Jump to content
Arquitectura.pt


JVS

Siza Vieira agraciado com a comenda das Artes e Letras

Recommended Posts

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebe hoje a distinção de Comendador das Artes e Letras Francesas, a mais alta condecoração atribuída pelo Governo francês aos que se diferenciam pelas criações artísticas e literárias.

Siza Vieira, vencedor do prémio Pritzker, o "Nobel da arquitectura", em 1992, recebe, às 18:00, na Casa de Chá da Boa Nova, das mãos do embaixador francês em Portugal, Pascal Teixeira da Silva, a mais alta condecoração atribuída aos que se distinguem pelas suas criações artísticas e literárias ou pela contribuição na difusão das artes e letras em França e no mundo. Esta distinção foi criada por decreto do Governo francês, em 1957, e tem três graus: oficial, cavaleiro e comendador.
Vários portugueses já foram agraciados, mas apenas nove, incluindo Siza Vieira, receberam o grau de comendador das Artes e das Letras: Amália Rodrigues, a "embaixadora" do fado, os escritores António Lobo Antunes e Agustina Bessa-Luís, o embaixador e antigo ministro da Cultura do IX Governo Constitucional, António Coimbra Martins, que dirigiu o Centro Cultural Português de Paris da Fundação Calouste Gulbenkian na década de 1990, o pintor Júlio Pomar, o cineasta Manoel de Oliveira, João Bérnard da Costa, anterior presidente da Cinemateca Portuguesa, e o autor da "Criação do Mundo", o escritor Miguel Torga.


in http://www.dn.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=1893090&seccao=Arquitectura

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.