Jump to content
Arquitectura.pt


Connecty

Dia Nacional Do Arquitecto

Recommended Posts

Dia Nacional do Arquitecto
Dia 3 de Julho

Imagem colocada

É hoje assinalado o Dia Nacional do Arquitecto em Portugal que celebra a publicação do Estatuto da Ordem dos Arquitectos, a 3 de Julho de 1998, e a data de revogação do Decreto 73/73 com a publicação da Lei 31/2009, a 3 de Julho de 2009.

A todos os arquitectos os nossos parabéns e votos sinceros de bons projectos.

O que gostariam que a Ordem dos Arquitectos mudasse neste aniversário?

Deixem os vossos votos à Ordem dos Arquitectos nesta página ou no nosso Facebook:
www.facebook.com/arquitectura.pt

O Arquitectura.pt irá enviar à Ordem dos Arquitectos todos as mensagens aqui publicadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Transcrição do link http://www.arquitect...m?no=303081,287 que pode ser encontrado no site www.arquitectos.pt:

"A Autoridade da Concorrência tem vindo a sancionar as ordens profissionais pela utilização de tabelas de honorários vinculativas ou indicativas para os actos profissionais.
A entrada em vigor do Código de Contratos Públicos - e da subsequente Portaria 701-H/2008 de 29 de Julho - implicou a revogação das Instruções para o Cálculo de Honorários referentes aos Projectos de Obras Públicas, que servia de referência para o cálculo de honorários de muitos dos actos profissionais dos arquitectos.
Assim sendo, cada arquitecto pode e deve estabelecer a sua própria tabela de honorários, respeitando o Estatuto, o Regulamento de Deontologia e demais disposições regulamentares da OA.
"

Sei que a Ordem dos Arquitectos formou uma equipa para discutir, debater e tentar criar uma Tabela de Honorários.

Peço à nossa Ordem que não abandone esta ideia e consiga uma Tabela de Honorários "Legal", capaz de clarificar o setor, assim como o acesso ao mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabei o curso faz já 6 anos, nunca tive um emprego como arquitecta, estava inscrita na ordem tive de suspender este mês por estar desempregada e ser já insustentável, mas paguei durante todo este tempo para nada, passando por empregos temporários há dois anos que me encontro sem nenhum. O que pretendo da Ordem dos Arquitectos é facilidades em formação, para desempregados ou sem possibilidades de a ter; tambem gostaria de mais informação e oportunidades de ofertas de emprego; e a exigência das empresas darem oportunidades para os que não têm experiência, nem que os próprios ateliers tenham que dar formação não remunerada para depois no seguimento disso darem o tal emprego, impossível de adquirir. Será pedir muito? ( o próprio estágio de um ano através da ordem dos arquitectos é pouco para o que costumam pedir nas ofertas vai entre os 3 a 5 anos....)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu, que sou mais velho…há quem diga sénior…mas eu prefiro velho, porque sénior é alguém de sucesso…e sucesso em arquitectura, salvo os ditos "filhos de Deus" ou de "deuses menores", não existe…sou do tempo da velha Associação dos Arquitectos, dos diplomados e da (des)Ordem como todos os que eu conhecia lhe chamavam…sobretudo os mais velhos ainda do que eu…desOrdem dos arquitectos é o que hoje existe…tentacular, tenta escravizar os associados, pedindo-lhes dinheiro e mais dinheiro, ameaçando de penhora se não pagar…meteram-se na avaliação do ensino da arquitectura…fazem projectos…cursos…exames…promovem-se a si próprios e ninguém sabe exactamente o que é ou representa a dita Ordem… protegem os arquitectos nas várias vertentes do exercício da arquitectura ?…não…dizem que só na prática profissional…ajudam os arquitectos desempregados ?…não…não faz parte das suas competências…defendem os jovens arquitectos de serem explorados pelos arquitectos seniores ?…não…gostam desta situação dos 500 euros por mês a recibos verdes, sem férias ou Natal…então para que serve esta treta designada Ordem dos arquitectos, se não há trabalho…os ditos Grandes, mandam-nos emigrar…não vá a gente incomodar "alguém"…O dia do Arquitecto é uma fraude formal, para enxovalhar todos aqueles que não conseguem viver da arquitectura…temos o exemplo de Helena Roseta, que nunca exerceu arquitectura e se perdeu nos meandros da política, chegando ao ponto de em determinada eleição haver uma lista única, onde se fundiram todos os interesses pessoais…continua a espantar na sua presença permanente na televisão onde até assusta o seu conhecimento prévio das desgraças deste país…portanto a Ordem está como o País…quer mais dinheiro, contrata os grandes escritórios de advogados de Lisboa para perseguir os seus membros…politizada e corrupta, é hoje uma extensão do poder estabelecido e conivente com ele…assim só fazendo o "reset", apagar tudo e começar de novo…uma nova instituição que represente efectivamente os arquitectos e não determinados grupos, lobys, interesses ou pessoas, escolas…talvez esteja a pedir de mais, pois isto que afirmei aplica-se a todo o poder estabelecido, que quer perpetuar-se no poder…seja estado…sejam partidos políticos…sejam pessoas individuais…a minha ideia é que tal como os gregos disseram em determinado momento…é a própria vida que tem de mudar…portanto hoje é dia triste, para velhos, novos e futuros arquitectos…

