Jump to content
Arquitectura.pt


TiCo

Director municipal de Oeiras contrata projectos a atelier a que tinha ligações

Recommended Posts

"Director municipal de Oeiras contrata projectos a atelier a que tinha ligações 

Desde 2001, os contratos com dois arquitectos que tiveram o seu atelier no local onde o director teve o seu gabinete privado, acumulando funções ilegalmente, somam quase 670 mil euros. PJ já foi à câmara há dias. (...) "




https://www.publico.pt/local/noticia/director-municipal-de-oeiras-contrata-projectos-a-atelier-a-que-tinha-ligacoes-1722318

Share this post


Link to post
Share on other sites

    Ainda tens dúvidas que o sector público (salvo algumas exceções), em rigor as CM´s, são um acumular de idiotas, sem escrúpulos, escolhidos por concursos públicos na sua maioria viciados? Dá um salto a Torres Vedras, aqui é igual, a malta ajuda-se mutuamente na viciação dos resultados... até falo dos idiotas que ganham prémios municipais de Arquitetura, simplesmente existe um prémio, ele tem que ser dado, independentemente da qualidade existir ou não... rigor, igualdade de oportunidades, promoção do mérito? Isto não existe, ninguém premeia casas de 100M Euros, nos concursos... é tudo casas de orçamentos chorudos e carta branca, o prémio Municipal de Arquitetura de Torres Vedras, tem um razoável/bom leque de moradias, nenhuma delas merece um prémio, são demasiado banais para isso... eu participo em concursos internacionais, posso ter uma opinião diferente do júri, mas não consigo negar, que geralmente, ganham os melhores, ou pelo menos aqueles que estão entre os melhores, aqui em Portugal NÃO! Primeiro temos fazer que fazer networking, conhecer as pessoas, sair a noite, beber uns copos, ir a umas vernisages, temos que nos vender, mesmo que nada tenhamos para vender...e  sim, só depois de sermos reconhecidos como um par de "interesseiros" estamos preparados para ganhar-mos uns prémios Municipais de Arquitetura... porque é que se premeia a banalidade?

    Quando se fala de Fiscais Municipais, fala-se de uns tipos que não fazem nada, que às 10h, às 12h e às 16h estão a comer, ganham mais do que os míseros 600/700 Euros a recibos verdes habitue dos Arquitetos e que procuram sempre desenrascar a coisa, do tipo:

"Eu passei por aqui mas não vi nada" ou "Esta cave, se estiver tapada, para mim não existe" ou melhor "Falamos ao almoço sobre este assunto".

    Por outro lado, nos Arquitetos Municipais a sacanice é mais refinada, primeiro, tentam desviar os projetos dos privados para ateliês com os quais tem afinidades (o caso em cima), depois são sempre tout court mesquinhos nas suas apreciações dos projetos, nunca os julgando à luz da lei, mas sim da sua arbitrária opinião. Não se conseguem abstrair da sua desnecessária opinião e serem apenas objetivos nas suas decisões. Estou-me lá a cagar se a garagem não é apensa ao edifício central, nada diz na lei acerca deste fato ser proibido, estou-me lá a cagar para a cor da caixilharia branca, não estar em consonância com a envolvente, estou-me lá a cagar, se a estética da garagem não está em consonância com a molha urbana envolvente, principalmente quando esta malha é incaracterística e heterogénea... eu não solicito opinião aos técnicos das câmaras, eles não são autores de projetos, eles não colaboram no mesmo, não tem que emitir opinião, eles só tem que a luz da lei, asseverar se cumpre ou não... tudo o que extrapole a lei é treta.

    É para isso que pago os meus impostos, para alimentar esta merda? Eu contribuo para esta merda? Eu financio esta merda?

    Anseio pelo próximo Projeto de Arquitetura em Torres Vedras, vai ser do tipo construir na Quinta do Fez, construo por 250000 Euros (com terreno) e vende-se por 500000 Euros (ou muito mais), ou  seja, 200m ao lado constrói-se por 250000 (com terreno) e vende-se por 280M/290M/300M, mas dentro da Quinta do fez (onde a nata da Freguesia do Turcifal vive), casas de preço de custo 250000 Euros, chegam a valores astronómicos, por estarem dentro da Quinta do Fez? O coeficiente de localização na quinta do fez, é muito elevado 1.3, mas 100metros ao lado é 1.0 que raio? O preço m² de Turcifal nem sequer é muito elevado... mas ESTAMOS A FALAR DA QUINTA DO FEZ! O Perito Avaliador quando for lá, para avaliar a solicitação de financiamento ao Banco vê na envolvente imediata, casas de meio milhão de Euros e se forem comparáveis, coloca-as no estudo de mercado, disparando a avaliação para valores astronómicos, mas é um engano, é um valor de mercado especulado por quem coloca aqueles preços, não é compreensível um valor médio de 800/1000 Euros disparar para 1800 Euros, só por estar 200 metros mais dentro, ou 200 metros mais fora, algo aqui não bate certo...

    Ver attach "Quinta do Fez Coeficiente de Localização"

    É um bom negócio que vive a custa de um hype estúpido, ajuntamentos e opiniões ridículas. Ora ali está, luta de classes, em menos de 100 metros, existe uma diferença de 30%, que rigorosamente na realidade, não repercute nenhuma qualidade.

Quinta do Fez Coeficiente de Localização.png

Edited by XXXXX

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas agora perguntam assim?

Mas o que é que tem a ver o coeficiente de localização com o preço de mercado?

Nada... apenas um é sintomático de outro, embora não diretamente relacionados!

