Jump to content
Arquitectura.pt


patriciapaulo

Melhor software de desenho de arquitectura

Qual o melhor software de desenho de arquitectura?  

623 members have voted

  1. 1. Qual o melhor software de desenho de arquitectura?

    • Autodesk Architectural Desktop
      48
    • Autodesk AutoCAD
      237
    • Autodesk Revit Building
      93
    • ArchiCAD
      152
    • Microstation
      9
    • VectorWorks
      27
    • Sketchup
      38
    • Outros. Quais?
      25


Recommended Posts

Bom, eu acho que não ha um melhor absoluto e um pior absoluto. Depende de quais são as tuas necessidades e a tua forma de trabalhar. Eu votei VectorWorks, porque depois de alguma pesquisa do que havia no mercado cheguei a conclusão que para as minhas necessidades este respondia perfeitamente, contudo ja vi projectos feitos em Sketchup, alias, já vi projectos feitos no Word. Portanto no final a questão que tens de responder é quais são as tuas necessidades? E com base nisso procura dentro dos softwares disponiveis o que melhor se encaixa a ti.

Share this post


Link to post
Share on other sites

por acaso neste momento estou a projectar tudo em sketchup porque é taõ facil criar as formas em 3d principalmente quando são complexas que deixei-me levar e contnuei a projectar tudo em 3d no sketchup. Depois irei importar os desenhos para autocad para os detalhar

Share this post


Link to post
Share on other sites

Programas parametricos



Olá.

Sendo o Revit um software paramétrico e o ArchiCAD também quais as suas principais diferenças práticas?

O que distingue verdadeiramente o Revit do Archicad?

Abraços


Imagem colocada

|Kandinsky| @ ISCTE


Bem as diferenças são tantas que se as escrevesse todas o pessoal começava a odiar o archicad assim como eu o odeio. Trabalhei com archicad durante 2 anos e ainda me pergunto como consegui aguentar tanto tempo a trabalhar com ele. E se ainda restam dúvidas, que fique registado que fui incapaz de levar um projecto académico do principio ao fim com ele, já para não falar que muitas foram as vezes que tive de refazer tudo em autocad até me converter a revit.

Em termos de objectos paramétricos eu até arriscaria a dizer que o archicad é melhor... o problema surge quando a biblioteca disponibilizada por ele não responde às tuas necessidades. Resultado: ou fazes o objecto pretendido recorrendo às ferramentas de lajes, coberturas, pilares, vigas e paredes ou tens de saber programar em gdl. No primeiro caso perde-se a parametrização. No segundo... bem é mais um software a comprar ou mais um curso bem complicado pra fazer. GDL não é para arquitectos definitivamente. O que o pesoal quer é ferramentas simples que ajudem a fazer depressa e bem o que nós queremos fazer. Logo conclui-se que se quisermos usar objectos bonitinhos mas sempre iguais utilizamos os GDL do archicad. Se queremos controlar desde a expressão à representação gráfica dos objectos com total liberdade usamos o revit.

Render... Bem há quem diga que o motor ou os motores de render do archicad são muito poderosos. O cero é que as imagens produzidas em archicad ficam bem menos realistas que as produzidas pelo accurender do revit. Mas no que diz respeito a render's há que ter em conta o tempo de produção e o resultado final. Já para não dizer que, eu acho, os resultados das imagens têm a ver somente com o utilizador. Uma boa biblioteca de texturas e materiais bem definidos destinguem as boas imagens das más imagens. Depois o motor de render claro que tem diferenças, mas o que destingue os motores são os calculos que fazem e a rapidez com que os fazem. O archicad conta com o lightworks e o cinema 4d e agora recentemente com o maxwell, mais o motor interno e o z-brush para fazer render's artisticos tipo piranesi. No revit temos o accurender como motor interno, temos o 3d studio viz ou max através de importação/exportação, temos o maxwell na mesma inserido num dos anteriores e ainda temos o alias Maya, recentemente comprado pela Autodesk. Até aqui as diferenças se notam...