Share this post


Link to post
Share on other sites

Querida Ordem dos Arquitectos, Neste dia tão especial, peço apenas uma coisa...será que me podes ajudar?... Gostava que os meus colegas arquitectos desempregados ou trabalhadores precários, sentissem orgulho em serem Arquitectos (com "A" maiúsculo). Felizmente, tenho emprego como Arquitecta e não sou trabalhadora precária, mas como sabes, Querida Ordem dos Arquitectos, muitos não se encontram nessa situação. Muitos colegas estão arrependidos do curso que tiraram, porque se sentem desmotivados, explorados, cansados e algumas vezes, "escravizados". O que podes fazer para os ajudar? Quero dizer-te que eles pagam as quotas (sem muito orgulho), talvez merecessem um pouco da tua atenção? Alguns pagam as quotas e não têm emprego, pois têm esperança de arranjar trabalho e de vir a assinar algum projecto (mentes inocentes!), e são os pais que as pagam por eles. Não tens pena desses pais que estão a gastar tanto dinheiro? Eles só gostavam de sentir algum apoio da tua parte, um sinal de vida...ou será que o que estão a gastar em quotas anualmente, é como que um depósito anual, e um dia poderão resgatar esse dinheiro com juros? Ai que bom seria :palmas: Queria Ordem, aguardo ansiosamente uma resposta tua, e espero que estejas a guardar bem o dinheirinho dos meus colegas! Eles confiam em ti! Um grande abraço, Ana Luisa

Share this post


Link to post
Share on other sites

ÓÁ ou NÓÁ?

Isto do "Dia de qualquer coisa" faz-me sempre crer que é o "Dia do coitadinho ou do menorizado".
E assim é!
Ao clube privado da "desOrdem", (dos emergentes e sempre contemplados "Pedrinhos, Joãozinhos e Nuninhos"), gostaria que desse uma prenda de Aniversário aos seus, deixando de esperar tanto uma prenda para si.
Afinal, se se acatou o "ser social" (sem socialismos e outros parvoísmos) do bravo lutador séc.XX no estatuto profissional, esse "coitadinho" continua a falar sozinho de coisas invisíveis, 'numa língua nunca antes ouvida', e quando lhe dão (sim, porque somos sempre o braço direito ou esquerdo de alguém) uma bolinha para jogar, rabuja.
Assim, pedia que, os furriéis forretas que comandam tomassem de assombro o que representam e, com brio de general e força das mãos da terra, dessem vários murros nas mesas dos meninos dos grémios.
Se precisarem de tenacidade "pra partir tudo a eito", moro em casa.
Parabéns ao aniversariante.
David Oliveira, 18063

Share this post


Link to post
Share on other sites
Osvaldo Abrão de Souza, Presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso Sul no Brazil, escreve:

A TODOS OS ARQUITETOS PORTUGUESES,

O CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE MATO GROSSO DO SUL, BRASIL,
DESEJA PLENAS REALIZAÇÕES PROFISSIONAIS.
O CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO BRASIL, SE ESTRUTURA DE
MANEIRA FEDERATIVA, ONDE CADA UNIDADE DA FEDERAÇÃO POSSUI SEU CONSELHO
ESTADUAL, COM SEDE NAS CAPITAIS, SENDO TODOS VINCULADOS AO CONSELHO
FEDERAL, COM SEDE NA CAPITAL DO BRASIL, BRASÍLIA.
SABEMOS DA IMPORTANCIA ESTRATÉGICA QUE A INSTITUCIONALIZAÇÃO DE NOSSAS
REPRESENTAÇÕES SIGNIFICAM PARA O FORTALECIMENTO DA ARQUITETURA E DO
URBANISMO, PARA A CONSOLIDAÇÃO DAS POLÍTICAS DE HUMANIZAÇÃO DE NOSSAS
CIDADES.

Cordialmente,
OSVALDO ABRÃO DE SOUZA
PRESIDENTE
CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE MATO GROSSO DO SUL, BRASIL.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que a ordem dos arquitectos deveria obrigar a que cada processo de arquitectura que entrasse em qualquer Câmara Municipal do País para ser avaliado só fosse aceite com o comprovativo de pagamento do projecto ao arquitecto em questão. Se assim acontecesse, tal como se faz noutros paises, as pessoas que contratam os nossos serviços passariam a respeitar mais o nosso trabalho e não ficariam como já me aconteceu a dever parte do trabalho que eu fiz, por confiar no cliente e esperar que ele me pagasse a ultima prestação quando o mesmo estivesse aprovado. Infelizmente continuamos a viver numa sociedade em que não nos dão o devido valor, continuam a achar que o que fazemos são meros desenhos e que cobramos muito caro, por isso é que vejo com bastante tristeza colegas meus a ganharem menos que uma empregada de limpeza (não querendo menosprezar o trabalho delas que também é preciso) para poderem sobreviver e pagar as cotas da ordem que são ALTISSIMAS! para quem recebe tão pouco.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.