Edited by XXXXX

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conheço bem essa realidade, e infelizmente o lado de quem trabalha no privado não é o melhor dos mundos, principalmente numa CM de pequena dimensão. Agora também há poucos colegas a denunciar os casos, a Justiça Portuguesa também não funciona, não vejo a Ordem a condenar situações, é uma bola de neve tudo isto.

Quanto à outra questão, tudo é marketing, e temos de nos habituar a isso. Ou somos conscientes, como demonstras-te na tua explanação, não faz muito sentido comprar lá uma moradia, mas por outro lado como estamos na área e sabemos da especulação, poderemos até ganhar uns cobres valentes com pessoas que não se importem de pagar esse status. Pessoalmente também gosto de saber que o dinheiro que gasto é proporcional ao valor real daquilo onde vou investir, mas cada caso é um caso, e ainda bem que não somos todos iguais, o mundo é feito destas disparidades, temos de aceitá-las, senão gostávamos todos da mesma mulher. ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

E repor as 35 horas? Mas ainda querem fazer menos? E isto é que ser de Esquerda, dar mais aos mais privilegiados? Eu nem digo quanto horas tenho trabalhado nos últimos anos.

Não tenhas dúvidas, construir pelo mesmo preço e vender por preços astronómicos, é um bom negócio, o problema é que o Turcifal (Torres Vedras), não tem qualidade para ter este coeficiente, existem zonas na Ericeira (Mafra), com coeficiente de 1.15 e centrais, incomparavelmente melhores. E por que é que, em menos de 100m, a diferença é de 30%... isto passa-se no resto do País, não é só aqui. E quando se faz a comparação entre municípios diferentes existem algumas coisas, que não se compreende.

P.S.

Para mim, há muito que e regionalização se instalou neste País... em muitas coisas a regionalização é uma realidade!

Edited by XXXXX

Share this post


Link to post
Share on other sites

- Politica e futebol não discuto, ehehe, acrescento só que para mim, o problema é mais complicado que a situação das 35 horas e fico-me por aqui ;)

- Tal como nos terrenos, os telemóveis é igual, fiz um investimento há 9 anos e faz tanto como um Iphone 6, o que eu poupei até aos dias de hoje... ;) E o mesmo se passa com os jogadores de Futebol, muitas vezes fazem um investimento por alguém que não vale a pena... É tudo uma questão de negócio, é preciso entender as jogadas e tirar partido delas, perceber o que o cliente quer e dar-lhe o melhor aconselhamento possível, sempre a defender os interesses do mesmo, só assim se faz um bom trabalho e somos reconhecidos por isso.
Negociar faz parte do nosso trabalho, e quanto a mim é algo que também falta dar atenção na nossa formação, ensinam-nos a fazer projecto e muito bem não tenho qualquer duvida disso, mas quanto às outras valências que giram à volta do projecto e pelas quais temos de caminhar durante o nosso percurso profissional, andamos completamente perdidos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Queres um conselho?

Trabalhas que nem um cão, para fazer projetos de merda e recebes 800 Euros a recibos?

Declaras-te Arquiteto e gozam-te pelo simples fato de "isto não dá nada"?

O serralheiro/pedreiro/pintor da esquina, não sabe nem sequer escrever e fatura mais do que tu?

Solução:

Perito Avaliador ou Perito Qualificado, ou melhor, tirar o curso de ambos, registo na CMVM/entrada na ADENE e começar por conta própria.

As pessoas confundem ganhar dinheiro, com ter uma profissão difícil, as coisas não estão relacionadas... vender casas dá dinheiro, dá trabalho, mas não é difícil.. cortar ferro é exigente fisicamente, mas não é difícil, assentar tijolo, é exigente fisicamente, mas não é difícil...

Arquitetura, é das profissões mais difíceis de praticar, principalmente se é para fazer sem amigos e palmadinhas nas costas:

Saber legislação, saber preços/orçamentar, saber desenhar, ser simpático, dominar o 3DS Max, o Autocad, o Revit, o inglês e o francês de preferência e ter bons conhecimentos de construção, para não fazer figuras tristes nas obras, não é fácil, ninguém mete isto na cabeça sem passar pela experiência... e o mercado paga por isso 800 Euros/mês a recibos. E depois não há respeito?

Numa CM, que é que fazes? Sorris e és simpático para não te colocarem na rua, porque de fato nada fizeste para merecer aquela posição? Num concurso de contratação pública, fazem-te um teste de legislação, em que a maioria já sabe quem vai ganhar o concurso e depois são estes tipos, que nos recebem nas CM´s e avaliam os nosso projetos? Não merecem ser respeitados!

No privado/gabinetes trabalha-se a sério, os prazos é para ontem, temos que aturar o patrão e nunca em menos de 8h/dia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um gajo até pode ser burro, não saber distinguir um perfil de "aço preto" de um galvanizado, ou de um "aço inox" (muitos não sabem, principalmente as mulheres), mas se for simpático, adequado, consentâneo, não fazer muitas ondas, sorrir no momento adequado, dizer uma piadinha no momento adequado, ter aquilo a que se chama de "um bocadinho de vida", este tipo, tem sucesso garantido.

Agora, se o tipo é carrancudo, não muito simpático, recusa sorrir, por qualquer piadinha farsolas, não tem o último carro topo de gama, pago em não sei quantos anos a crédito e mostra uns laivos de personalidade, este tipo, está tramado, é um outsider, que não terá hipótese nenhuma.

É esta avaliação de competências que ainda se faz neste País, não vale a pena ser sério... mas notícias como estas, fazem-me SORRIR! E dizer BUSTED!!!!

P.S.

Se eu fosse um tipo com muita vida, provavelmente um daqueles tipos que foram a tropa mas não aprenderam nada, diria qualquer coisa como:

Isto é do P.D.I.

Edited by XXXXX

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.