Jump to content
Arquitectura.pt


toughpanther

Dois anos de estágio e três sem assinar?!

Recommended Posts

Os estágios da OA já deviam ter sido extintos e ainda querem meter mais anos ? Só pode ser brincadeira ...


Se já lucram uns bons euros gordos em acorrentar o estagiário ao CAD e a 3D para os concursos que andam alimentar os ateliers, há que fazer render bem essa sardinha.
Ordem que mais dinheiro aufere e menos se mexe...
Shame on you, Ordem da Desordem!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isto vai acontecer o mesmo que aconteceu aos advogados, vai rebentar. Se repararmos já não existem ofertas de emprego para arquitectos mas sim ofertas de estágios . Uma vergonha, as ordens são *****

Share this post


Link to post
Share on other sites

Enquanto houver as Big Stars de arquitectos estrangeiros e vir pregar essa religião ás conferências que dão, em afirmar que não seriam o que são hoje, não fosse o facto de estarem num atelier de uma Estrela da arquitectura á borla anos a fio a aprender!!! Não há dúvida que a arquitectura virou a nova religião dos Manás e da Igreja Universal de Deus, Venha a nós o dinheiro, que eu ensino-te aprender e mai nada...!!! Há uns anos saiu numa dessas revistas que acompanham os jornais, um rapaz jovem arquitecto que tinha ganho um prémio não sei onde, e o jornal não foi de modas e dedicou 3 folhas a ele...achei muito estranho, quando fui a ler, 90% das folhas era a engordar o factor dos estágios não remunerados com pompa e circunstância. A falar dos Ateliers, dos "padrinhos" que foi arranjando a trabalhar assim. 10% era sobre a escolha da arquitectura e do concurso que ganhou. Isto para dizer que é feita a ensaboadela dessa nova praga, mas os media ainda fortalecem e ajudam a cegar ainda mais os ignorantes que irão enriquecer muito se for adoptada essa nova estirpe. Sinceramente eu não tenho paciência e isto está assim porque esta classe profissional apenas se preocupa com o seu tecto, e quando ganha experiência faz o mesmo. Não somos unidos e isto irá apodrecer ainda mais, pois não nos juntamos e reivindicamos... Somos muito finos para ir para a rua gritar. Que eu saiba os estágios não remunerados, foram proibidos á 2 anos pela assembleia da republica, chegou a sair uma lei, mas ninguém cumpre... Depois é o que se vê, vêm os InovArtes e Leonardo da Vinci, comem-se todos para poder sair daqui e ir para fora e procurar condições melhores.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A questão é sempre a mesma. Quem tem poder para implementar mudanças a esse nível não se mexe porque nunca sofreu na pele, nem eles nem os filhotes que entram directamente para onde querem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas afinal ... depois de ganhar cabelo branco na faculdade ainda terei que aguentar mais dois anos? Isto vai mesmo em frente? Esta informação já me chegou aos ouvidos aqui na minha faculdade mas nada me dizem de certezas, "é o diz que diz" ... Como está, afinal, esta situação dos estágios profissionais? Passarão a dois anos? Serão remunerados? Grande abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas afinal ... depois de ganhar cabelo branco na faculdade ainda terei que aguentar mais dois anos?

Isto vai mesmo em frente?

Esta informação já me chegou aos ouvidos aqui na minha faculdade mas nada me dizem de certezas, "é o diz que diz" ...

Como está, afinal, esta situação dos estágios profissionais? Passarão a dois anos? Serão remunerados?

Grande abraço


O ser remunero podes tirar o cavalinha de chuva que nunca vai ser... alias, podes tu e posso eu... a não ser procurando e tendo sorte em encontrar!
Quanto a ser 2 anos acho que continua tudo em águas de bacalhau, ou partindo para uma teoria da conspiração, estão a fazer tudo pela calada sem dizer nada a ninguém...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Existe um estudo provido pela ordem dos arquitectos intitulado "Relatório Profissão: Arquitecto/a", coordenado por Manuel Cabral e escrito por Vera Borges, de 2006, onde podemos aceder a muita informação relativa ao estado da profissão actual, que evitaria muitas confusões que por ai andam. Não há nada como um informar-se antes de vir para um canal público fazer ruído. A maioria dos arquitectos inscritos actualmente na ordem dos arquitectos tem menos de 35 anos. Conseguem imaginar as repercursões deste dado? Em todo o caso a Ordem não é um sindicato, e irá sempre defender aqueles que já estão consagrados. Quem pretender o contrário... precisa se informar melhor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em todo o caso a Ordem não é um sindicato, e irá sempre defender aqueles que já estão consagrados. Quem pretender o contrário... precisa se informar melhor.


