Jump to content
Arquitectura.pt


Sputnik

Canetas e Computadores

Recommended Posts




Claro que F. L. Wight e Mozart só se davam ao trabalho de escrever quando já tinham o "edifício" toda na cabeça, e enquanto o usassem como ferramenta, não haveria diferença nenhuma. O problema é o resto dos mortais para os quais o autocad é uma matriz de projecto

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concordo plenamente com as respostas de Miguel CJ... Se desenvolvermos um projecto de arquitectura não há nada como criar o primeiro esboço e desenha-lo no final de forma clara e explicita. E se não soubermos desenvolver o nosso projecto dessa forma nunca seremos bons arquitectos e isso é um sinal de que não gostamos do nosso trabalho, que pode não ser um trabalho se o considerar-mos como um prazer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É possível. Se um arquitecto, tem o projecto todo montado na cabeça e depois começar a desenhar directamente no computador, porque é que vai fazer algum tipo de esboço em papel? Se um arquitecto pensa num projecto e depois passa a sua ideia para o papel e depois para o PC, qual é o problema de saltar o passo de fazer um esboço em papel? Agora, se me disserem que é mais fácil fazer primeiro um esboço em papel e depois passar para o computador, concordo perfeitamente. Por exemplo falaram do F. L. Wight, se ele tive-se computador na época, será que ele precisava de fazer um esboço em papel para desenhar a sua ideia no computador? Certamente que não. Ele era capaz de passar meses sem tocar num projecto com a ideia na cabeça...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Joker O meu argumento era que o autocad cria vícios de desenho... Vícios de percepção. A obsessão do ofset. Se calhar o que queria dizer é que passar 8 horas por dia diante dum comput no autocad não dá direito a uma melhor percepção do que estamos a fazer. E fêz-nos esquecer do que é sermos arquitectos. Digo eu. .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sou da opinião que as ferramentas que temos à nossa disposição é para nosso benefício.

 

Se é possível fazer um projecto inteiro sem um único esquisso? Porque não? Existem bons projectos, maus projectos... na teoria tudo é possível. Também depende da experiência, do à vontade com o programa, com o local, etc...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×