Em termos de modelação e representação gráfica... no comments. Não quero derrobar definitivamente o archicad. No revit pudemos controlar tudo, com mais ou menos trabalho é certo. No archicad temos de recorrer muitas vezes a uma série de plug-ins adicionais - ou seja mais umas quantas contas a pagar - e mesmo usando o que nos é disponivel temos sempre a limitação que o archicad é um programa de representação e não de modelação. Enquanto que o revit representa o que se vê e corta, o archicad assume representações por defeito. Exemplo disto é por exemplo uma janela que é continua em dois pisos: se ela é cortada pelos dois pisos logo devia ser representada nos dois pisos. Mas no archicad isso não acontece. Ter-se-ia que repetir a janela nos dois pisos, resultando numa incongroencia no 3D... Isto é apenas um exemplo óbvio das limitações do archicad face a outros concorrentes.

Por último há que referir a parte da paginação... No coments again

Imagem colocada No archicad utiliza-se uma aplicação externa ao proprio archicad denomidada por PlotMaker que supostamente seria um tipo livro de layouts do autocad. A contece que as limitações a este nivel são mais que muitas. Primeiro porque parte dos desenhos não chegam da melhor forma ao plotmaker, obrigando o pessoal a exportar as diversas peças desenhadas no formato pmk, formato de desenho de plotmaker. Depois disso ter-se-ia que fazer as devidas correcções em plotmaker, onde apenas temos disponiveis ferramentas 2d. A criação das paginações diversas - dependentes do tamanho das folhas por exemplo - é semelhante ao inDesign da Adobe que se baseia em mestres nos quais se baseiam os diversos layouts. No revit tudo é optimizado porque basta criar uma familia com as diversas opções de tamanhos etc e voilá.

Resumindo e concluindo comparar revit e archicad é um erro. O archicad tá preso a erros de programação que continuam a ser a base do programa que tem mais de 20 anos de existencia. Para que o archicad fosse um verdadeiro concorrente do revit teria de refazer as bases do programa a fim de corrigir as suas falhas. Claro que a Graphisoft não vai fazer isso por razões obvias... Não só retardaria as novas versões como viria a alterar a forma de trabalho da aplicação. E num mercado onde as soluções paramétricas para arquitectura já estão a ser demais para os utilizadores seria dificil implementar uma nova aplicação.

Para o mercado da arquitectura temos vários softwares:
- Autodesk Architectural Desktop (não é 100% paramétrico mas tem o seu valor);
- Autodesk Revit;
- Nemestch Allplan;
- Vectorworks Architect;
- Graphisoft Archicad;
- Archiplan...
(todas as marcas e empresas atrás mensionadas têm os seus direitos reservados)
entre outros...

Dos atrás descritos, conheço todos e já testei todos eles também. Concluí que o Autodesk Revit é, de entre estas soluções, a melhor opção para o mercado da arquitectura, porque alia a tecnologia, a rapidez, versatilidade e simplicidade num produto que garante cobrir uma vasta área de soluções para os nossos problemas diários...

Espero ter sido esclarecedor.

Abraços

Rui Venda @ FAUTL


E é por isso que eu votei em AUtodesk REVIT BUILDING...

Mais informações acerca deste software consultar www.revitpt.com.