Sputnik, desculpa se te vou parecer um pouco arrogante...mas de estudos da treta já chega. Tenho uma opinião muito própria porque sempre trabalhei desde cedo, no mundo tanto da arquitectura como fora. Até posso dar uma vista de olhos nesse estudo, mas vai-me passar ao lado... Preocupo-me mais com as coisas do dia a dia e que tenho de enfrentar, que conclusões de terceiros.

A afirmação, a Ordem irá sempre defender os Consagrados, espelha bem o que se vivencia neste momento. Todos querem ser consagrados para ganhar e impor respeito, como tal, andamos nos dias de hoje na selva do quem pisa primeiro a quem, para atingir os objectivos sem olhar a meios. A questão não é a jovialidade, mas sim a sede desenfreada em ser super star para auferir estatuto. É por essas e muitas outras coisas que a coisa vai mal...

Este tópico já nasceu, já deu de espernear e até já acabou por cair no esquecimento...

O que designas de ruído, veio do exterior e tentou-se clarificar aqui, não foi uma coisa nascida no forum. E depois como é óbvio cada um deu a sua opinião, uns mais efusivos outros menos.

Os gabinetes que se preocupem mais em dar formação decente, que angariar mão de obra escrava, para não acabarmos todos com um estágio feito sm saber 70% das coisas. E depois dá nisto, jovens com o titulo, mas sem formação suficiente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não se preocupem com isto, o sistema está perfeito... baixos rendimentos leva a necessidades de créditos, nunca pagar a P.P. pouca poupança (Depósitos a prazo a volta de 1 e pouco % com uma taxa de inflação de 0.8%) e trabalho em damasia para o que se recebe... entre alimentar a banca, parvónias da vaidade (...) e ficar com dívidas para o resto da vida... a plebe, aqui não se safa. (ref*1) Aquele palhaço que vos telefona a vender um cartão de crédito... (ref*2) Aqueles palhaços que vos convidam para jantaradas de 18 Euros... (que opulência) (ref*3) Aquelas melgas que não vos largam o telemóvel por um seguro de vida, ou por uma assinatura de mais uma qualquer revista de *****, cujo conteúdo, pode ser por aí encontrado, se não igual, semelhante, em qualquer web site da internet. As altas instâncias também estão-se a cagar para vocês... os vossos estudos valem *****... se estudam de mais passam por ambiciosos, começam saber coisas que não deviam e tudo isto só vos deprime mais... e se estudam de menos, até podem saber destinguir uma "pereira" de um "pessegueiro", mas da parvónia diária da Televisão, daí não se safam. As belas futeboladas é que safam isto tudo (a jogar, não é a bater palmas)! O Sistema está perfeito, no que toca à distribuição de rendimentos (estamos fudidos)... mas ainda tem algumas falhas, ainda não consegue completamente controlar o destino dos Portugueses... mas o cerco está a apertar, cada vez mais difícil... não sei se me faço entender. Baixos rendimentos. Créditos. Necessidade de ir a Banca. Ter Filhos. Telemóveis. Gadgets Tecnológicos. Carros Chipados(?). Usar Multibanco. Cartão do Cidadão. Câmaras de Segurança. Responder Perante Ordem Profissionais. Responder perante a SS. Responder perante as Finanças. Não ter privacidade perante o ISP. (Cada vez mais difícil!) O Estado de Providência trata dos seus, a custa da liberdade dos indivíduos. Come e Cala! Consome, socializa e pousa para a fotografia! É a ***** da nossa vidinha, é a seca de vida! P.S. Tenho que admitir, que tenho uma certa admiração por certos terroristas (?), que repõem a justiça no Mundo, o Mundo, no seu conjunto, é muito Justo, a natureza que o diga, à custa de muitos exemplos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Kaz Não acho que o problema sejam os ateliês superstar, que até não são assim tantos. Já vi ateliês completamente anónimos a vencerem concursos a gente consagrada. E sendo que já tens essas experiências de trabalho, já sabes que o aprendiz esteve sempre numa posição de "favor" em relação ao mestre. Sempre foi assim, em todas as profissões. O que é inédito em portugal, neste momento, é que, para a comunidade de arquitectos que competiam pacificamente no mercado com os engenheiros e desenhadores até 2000, apareceram uma carrada enorme de licenciados a oferecer trabalhado gratuito. Mesmo que a Ordem não exigisse estágio nenhum! Não é o estágio da Ordem que faz com que o trabalho seja mal renumerado, ou que se predure a situação dos recibos verdes, portanto parem bater no ceguinho!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Kaz
Não é o estágio da Ordem que faz com que o trabalho seja mal renumerado, ou que se predure a situação dos recibos verdes, portanto parem bater no ceguinho!


