Jump to content
Arquitectura.pt


inespeste

Começar Trabalhar Sozinha

Recommended Posts

Caros utilizadores, Sou arquitecta há dois anos e depois de vários estágios em gabinetes e Câmara Municipais, que não deram em nada, decidi finalmente começar a trabalhar por conta própria. Tenho muitas dúvidas em relação ás fases seguintes á arquitectura pois não tenho conhecimentos com engenheiros, empresas de construção, etc. Será que alguém me podia explicar como funciona? Será que depois de elaborar todo o projecto de arquitectura devo contratar alguém que me faça as especialidades e posteriormente a empresa de construção? Ou posso simplesmente elaborar projectos de arquitectura e o resto ficar a encargo do cliente? Preciso de uma ajuda...please! Cumprimentos e obrigada

Share this post


Link to post
Share on other sites

boa sorte, antes demais.. que não está fácil.. especialmente se não tiver uma rede de conhecimentos.

Relativamente à questão das equipas e relacionamentos com os clientes, deve ir ver as sebentas da formação da OA. Frequentou, certo?!

Deve também ler a Lei 31/2009, nomeadamente o seu art.º 6 e 7, "regime jurídico que estabelece a qualificação profissional exigível aos técnicos responsáveis pela elaboração e subscriçãode projectos, pela fiscalização de obra e pela direcção de obra, que não esteja sujeita a legislação especial, e os deveresque lhes são aplicáveis e revoga o Decreto n.º 73/73".

Também venho lembrar, concerteza terá tido oportunidade de constatar durante o seu estágio ( ou possivlemente não), que a elaboração de projectos, hoje em dia necessita da participação de uma equipa pluridisiplinar desde a CONCEPÇÃO.. mais ainda quando o técnico tem pouca experiência.
Essa participação, da restante equipa de consultores pode e deve ser feita de forma informal, desde o inicio. Deste modo o Projecto terá menos probablidades de ter de ser alterado, por questões legislativas, técnicas, construtivas e/ ou até de indole orçamental...

Deve criar uma rede de parcerias com diversos técnicos... ver o trabalho destes por forma a ter a equipa mais adequada ao tipo de projecto e por forma a responder adequadamente ao Seu cliente...
Nem todos servem para todos os projectos, existem os desinformados, os ignorantes, os picuinhas, os barateiros, os despachados, os careiros, os demorados... há que saber equilibrar essas valências.


Relativamente às Obras, tem de respeitar o codigo deontológico da OA, pelo que, deve apostar o máximo possivel na ISENÇÃO (coisa dificil hoje em dia.. mas que é mais tarde valorizada pelos seus cliente) havendo comissões, estas devem ser comunicadas aos sus clientes.
Faça-se pagar pelo seu serviço, consiga os melhores preços/ negócios para o SEU cliente, sem entrar em esquemas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara Arqª, Somos uma empresa de mediação de obras, que é um conceito recente, e muito resumidamente o nosso trabalho consiste em realizar determinadas tarefas em nome do dono de obra, nomeadamente os concursos dos técnicos projectistas (de arquitectura e especialidades de engenharia) e dos executantes, além de realizar acompanhamento, fiscalização e segurança em obra. Por norma sugerimos ao dono de obra que ao contratar os serviços de arquitectura, faça também a contratação dos serviços de especialidades de engenharia através do projectista de arquitectura e daí que lhe sugerimos que estabeleça parcerias com dois ou três técnicos projectistas de engenharia para depois fornecer propostas de serviços em conjunto. Quanto aos empreiteiros/executantes esse trabalho pode muito bem ser passado para as empresas de mediação de obras. Melhores cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.