Jump to content
Arquitectura.pt


3CPO

Estudaste em que Universidade?

Andas / Andaste em que Universidade?  

778 members have voted

  1. 1. Andas / Andaste em que Universidade?

    • Faculdade de Arquitectura de Lisboa - FAUTL
      95
    • Faculdade de Arquitectura do Porto - FAUP
      73
    • ISCTE - Lisboa - Arquitectura
      21
    • Instituto Superior Técnico - Lisboa
      21
    • FCTUC - Coimbra - Arquitectura
      41
    • Universidade da Beira Interior - Arquitectura
      38
    • Universidade de Évora - Arquitectura
      19
    • Universidade Lusófona
      48
    • Universidade Moderna - Lisboa, Setúbal
      15
    • Universidade Autónoma - Lisboa
      14
    • Escola Universitária Vasco da Gama
      5
    • Universidade Fernando Pessoa
      7
    • ISMAT - Portimão - Arquitectura
      17
    • Escola Superior Artística do Porto
      34
    • ARCA / EUAC
      26
    • Escola Superior Gallaecia
      12
    • Universidade Católica
      3
    • Universidade Independente
      1
    • Outra Universidade
      24
    • Universidade Lusiada - Lisboa
      122
    • Universidade Lusiada - Porto
      102
    • Universidade Lusiada - VN Famalicão
      49


Recommended Posts

Ricardo (posso tratar-te pelo teu nome?) não quis ser de forma nenhuma, arrogante a responder-te mas há coisas que tens de aceitar... não estamos a falar do ensino da arquitectura em geral, nas faculdades portuguesas, sejam elas publicas ou privadas... estamos a falar de um caso especifico. duma faculdade onde, como é sabido, entram demasiados alunos por ano.

tu próprio referiste que as salas são pequenas para tanta gente (quando chegares ao 4º ano não te preocupes porque vais ter 2 ou 3 estiradores só para ti.. e no 5º ano então, arrisco a dizer que tens a sala só para ti...) e quando assim é, é necessário tomar medidas.

se não as tomam logo de inicio, entenda-se, reduzir o numero de vagas, então internamente essa "selecção" terá de ser feita. é óbvio!

um aluno de 10 no 1º e no 2º ano há aos pontapés... um aluno de 9 é um aluno que simplesmente merecia o 9 e o mesmo acontece com as notas pela escala a baixo. por vezes acontecem injustiças, é obvio... mas porquê o escândalo do 9? a mim escandaliza-me muito mais o discurso: "merecias mais, mas não pude dar mais do que isso" ou "vem cá para exame que te dou a nota que mereces"

isso sim é discurso de "máfia" que para angariar mais uns trocados, mete o pessoal para exame, que paga (e bem!) para ter mais um valor (as vezes dois).. ridículo!

não sei em que ano estás, mas se achas que é conversa de selva é porque ainda não te deves ter apercebido onde é que estás....

existe e sempre existirá uma "selecção" seja ela natural, da selva..... e por norma, nunca passa à etapa seguinte quem não se faz à vida. mas isso, é em tudo, não só na faculdade, onde acredita.. os problemas são bem pequeninos!

Share this post


Link to post
Share on other sites
em itálico aparece apenas a escolha de cada pessoa, ou seja a minha escolha está em itálico, a tua também, etc...

logo, a moderna só aparecerá em itálico se alguem a escolher :) não tem nada a ver com o facto de ainda existirem ou nao, como é o caso da independente :(

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ca não escolho nenhuma... Não frequento esse locais... isso faz mal a saúde humana! :tired: Desde que vi no prog "Não sei mais que um miúdo de 10 anos"... uma prof do ensino básico, ter de dizer essa famosa frase... fiquei convencido que nesses locais não ensinam nada...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ca não escolho nenhuma... Não frequento esse locais... isso faz mal a saúde humana! :tired: Desde que vi no prog "Não sei mais que um miúdo de 10 anos"... uma prof do ensino básico, ter de dizer essa famosa frase... fiquei convencido que nesses locais não ensinam nada...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ca não escolho nenhuma... Não frequento esse locais... isso faz mal a saúde humana! :tired: Desde que vi no prog "Não sei mais que um miúdo de 10 anos"... uma prof do ensino básico, ter de dizer essa famosa frase... fiquei convencido que nesses locais não ensinam nada...

