Jump to content
Arquitectura.pt


JVS

S. João da Madeira | nova piscina | Eduardo Souto Moura

Recommended Posts

Souto Moura desenha nova piscina em S. João da Madeira
11h24m
Eduardo Souto Moura, distinguido em 2011 com o Prémio Pritzker, é o arquitecto da nova piscina de S. João da Madeira.

O arquitecto foi seleccionado entre 46 candidatos e, segundo fonte da autarquia, "vai agora projectar aquela que será a primeira piscina da sua autoria a ser construída".

Para Castro Almeida, presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, "esta é verdadeiramente uma aposta na qualidade", dado que, "pela quarta vez nos últimos seis anos, S. João da Madeira irá contar com trabalhos do mais recente 'Nobel' da arquitectura".

O presidente realça, ainda, que mesmo em crise, a qualidade não deve ser descurada, mas deve ser uma prioridade de grande importância.

Na selecção do vencedor, a qualidade global do projecto e a eficiência energética anunciada para o novo equipamento pesaram 95% na decisão do júri, enquanto os honorários influíram apenas 5% e, no caso da proposta de Souto Moura, são de 250 mil euros - sendo que, como habitual neste tipo de procedimento, o nome dos arquitectos a concurso só foi conhecido na fase final do processo.

A nova piscina coberta de S. João da Madeira será o quarto projecto que Eduardo Souto Moura desenvolve para o município, depois de ter assinado o desenho dos arranjos exteriores para o parque de estacionamento subterrâneo do Mercado Municipal e ter também definido dois planos de pormenor para a cidade: o do Largo do Souto, nas proximidades da Igreja Matriz, e o das Corgas, entre a actual zona das piscinas e os edifícios da Oliva.

A nova piscina, cujo projecto terá agora que ser desenvolvido em maior detalhe, será implementada no Complexo Desportivo Paulo Pinto, na zona onde hoje existem os courts de ténis.

A estrutura de Souto Moura irá substituir a piscina que, estando em funcionamento há cerca de 30 anos, deixou de ter capacidade para responder ao aumento da procura, com a agravante de se revelar "ultrapassada ao nível de eficiência energética", como informa fonte da autarquia.

"Um estudo realizado pela Câmara Municipal permitiu concluir que fica mais barato fazer uma piscina nova do que ampliar e renovar a antiga", adianta a mesma fonte.

De acordo com o projecto do arquitecto distinguido com o Pritzker, o edifício anunciado para S. João da Madeira será formado por dois volumes: o de maiores dimensões acolhe as piscinas e um ginásio, possibilitando a utilização parcial da cobertura como solário natural e o segundo integra balneários, áreas administrativas e arrumos, sobrepondo-se à área de aparcamento coberto, implantada no subsolo.

A nível de eficiência energética, a solução proposta prevê a instalação de sistemas diversos destinados ao controlo optimizado de todas as instalações técnicas do edifício, a utilização de energias renováveis e a implementação de processos de gestão eficiente de água, entre outros recursos que, segundo fonte da Câmara, "consubstanciam para a piscina um elevado nível de desempenho".



in http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Aveiro&Concelho=S%E3o%20Jo%E3o%20da%20Madeira&Option=Interior&content_id=2110580&page=2

Nova piscina coberta vai ser desenhada por Eduardo Souto Moura

O arquiteto Eduardo Souto Moura é o vencedor do concurso público internacional lançado pela Câmara de S. João da Madeira para escolha do projeto de construção da nova piscina coberta da cidade.

Distinguido em 2011 com o Prémio Pritzker, o arquiteto foi selecionado entre 46 candidatos e, segundo fonte da autarquia, "vai agora projetar aquela que será a primeira piscina da sua autoria a ser construída".

Para Castro Almeida, presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, "esta é verdadeiramente uma aposta na qualidade", dado que, "pela quarta vez nos últimos seis anos, S. João da Madeira irá contar com trabalhos do mais recente 'Nobel' da arquitetura".


in http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/nova-piscina-coberta-vai-ser-desenhada-por-eduardo-souto-moura_13319344.html

S. João da Madeira: Nova piscina coberta vai ser desenhada por Eduardo Souto Moura
Lusa - Esta notícia foi escrita nos termos do Acordo Ortográfico
8:33 Quarta feira, 9 de Nov de 2011
S. João da Madeira, 09 nov (Lusa) - O arquiteto Eduardo Souto Moura é o vencedor do concurso público internacional lançado pela Câmara de S. João da Madeira para escolha do projeto de construção da nova piscina coberta da cidade.

Distinguido em 2011 com o Prémio Pritzker, o arquiteto foi selecionado entre 46 candidatos e, segundo fonte da autarquia, "vai agora projetar aquela que será a primeira piscina da sua autoria a ser construída".

