uma coisa que eu não sou capaz, dizer o filme preferido. Nunca consegui fixar-me num único. Adoro Starwars, mas também adoro filmes como "The Stiing", "Il postino", a saga de "Lord of the Rings", etc...

Durante anos pensei que o meu realizador preferido era o Steven Spielberg, hoje em dia ja não penso isso, e mais uma vez fico um pouco encravado e não consigo dizer-te um favorito. Adoro o trabalho do Tim Burton, do Chris Knolan, Woody Allen, etc...

O que é engraçado é que eu também gostava que fizessem o 7, 8 e 9, mas por favor metam-nos em mãos decentes e não voltem a fazer um casting como fizeram com o anakin skywalker... ele merecia um actor pelo menos... e não um aspirante a estudante de arquitectura. (pelo menos na altura era o que ele dizia que queria fazer)

Share this post


Link to post
Share on other sites

No que toca a Star Wars e Indiana Jones... acho que não vale a pena dizer muito mais... :) Eu dizer que é o meu filme preferido, não quer dizer que não goste de outros filmes, simplesmente é daqueles filmes que faço sempre questão de mencionar em 1º lugar quando falo dos meus filmes preferidos. Porque gosto bastante de vários filmes... alias gosto de tantos que nem sei quais destacar, mas talvez o "Terminal do Aeroporto", "Gladiador", "Cloverfile", "A.I."... etc... etc... No que toca a realizador, claro que gosto de ver o trabalho de outros realizadores, mas Steven Spielberg continua a ser aquele realizador que me faz ir ao cinema ver todos os filmes onde ele mete a mão... Acho que ele é o melhor, porque faz os filmes reais, mesmo que sejam filmes de ficção cientifica, ele consegue realizar o filme de uma forma que o espectador acredita que aquilo é exactamente assim e não é ficção. É um realizador que poucas falhas comete na realização e está sempre atento aos pormenores. É um realizador, que pega num actor, e consegue fazer esse actor um bom actor. Neste campo dou o exemplo do Leonardo DiCaprio... desde que trabalhou com ele, a meu ver, ficou um actor muito melhor. E depois é também um realizador que muitas vezes pega num actor e faz vários filmes com ele, filmes seguidos, mas o espectador não fica cansado de o ver nos ecrãs vezes seguidas. Nem todos os realizadores são capazes disso. E o mais recente exemplo é o miúdo dos Transformers... esse ele não o vai largar durante os próximos tempos... Para quem gosta dele... digo desde já... que 2009 será o ano do Steven Spielberg... vem ai vários filmes com ele na produção. Em 2010... vem ai um filme sobre o Lincoln. Em 2011 retorna a realizar ficção cientifica com Interstellar. E para os amantes do Tintim... em 2009 terão um filme dos estúdios do Steven... :O

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabei de vir do cinema... fui ver o Gomorra. É um filme documental... interessante e ate esta bem feito. Ve-se realmente como a máfia de Napolis funciona.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Imagem colocada
Heterodoxa representação do Tom Cruise e algumas piadas com a dita o final esta muito fraquinho.


Imagem colocada
Fantastico
Este filme esta condenado a ter o mesmo percurso do lebowski, uma má recepção ao principio tornando-se mais tarde num filme de culto.

Imagem colocada
Argumento original com enredo gasto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

4/10/2008

Filme de Fernando Meireles enfureceu associações de cegos norte-americanas

"Ensaio Sobre a Cegueira" não esgotou salas na estreia em Nova Iorque


O filme do brasileiro Fernando Meirelles "Ensaio Sobre a Cegueira", baseado no livro de José Saramago, estreou ontem em Nova Iorque mas não esgotou as salas onde foi projectado.

Dos 194 lugares disponíveis para a sessão das 20h no Cinema Chelsea Clearview, em Nova Iorque, venderam-se 157, segundo adiantou fonte daquele estabelecimento. E se foi difícil convencer os nova-iorquinos a comprar bilhete para o filme, também não foi fácil manter a atenção dos que o fizeram.

Meia-hora depois começar o filme, três pessoas abandonaram o auditório 6 do Cinema Chelsea Clearview, cena que se foi repetindo até passarem as quase duas horas (1h58) de exibição de "Ensaio Sobre a Cegueira".

Brian Werda, 38 anos, arquitecto, ficou até ao fim mas garante que percebe porque é que o enredo foi perdendo espectadores.

"É um filme extremamente lento e muito duro. Sente-se que nunca mais acaba, é penoso, pensa-se 'Mas vai ficar ainda pior?'", tenta explicar Werda, acrescentando que suspeita que era essa a intenção do realizador Fernando Meirelles.

"Se calhar queria fazer-nos sentir como as personagens: encurralados, desesperados, cansados, sem esperança, porque parece não haver fim", diz, encostado à vitrina das pipocas, enquanto espera para ser atendido e pedir uma água. "Fiquei cheio de sede, com a ansiedade. É um filme pesado."

Agora está sozinho mas veio ver o filme com um amigo. "Desistiu na cena em que obrigam as mulheres a prostituírem-se. Não aguentou mais", conta.

"Pediu desculpa e disse que estava quase a ter um ataque de pânico", diz Werda, a rir-se.

"Mas está óptimo, já lhe liguei. Ainda bem que decidi ficar a absorver a experiência durante mais um bocado."