Share this post


Link to post
Share on other sites

“Isto td para dizer que eu ando na Lusiada de Lisboa, aquilo é sabido k é o antro dos lobbys, do papá que tem uma construtora ou é arquitecto ou é construtor e os profs ajoelham-se aos pés desses, a agora anda lá a manada dos morangos com açucar etc etc...."N" maus vicios da sociedade como todas as outras, mas a questão é que há umas que são discretas na podridão que mexem e há outras que é á descarada. Mas isso só nos compete a nós tirar-mos o curso, borrifarmo-nos para esse Darkside da sociedade e sermos alguém que nos podemos orgulhar mais tarde...” kaz

Não posso concordar mais, ando na lusíada de Lisboa, e posso garantir que dos muitos alunos que por lá andam poucos são os que corroboram a suposta fama da faculdade
Não creio que a instituição faça o aluno, enquanto se pensar que é o professor ou aquilo que ele transmite que nos faz só por si melhores arquitectos, está tudo muito mal, a procura pessoal é que deve reger o curso,ou o saber tomar decisões sem esperar que o professor as tome por nós… até porque Bolonha não é contabilizar as faltas por semestre como muitos professores da lusíada nos querem fazer acreditar… :(

Share this post


Link to post
Share on other sites

“Isto td para dizer que eu ando na Lusiada de Lisboa, aquilo é sabido k é o antro dos lobbys, do papá que tem uma construtora ou é arquitecto ou é construtor e os profs ajoelham-se aos pés desses, a agora anda lá a manada dos morangos com açucar etc etc...."N" maus vicios da sociedade como todas as outras, mas a questão é que há umas que são discretas na podridão que mexem e há outras que é á descarada. Mas isso só nos compete a nós tirar-mos o curso, borrifarmo-nos para esse Darkside da sociedade e sermos alguém que nos podemos orgulhar mais tarde...” kaz

Não posso concordar mais, ando na lusíada de Lisboa, e posso garantir que dos muitos alunos que por lá andam poucos são os que corroboram a suposta fama da faculdade
Não creio que a instituição faça o aluno, enquanto se pensar que é o professor ou aquilo que ele transmite que nos faz só por si melhores arquitectos, está tudo muito mal, a procura pessoal é que deve reger o curso,ou o saber tomar decisões sem esperar que o professor as tome por nós… até porque Bolonha não é contabilizar as faltas por semestre como muitos professores da lusíada nos querem fazer acreditar… :(

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu só queria deixar uma nota....na (grave) lacuna, na omissão de um dos estabelecimentos públicos de ensino de arquitectura.. o grandioso e fabuloso Departamento Autónomo de Arquitectura da Universidade do Minho. Esta escola, é recente (acabou de celebrar o XII aniversário), mas na minha (modesta) opinião tem muito mais lógica ser referida, em relação a muitos desses estabelecimentos. Além de ter um excelente (e jovem) corpo docente, que vai com certeza dar muito que falar, "possui condições físicas ao melhor nível nacional (e internacional)" segundo o recente discurso de João Luís Carrilho da Graça, aquando da celebração do aniverário do DAAUM. Contando com a colaboração e cooperação de alguns dos maiores intervenientes da Arquitectura (e seu ensino), na segunda metade do século XX, no seu aparecimento e consolidação (como por exemplo Álvaro Siza Vieira e Sérgio Fernandez),soube desde cedo tirar partido da sua proximidade à Galiza, "recrutando" docentes espanhóis (como por exemplo: Fernando Blanco e Luís Pita). Hoje, encontra-se numa vagarosa, mas deliciosa, fase de crescente dinamização e amadurecimento. Sendo, sem dúvida, uma das instituições em que mais se procura...."produzir"! Nada é perfeito, mas há determinados casos que parecem ter todas as condições para o serem!!! ;) (por favor, desculpem-me a parcialidade) mas...é assim que defendo a minha camisola, seguindo os concelhos do desconhecido professor do (mestre) Bruno Rosa (s alunos fazem a universidade em que andam, dizer mal da sua universidade vai provocar acontecimentos em cadeia que provocam a reclusa da mesma por mais pessoas, entidades e patrões.")

Share this post


Link to post
Share on other sites

Este topico possui uma larga lacuna, nao se consegue ao colocar as duas vertentes andas/andas-te perceber quais a percentagens de cada uma.Os resultados obtidos nao esclarecem o objectivo da pergunta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.