Para Castro Almeida, presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, "esta é verdadeiramente uma aposta na qualidade", dado que, "pela quarta vez nos últimos seis anos, S. João da Madeira irá contar com trabalhos do mais recente 'Nobel' da arquitetura".



Ler mais: http://aeiou.visao.pt/s-joao-da-madeira-nova-piscina-coberta-vai-ser-desenhada-por-eduardo-souto-moura=f632406#ixzz1dDaB1l9y

Share this post


Link to post
Share on other sites

Proposta do arquitecto venceu concurso internacional

Souto Moura vai desenhar a nova piscina

10-11-2011 | por Joana Gomes Costa

A nova piscina coberta de S. João da Madeira vai ser desenhada por Eduardo Souto Moura. O arquitecto português, este ano distinguido com o maior galardão mundial da arquitectura (prémio Pritzker), foi o vencedor do concurso público internacional lançado pela autarquia sanjoanense para a elaboração do projecto desta obra, que representará um investimento na ordem dos 4,5 milhões de euros.
Este será o primeiro equipamento do género desenhado pelo arquitecto Souto Moura, que já fez outros trabalhos para o município sanjoanense ao nível do planeamento, nomeadamente os planos de pormenor do Largo do Souto e da Zona das Corgas e os arranjos exteriores do parque de estacionamento subterrâneo do Mercado Municipal.
Ao todo, foram recebidas pela Câmara Municipal de S. João da Madeira 46 propostas, num processo que, além da escolha do vencedor, atribui ainda prémios monetários (entre 5 mil e 1500 euros) aos concorrentes colocados entre o 2.º e o 5.º lugar.
Segundo informação da autarquia, na escolha efectuada pesou a qualidade da solução construtiva e arquitectónica, a eficiência energética projectada e o valor dos honorários.
Critérios que permitiram estabelecer a ordenação das diferentes soluções apresentadas para a construção das novas piscinas, sem que se conhecessem previamente os respectivos autores. Só depois de feita esta avaliação é que as propostas foram associadas aos seus projectistas, altura em que se ficou a saber que a ideia vencedora, no valor de 250 mil euros, tinha a assinatura de Souto Moura.
O presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira diz-se “imensamente satisfeito”. Castro Almeida, que avançou a ‘O Regional’ que já falou com Souto Moura depois de conhecido o resultado do concurso, assinala o entusiasmo do arquitecto, que “vai agora projectar aquela que será a primeira piscina da sua autoria a ser construída”.
“Pela quarta vez nos últimos seis anos, S. João da Madeira irá contar com trabalhos do mais recente ‘nobel’ da arquitectura, o que é verdadeiramente uma aposta na qualidade”, afirmou Castro Almeida.
Na opinião do autarca, “mesmo em tempos de austeridade e de contenção, não se deve perder de vista o objectivo da qualidade. Pelo contrário”.

Edifício dividido em dois volumes

Antes de a obra ser concretizada, Souto Moura vai desenvolver o projecto da solução que apresentou a concurso e que será futuramente implantada no Complexo Desportivo Paulo Pinto, na zona onde actualmente se localizam os campos de ténis, que serão transferidos para a Zona Desportiva das Travessas.
A nova piscina coberta, um investimento estimado em cerca de 4,5 milhões de euros, substituirá a actual, em funcionamento há já cerca de três décadas e que já não tem capacidade de resposta face ao aumento da procura, além de estar ultrapassada ao nível de eficiência energética.
Relembre-se que a opção pela construção de uma nova piscina surgiu depois de verificado que seria mais barato construir um novo equipamento do que recuperar a estrutura existente.
O edifício idealizado por Souto Moura é formado por dois volumes. O de maiores dimensões acolhe as piscinas, ginásio e ‘health club’, possibilitando a utilização parcial da cobertura como solário natural. O segundo volume integra os espaços complementares das valências do complexo desportivo, nomeadamente balneários, áreas administrativas e arrumos, sobrepondo-se à área de estacionamento coberto, implantado em cave.
A nível de eficiência energética, a solução formalizada preconiza a instalação de sistemas diversos destinados ao controlo optimizado de todas as instalações técnicas do edifício e o recurso a energias renováveis, assim como a implementação de processos de gestão eficiente de água, entre outros recursos que consubstanciam um elevado nível de desempenho.
Castro Almeida salienta que a autarquia vai agora acompanhar as diferentes fases do projecto, estimando que o concurso para a concretização da obra possa ser lançado no próximo ano.

O arquitecto

Souto Moura, de 58 anos, é um dos arquitectos portugueses mais reconhecidos internacionalmente. O Prémio Pritzker – uma espécie de ‘Nobel’ da Arquitectura – com que foi distinguido este ano nos Estados Unidos coloca-o numa lista restrita onde estão nomes como Oscar Niemeyer, Frank Gehry, Zaha Hadid e o também português Siza Vieira.


http://www.oregional.pt/pt/newspaper/3387/local/souto-moura-vai-desenhar-a-nova-piscina.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.