Werda confessa que nunca leu o livro, nem sequer ouviu falar de José Saramago. "Também não prestei atenção às críticas, não sei se dizem bem ou mal, mas costumo gostar de tudo o que a Julianne Moore faz. Sou fã dela," conclui.

As associações de cegos norte-americanas manifestaram-se esta semana contra o filme e apelaram memso ao boicote dos espectadores, alegando que o filme assinado pelo brasileiro Fernando Meireles passa uma má imagem dos cegos. Em reacção a esta indignação, José Saramago respondia ontem na TSF, que "a estupidez não escolhe entre cegos e não cegos", acusando as críticas de não terem fundamento.

Clive Shawn, 43 anos, bancário, comprou bilhete pela mesma razão. "Sou doido pela Julianne."

Shawn veio com a noiva, o irmão da noiva e o namorado do irmão da noiva. Resistiram todos até à última cena. "Gostámos do filme, mas podia ser mais curto. Uma hora depois, só pensava em comer um Pad thai (prato tailandês). Aliás, ainda tenho o estômago a protestar com a fome. Vamos jantar?"

O website de bilhetes on-line Fandango, registou apenas uma sessão esgotada em toda a cidade, durante a noite de estreia: no Cinema Union Square, às 19h50.

O filme foi classificado para maiores de 17 anos mas, entre os clientes do cinema Chelsea Clearview, parece que ninguém menor de 30 se interessou. As mulheres também foram mais difíceis de convencer: facilmente se percebia que os homens estavam em maioria.

Lusa

in http://cinecartaz.publico.pt/noticias.asp?id=212792

Share this post


Link to post
Share on other sites

Querem ver que o filme afinal não é tão bom assim!? :)

---


Acabei de vir do cinema... e fui ver...

Olhos de Lince

Um grande filme!
Recomendo a 100%!!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vou ver esse... os americanos sao um povo diferente... espanta-me eles terem ido ver o filme... aquilo eh muito hardcore... agora acham que eles conseguiam ler os livros do Saramago...? Penso que os Coen sao capazes de realizar um filme apartir dum livro dele... qual seria? Os Coen ou aquele indiano do Sexto Sentido.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que é a primeira vez, e espero que seja a ultima*, que venho aqui dizer isto... Um conselho... não vejam o filme "Indetectável", pelo o menos no cinema! De todo não vale a pena! Fica aqui o conselho... *Isto, porque fui ver este filme ao cinema!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fui ver o W. Um filme bem realizado. Porem falta-lhe substancia. Eh um filme bem estruturado. A personagem principal parece-me bem conseguida mas a equipa dele foi muito mal representada. Nota-se que George W. Bush soube logo no inicio da sua carreira politica que precisava de uma boa equipa com inteligencia para vencer os seus inimigos. W. existiu graca nao soh ao seu percurso de vida como tambem ah Equipa Heterogenea que o aconselhou e o acompanhou. Devia-se ter investigado melhor toda a equipa. Dick Cheney era visto como uma serpente. A serpente que apresenta a maca para a "Eva" comer. Donald Rumsfeld quase se passa despercebido... Ambos comecaram a trabalhar com Gerald Ford, nao sao nulidades. Colin Powel eh visto como o moralista que avisa dos perigos da Guerra do Iraque mas cedo descobre que estah rodeado de lobos... mas durante o filme os lobos sao vistos como Yes Man. Mas serah que eles eram mesmo Yes Man? A Condoleeza Rice nao me parece que seja uma nulidade. Tony Blair aparece no filme como um Vassalo que vai perguntar ao Rei o que deve fazer... O Jeb que aparece como o filho prodigo eh visto de fora, nem sequer estah presente no filme. Quando afirmo que a personagem principal estah bem conseguida eh porque o fime funciona em redor dele... roda em torno da relacao entre Pai e Filho. O George Bush eh visto como o Heroi, o Rei Perfeito e Impecavel que de subito perde tudo. E o Filho que era precisamente o Oposto ao ver a Perfeicao em pessoa de joelhos perante a derrota ve ali a oportunidade de mostrar-lhe que eh capaz de fazer melhor... No final ele pensa ter conseguido porem nao o consegue... a cena final tem semelhancas ah cena do filme Marie Antoinette de Sofia Copppola em que ela corre pelos corredores do Palacio em busca do seu quarto para se esconder do fracasso enquanto ser humano, refugiar-se da queda dum sonho, do fracasso de uma vida... Aqui o filme revela que W. eh um combatente... ele pode ter mostrado ao seu Heroi que era capaz de fazer apesar dos fracassos mas agora tem o Mundo Inteiro que o ignora para mostrar que eh capaz de fazer bem. Tenho muitos pensamento ainda na cabeca sobre este filme... eh um filme que nao eh um bom registo historico porem eh uma semente... dentro de 10 anos daria uma excelente serie de televisao ou uma Trilogia... vendo bem os Bush sao capazes de serem mais interessantes do que os Kennedy. Os Kennedy perderam-se no meio de assassinatos e de escandalos. Os Bush nao. A America tem neste momento uma Familia Real bem sucedida, existe Jeb Bush, existem as gemeas Bush no qual uma delas tem um percurso erratico, ... provavelmente ainda ouviremos o apelido Bush dentro de 4 a 8 anos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.