Abraços a todos

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu não tendo muito conheçimento... uso o cad que me chega para aquilo que quero. espero este verão começar a trabalhar ou com o revit ou com o archicad. em termos de 3D neste momento é sktechup. o manuseamento é tão irritantemente facil eheheh que dá para criarmos coisinhas eheh em 3D engraçadas. claro que não chega a esses programas todos xpto eheh mas já é qualquer coisinha.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desenho, desenho é no AutoCad, é muito mais completo, porque pode-se fazer desde paineis, logos, modulação de pequenos objectos, etc... Mas eu votei no Revit, porque ao nível da arquitectura está uns pontos à frente do Cad, mas a vantagem em relação a outros é que o interface entre estes dois é bom, ou não fossem da mesma empresa, pelo que podemos ter o melhor de dois mundos, o desenho puro e duro de um lado, e a facilidade de trabalho do outro... Também não posso falar muito mais porque nunca experimentei realmente os outros em causa, apenas votei por conhecer e trabalhar com estes dois...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sempre gostei do AutoCAD, e nunca experimentei por muito tempo nenhum dos outros (Architectural desktop é Autocad, com uns extras...) mas votei VectorWorks, pelo que conheço, é muito bom para arquictura. Tem todo o rigor técnico de AutoCAD, e a facilidade de alteração de pormenores do 3DStudio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O autocad sim.... Já o Archicad... Tenho as minhas dúvidas. Também já testei. Melhorou fantasticamente, mas continua com os mesmos problemas. Erros, lento e limitativo. E muito trabalho adicional 2D.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho visto muitos ateliers na Holanda a trabalharem com AutoCAD + Sketchup ou AutoCAD + 3DStudio...mas Revit nunca... Parece que existe pouca divulgacao junto dos ateliers e pouca formacao...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim... O revit não é muito usado na Holanda. Os Holandeses tanto quanto sei são muito mais gráficos que mesmo nós. Colegas meus que foram para a Holanda têm-me dito que lá o autocad é rei e senhor e depois usam muito os programas gráficos da adobe. Aliás usam e abusam, do photoshop em conjunto com o inDesign e o Illustrator. Programas muito pouco usados cá em Portugal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exacto...apesar disso o lado gráfico nao é explorado da mesma forma que nós...é usado como ferramenta diária de projecto e nao como imagem final do projecto... No sitio onde estou trabalham essencialmente com AutoCAD, mas já vi ateliers que só funcionavam com Illustrator, Photoshop ou afins...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cá para mim é o mesmo perguntarem qual o melhor riscador para se desenhar? Experimentem e vejam a qual se adapta melhor! Ou entao vão variando, ou usando vários! Para não ser sempre a mesma seca! :s Eu não vou votar, porque gosto de vários programas, não tenho nenhum de eleição. Depende um pouco do que tenha de fazer...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concordo com o TiCo.Cada um tem o seu software com o qual se da melhor e so irmos experimentando vermos a qual nos adaptamos melhor. No meu caso depende do que tou a fazer mas os essenciais, para mim, sao o ZwCAD (e igual ao autocad mas mais leve, rapido e estavel...e barato lol), sketchup e photoshop (ou para cenas mais rapidas o powerpoint em conjunto com algo que "imprima" pa jpg a 300dpi, como o Leadtools ou Acrobat) . Abracos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em resposta ao que acabei de ler, tenho que salientar que acho estranho não ter conseguido acabar nenhum projecto académico com o archicad mas.... Se calhar sou eu, mas consegui sempre fazer o que queria com este programa, em várias versões, desde qualquer coisa como 7 anos. Uma coisa que se tem de dizer em relação ao archicad é que á evoluções, logo deve-se comparar as últimas versões e não as anteriores. Devia experimentar o archicad 10, pois quer a nivél de paginação ( layouts) ter ficado mais simples e eficaz de imprimir directamente o que se quer e que se ve nos layouts sem uso do plotmaker, que já não existe!!!!. Depois á ainda a questão do tempo de produção de renders. Não sei em que se baseia, ou que género de projecto tentou fazer renderização, mas aconselho-o a tentar "puxar" um bocadinho pela máquina num projecto considerável, para ver então as verdadeiras potencialidades do programa. è de salientar que se quiser trabalhar com o archicad deve ter em conta que é antes de mais um programa que faz modelação, apresentação e impressão do projecto, e para acompanhar o estudo faz em certa medida renders possivéis de apresentar a clientes. Em relação aos renders se quiser ter uma boa apresentação e fazer algum fime deve experimentar o artlantis studio, pois este sim, faz milagres.... Então em tempo, escolha o maia, o revit, 3d studio max...etc... o que quiser e depois, aí sim comparamos o tempo de execução do render e a sua qualidade. E não se esqueça que como no revit que mencionou, o archicad e o artlantis requer dedicação e trabalho, tudo se faz com mais ou menos trabalho, mas também como tudo na vida tem truques e a experiência também conta. Na questão de parametrização de objectos devia dar uma olhadela neste último archicad pois, antes este programa era tipo "ilha", não importava de outros programas e tinha-se de fazer tudo lá dentro. Agora esta última versão já importa tudo e mais alguma coisa, inclusivé dwg, 3ds... etc... e exporta também.... Em conclusão, também já experimentei vários programas que mencionou, inclusivé o revit, no entanto o factor tempo é fundamental, e na minha opinião, discordo inteiramente consigo. Acho que deveria experimentar a ultima versão do archicad 10 e aí sim poderia fazer uma abordagem mais correcta e próxima da realidade, e não tão tendenciosa como fez.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só para que conste dos registos à data do post ainda não existia archicad 10. Em segundo, eu já testei e trabalhei durnte algum tempo de testes em archicad 10. Resultado: o mesmo projecto feito em revit e em archicad.