Sim. Isso já foi discutido aqui no forum algures...foi num tópico com o assunto em paralelo a este.
Mas é como já afirmei e questionei, se somos selectivos a escolher desde a peça de roupa, até aos relacionamentos, porque também as pessoas não tomam a mesma atitude com o futuro delas? Não é? Ás vezes existe uma contradição enorme em certas atitudes...
Como também há que respeitar os casos de extrema necessidade que se submetem a certas condições porque têm responsabilidades a seu cargo.
Mas o ou a lllARKlll (não fui ver o perfil), também tem razão quanto ao estado das coisas. E isto também está um pouco assim, devido aos jovens que têm os pais como background, porque quando essa ajuda desaparecer, só aí as pessoas vão acordar e revoltar-se.
Quando essa consciência já deveria ter vindo á tona há muito tempo.
O curso é uma ajuda a subir certos degraus, porque a luta e a batalha para se ter uma vida estável e digna, só nos cabe a nós. E presentemente assiste-se a uma certa apatia em relação a esse caso.
"Deixámo-nos" adoecer pelo sistema doente... E depois andam todos apregoar em entrevistas, "AI, os nossos jovens estão a ir todos embora para fora" porque será?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Faz férias pá, goza a vida, vais dar em maluquinho...


Ou...

Faz as malhinhas, não há espaço!


Ou ainda melhor...

Pá! Pede um crédito!


Eu dou muita importância ao que as pessoas dizem, desde o meu "gestor de conta", que tenta optimizar a maneira de chular-me o dinheiro que retenho no banco, até ao "perfeito desconhecido", que encontro nas ruas... as vezes são "vozes que ecoam pelas costas"... e sim, eu confio nos Portugueses, nas Instituições e nos meus amigos (?), AMIGOS DO PEITO (I´m so ****ing ironic), eles que o digam... não na minha presença, não na minha frente (yeahhhh!), por que não há tomates.

Percebem, já não há tomates e muito menos, qualquer tipo de inteligência... este momento em que vivemos, é de uma hipocrisia refinada, que só serve para estragar relações entre pessoas.

P.S.

Eu em pessoa, também sou um desgosto, não há aqui nenhuma máscara...

Share this post


Link to post
Share on other sites

As discussões nos chats americanos, apesar de violentas, tem um objectivo. Quem discute sabe que através dessa troca de ideias poderá influenciar a redacção de uma lei, e que isso terá um reflexo real na sua vida cívica. O problema aqui em portugal é que as pessoas, como não tem esperança nenhuma em nada, e realmente não se traduz em nada, vem aqui para o arquitectura.pt fazer discursos para si próprios e competir entre si só porque sim. Porque criaram esta personagem virtual que não são eles, mas é algo que eles gostariam de ser, e imaginar que faria diferença alguma. Como eu...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não há qualquer diferença entre aquilo que eu lhe digo aqui, no Arquitectura.pt, ou a qualquer pessoa, que eu conheça... aliás, eu faço sempre questão de dizer tudo na cara e quando gozo, também o faço na cara. Portugal? Wasted!

Ricardo Dias (Virtual?)... não está a espera que coloque a minha foto em vez de um avatar... pois não? Dating, não é propriamente o objectivo do arquitectura.pt... e muito menos, um objectivo para mim. E quando diz, não se traduz em nada, você engana-se, eu tenho o perfeito controlo da minha vida (mas está cada vez mais difícil), nas admito, que tenho que ser uma grande besta para o conseguir... a hipocrisia refinada é algo que não floresceu em mim.

P.S.

Kaz, Sputnik, Arkial, Kyos... com nick, sem nick... é tudo a mesma *****. Tentem ser umas grandes bestas, e a única forma...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já é a 2ª ou 3ª vez que este tópico descamba!! Este tópico já deu o que tinha a dar, foram tiradas as dúvidas e ponto final. Agora opiniões pessoais sobre quem e troca de galhardetes, sinceramente não acho bonito... Cada um que encare a vida como quer e pode e como acha que melhor se adapta á sua maneira de ser. Já foram tiradas todas as dúvidas no tópico? SIM... Passem á frente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho de concordar com a kaz, o tópico já esclareceu algumas das dúvidas e agora está a fugir para outros temas. O tópico será encerrado! Mais esclarecimentos basta abrir um novo tópico. Obrigado

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.