Em revit demorou menos tempo a rodução do modelo e a execução das peças desenhadas, com qualidade de escala 1/50. No archicad tive de corrigir todas as peças desenhadas de cortes e alçados, fazendo um desligar ao modelo e depois trabalhar as linhas e as tramas como em autocad. No revit as peças ficaram prontas e apenas os cortes tiveram de ter pequenas correcções em algumas intersecções. Isto de forma automática.

Para produção de objectos mais complexos que não existem nas bibliotecas de um e outro software o revit ganhou o confornto pois enquanto que no archicad tive de fazer o objecto com recurso a paredes, lajes e coberturas, no revit utlizei ferramentas básicas de modelação e apliquei os materiais como quem faz um aply em autocad ou em 3d studio. Mais uma vez e nestes objectos o revit reproduziu peças desenhadas de qualidade e em menos tempo, no archicad as peças ficavam um pouco àquem das expectativas.

No render o archicad convenceu. Muito melhor e mais rápido que no revit, mas mais artificial. Exportanto ambos os modelos, um para 3d studio e outro para artlantis, vantagem pro 3d studio claro. Concorrência só se for o cinema 4d ou o maya. Embora o artlantis seja mais simples, rápido e intuitivo que o 3d studio, o resultado final é muito melhor neste último.

Composição das folhas de impressao, perssonalização dos layouts e finalização do projecto. O revit levou vantagem outra vez. Mais simples e rápido na configuração das legendas e das folhas, embora a parte de colocação dos desenhos nas folhas é muito semelhante em ambos os softwares.

O aspecto final dos desenhos é em tudo semelhante, embora os desenhos archicad tenham mais trabalho adicional 2d que os desenhos revit. Os desenhos revit tiveram problemas exxencialmente ao nível das escadas que têm o seu aspecto gráfico em planta bloqueado e não personalizável tendo de ser desenhadas parcialmente em 2d. Estes elementos são excelentes em archicad, mas as guardas e a modelação 3d das escadas ficou aquem das expectativas em archicad pois estava limitado ao que a biblioteca e oferecia. No revit criei os objectos que compõem a guarda e voilá, guarda feita e personalizada. No archicad mais uma vez foi através de coberturas, paredes e lajes que produzi os elementos necessários. (também podia utilizar o archistair ou oo archiforma para a modelaçãod estes objectos mais complexos, mas optou-se por não usar software adicional.

Posso dizer que trabalho com a mesma facilidade com ambos os programas, mas não domino o GDL para a criação de objectos paramétricos. Reconheço que o archicad 10 eliminou muitos erros e limitações, mas continua muito dependente dos objectos que tem na biblioteca. Embora tenha uma biblioteca invejável é verdade, não é com facilidade que se criam novos objectos paramétricos a não ser em GDL. É também verdade que o archicad agora comprado pela Nemetshek possa vir a melhorar muito mais ao novel da modelação como o agora colega Vectorworks e aí deixem que vos diga o revit fica a um canto, pois o Vectorworks é um excelente modelador de objectos complexos mas falha ao nivel do BIM e gestão documental de projecto.

Devo para concluir referir que o archicad a principio revelou-se mais rápido enquanto o uso da biblioteca bastava para a produção do modelo, e cheguei a pensar que o archicad estava melhor que o revit. O problema surgiu quando as coisas pretendidas fugiam ao que o programa oferece. O revit aqui é como peixe na água e recuperou o tempo perdido.

Resultados:
Revit_modelação 18h30m
Archicad_modelação_21h15m

Revit_optimização dos desenhos_escala 1/50 e 1/100 com cotagem_2h10m
Archicad_optimização dos desenhos_escala 1/50 e 1/100 com cotagem_5h50m

Revit_paginação e impressão com personalização de folhas com legendagem automática_1h25m
Archicad_paginação e impressão com personalização de folhas com legendagem automática_3h05m

Revit_aplicação de materiais e renderização (produção de 2 vistas interiores e 3 exteriores_qualidade máxima)_4h30m
Archicad_aplicação de materiais e renderização (produção de 2 vistas interiores e 3 exteriores_qualidade máxima)_1h50m

Tirem as vossas conclusões e façam os vossos testes, desde que dominem ambas as aplicações a no minimo 50% cada. Eu posso afirmar com convicção que devo dominar ambas as aplicações a cerca de 80% cada, salientando ontudo que não domino nada de GDL em archicad e não domino a 100% a parametrização formulária em revit. O archicad teve ainda a vantagem de estar em português o que facilita bastante a parametrização correcta dos objectos, coisa que gostava que houvesse no revit que apenas existe em inglês apesar de disponibilizar familias adaptadas aos portugueses, mas em inglês.

Concluindo, se eu trabalhasse à 7 anos em autocad também conseguia fazer tudo o que queria e diria maravilhas do autocad e até seria dificil desabituar-me a ele tal era o vicio de tantos anos seguidos de trabalho. Eu não quero viciar-me em nenhum, prefiro dominar um pouco de tudo de maneira a garantir que qualquer que seja o software que me seja colocado à frente para trabalhar eu tenha capacidades de trabalhar com todos eles. Para trabalhos pessoais a minha escolha recai sobre o revit ACTUALMENTE. O que não quer dizer que um dia mais tarde não volte ao archicad ou a outro igual ou melhor. Pura e simplesmente gsto de ser conhecedor, gosto de trabalhar com os melhores recursos adaptados a cada necessidade. Claro que cada um trabalha com o que sabe melhor, mas daí a dizer sem conhecimento de facto que A, B ou C é melhor que o D E ou F é outra. Julgo ter feito o que melhor seria um teste justo e próximo da realidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rui, li atentamente tua opinião e concordo na maior parte. Mas por enquanto ainda voto no Archicad pela facilidade de trabalhar com objetos paramétricos, inclusive em modificá-los nas vistas 3D. O fato de precisar conhecer o GDL para produzir objetos paramétricos personalizados também me incomoda, mas no Revit acontece algo semelhante com a necessidade de usar formulas. Ainda não domino o Revit, mas gostaria de saber qual a sua capacidade de produzir tabelas de quantidades semelhantes a Calculations do Archicad, pois utilizo bastante essa ferramenta para orçamentos. Enfim, seria ótimo um programa unindo as virtudes de ambos. Um abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim. de facto um software que juntasse as vantagens de ambos seria óptimo. Mas por enquanto e segundo a minha opinião o revit tem uma programação que tem maior facilidade em evoluir que o archicad, que desde sempre dependeu do GDL. Á parte disso o revit não depende de fórmulas para parametrizar os objectos. Já para não dizer que as fórmulas são simples de entender. É tudo uma questão de perceber relações métricas entre dimensões. E isso é coisa que os arquitectos sabem fazer. Por último, as tabelas de quantidades do revit são em tudo semelhantes às do archicad, com excepção das tabelas que simulam os mapas de vões no archicad 10. Á parte disso o revit produz exactamente o mesmo tipo de tabelas que o archicad. É tudo uma questão de parametrização correcta. Mas se se trata de tabelas para orçamentos acredito que o revit consiga fazer o mesmo que o archicad.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estou a me aprofundar no Revit por um simples motivo: é da Autodesk. Por isso também creio que a evolução dele será superior e quero me preparar. Por enquanto percebo que o Revit ainda é sensivelmente mais pesado e mais lento, e um tanto mais complexo para o aprendizado. É esperar para ver.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hmm Revit é bastante intuitivo, penso eu... Se não, não teria conseguido dar conta do bixo sozinho .... Claro que com outras ajudas para dominar melhor. De todas as maneiras, nunca mexi muito no ArchiCAD...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.